conecte-se conosco


Estadual

SEDH promove evento para discutir a violência contra as mulheres trans

Publicado

em

O enfrentamento à violência contra as mulheres trans foi tema de palestra realizada nesta terça-feira (03), no auditório do Palácio da Fonte Grande, no Centro de Vitória. A iniciativa foi promovida pela Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), por meio da Subsecretaria de Políticas para as Mulheres e da Gerência de Diversidade Sexual e Gênero, em parceria com o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Mulher do Espírito Santo (Cedimes) e o Conselho Estadual LGBT+ES.

A secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, esteve presente e destacou a importância de dar visibilidade a esta pauta. “A gente discute muito a questão da mulher, a questão da mulher negra, mas ainda são poucos os espaços para discutirmos a questão da violência contra as mulheres trans. Aproveito então para parabenizar a Subsecretaria de Políticas para as Mulheres e a Gerência de Diversidade Sexual e Gênero por terem trazido para a programação da campanha dos ‘16 Dias ES’ um evento para tratar um tema tão importante como este”, ressaltou.

A palestrante convidada foi a psicóloga, conselheira do Cedimes, membro do Conselho Regional de Psicologia e mulher trans, Júlia Pires. Na oportunidade, ela apresentou um estudo de caso na perspectiva da psicologia social em torno da violência doméstica relacionada às mulheres transexuais.

Segundo Júlia, o desafio ligado à problemática da inclusão das mulheres trans nos núcleos de atendimento voltados para a mulher em situação de violência é um reflexo do olhar social sobre a mulher transexual. “Promover a garantia do uso do nome social e suas atribuições nas escolas, universidades, delegacias, unidades de saúde e espaços públicos, bem como nos atendimentos, independente das especificidades, é resgatar a dignidade, estimulando a busca, a permanência, viabilizando meios e produzindo atendimento com inclusão e respeito”, ponderou a psicóloga.

Leia mais:  Enivaldo: “Perco a liderança, mas a máfia do guincho não vai voltar”

Edineia Oliveira, da Gerência de Igualdade Racial da SEDH, que participou da palestra, afirmou que a iniciativa é uma oportunidade de aprendizado. “Proporcionar momentos como este é uma oportunidade de aprimorar conhecimentos e entender um pouco mais da pauta. Realmente não dá para falar de direitos da mulher sem inserir as mulheres trans. Para as mulheres negras é difícil, mas sabemos que para as mulheres trans as situações são ainda mais graves”, ponderou a servidora.

A iniciativa fez parte da campanha dos “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres” da SEDH, que segue até o dia 09 de dezembro, com diversas atividades. Confira abaixo a programação.

Programação

04/12 – Movimento Laço Branco (com João Sana)

Horário: a definir

Local: ArcelorMittal Tubarão

Realização: ArcelorMittal Tubarão e SEDH (Subsecretaria de Políticas para as Mulheres)

05/12 – Ato Cultural em unidade prisional

Local: Unidade Prisional de Bubu, Cariacica

Horário: 09h

Realização: Sejus; SEDH (Subsecretaria de Políticas para as Mulheres)

05/12 – Ato Cultural com meninas em medida socioeducativa

Local: Unidade Feminina de Internação, Cariacica

Horário: 14h

Realização: Iases; SEDH (Subsecretaria de Políticas para as Mulheres)

06/12 – Intervenção Laço Branco – Homens pelo fim da violência contra as mulheres

Horário: 09h

Local: DER-ES, Ilha de Santa Maria, Vitória

Realização: DER-ES; SEDH (Subsecretaria de Políticas para as Mulheres)

06/12 – Cine Laço Branco (com Alessandro Darós)

Horário: 15h

Local: Auditório do Banestes, Centro de Vitória

Realização: Seger (LagGES); SEDH (Subsecretaria de Políticas para as Mulheres); Banestes

08/12 – Caminhada pelo fim da violência – Mulheres do Brasil

Horário: das 08h às 10h

Leia mais:  Homem é condenado a 26 de prisão por matar empresária no ES

Local: Praia de Camburi

Realização: Grupo Mulheres do Brasil

Apoio: SEDH (Subsecretaria de Políticas para as Mulheres) e Sesport

09/12 – Mulheres em situação de rua nos #16DiasES

Horário: 17h

Local: Centro de Vitória

Realização: SEDH (Subsecretaria de Políticas para as Mulheres e Coordenação de Políticas para Pessoas em Situação de Rua) e CREAS-Centro

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da SEDH

Letícia Passos

(27) 3636-1334

[email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários do Facebook
publicidade

Estadual

Governo anuncia implantação do Giosp no Espírito Santo

Publicado

em

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), implantou, nesta sexta-feira (13), o Grupo Integrado de Operação de Segurança Pública (Giosp), em cerimônia realizada no Gabinete do Governador, no Palácio Anchieta, em Vitória. O grupo vai auxiliar nas operações, municiando os policiais que estão nas ruas com informações recebidas nas inteligências de cada órgão.

O Giosp tem como objetivo reunir representantes das Polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal e Federal, do Corpo de Bombeiros, da Secretaria da Justiça (Sejus), além da Secretaria de Operações Integradas (Seopi) do Ministério da Justiça e Segurança Pública em um mesmo espaço físico, para troca de informações, em tempo real, sobre a criminalidade organizada no Espírito Santo.

O secretário de Estado da Segurança Pública, Roberto Sá, destacou que o Giosp é mais um grande passo de estruturação no combate ao crime:

“Essa é mais uma entrega. Já fizemos a entrega da Desarme [Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos], criamos a Divisão de Combate à Corrupção e agora esse grupo para monitoramento inteligente da criminalidade. Com o Giosp, vamos monitorar os líderes dessas organizações que insistem em cometer crimes violentos no Espírito Santo. Eles precisam saber que serão punidos e essa é mais uma ferramenta de combate para aumentar a nossa eficácia”, afirmou.

O governador Renato Casagrande lembrou que o trabalho conjunto e a integração entre órgãos fazem parte dos princípios da atual administração. “Tenho tido a alegria em ver o nível de integração, com a participação de tantas instituições importantes na área da segurança. Todo mundo vive as angústias de ter um efetivo baixo e essa integração ajuda. O trabalho estratégico de inteligência é fundamental. Em um mundo com tanta informação, se não focarmos no que desejamos, podemos nos perder. Por isso, um trabalho focado e integrado vai nos trazer melhoras significativas”, apontou.

Leia mais:  Enivaldo: “Perco a liderança, mas a máfia do guincho não vai voltar”

O secretário de Estado da Justiça, Luiz Carlos Cruz, disse considerar a criação do Giosp um marco para o combate ao crime organizado no Espírito Santo. “A criação do Giosp é um marco importante para tratar de forma integrada a segurança pública com a segurança prisional. Acreditamos que a reunião de forças irá contribuir de forma significativa para a diminuição da criminalidade e dos índices de violência”, pontuou.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação da Sesp
Victor Muniz
(27) 3636-1572 / 99284-3303
[email protected]

Assessoria de Comunicação da Sejus
Sandra Dalton / Karla Secatto
(27) 3636-5732 / 99933-8195 / 98849-9664
[email protected]

 

Fonte: Governo ES

Comentários do Facebook
Continue lendo
Nacional4 horas atrás

Idosa que teve 10 caminhões de lixo retirados de casa recebe doações de móveis

arrow-options Alexandre de Azevedo/Prefeitura de Ribeirão Preto Foram estimados 10 anos de acumulação de objetos na residência. Dona Elídia de...

Política4 horas atrás

Desembargador mantém afastamento de ex-presidente da Palmares

arrow-options Reprodução Bolsonaro disse que pretende reconduzir Camargo à presidência da Fundação Palmares O desembargador Fernando Braga Damasceno negou pedido...

Entretenimento4 horas atrás

Silvio Santos surge em festa do SBT e faz discurso emocionante

Depois de precisar se ausentar na edição do ano passado, Silvio Santos surgiu de surpresa na festa de fim de...

Internacional4 horas atrás

Homem tira tênia de 10 metros do próprio ânus ao ir ao banheiro

arrow-options Reprodução Verme foi retirado quando homem sentiu vontade de ir ao banheiro Um homem de 44 anos na Tailândia...

Política5 horas atrás

Crimes Cibernéticos: CPI ouve provedores

Dando continuidade às discussões sobre rastreamento de dados na internet para facilitar apuração de crimes, a Comissão Parlamentar de Inquérito...

Política5 horas atrás

Frente defende mais aulas de educação física nas escolas

A proposta de aumentar o número de aulas de educação física para pelo menos três vezes por semana no ensino...

Economia5 horas atrás

Os inimigos do crescimento

arrow-options undefined Na época da posse de Michel Temer, os títulos emitidos pelo governo pagavam juros de 14,25% ao ano....

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana