conecte-se conosco



Saúde

Saúde pode autorizar cloroquina para pacientes graves até dia 24

Publicado

em

.

O ministério da Saúde pode autorizar, até terça-feira (24), a prescrição da cloroquina e da hidroxicloroquina para casos graves de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. A declaração foi feita há pouco pelo secretário executivo da pasta, João Gabbardo dos Reis. Até lá, o ministério soltará uma nota com orientações sobre o uso dos medicamentos.

O secretário, no entanto, informou que a eventual liberação dos remédios terá caráter experimental e valerá apenas para pacientes internados em estado grave. Ele reiterou que os dois componentes têm efeitos colaterais fortes e não podem ser estocados para serem usados em caso de eventual gripe.

“Hoje, [os medicamentos] são usados em pesquisas clínicas, com autorização dos comitês de ética dos hospitais, em associação com outros medicamentos. Caso o Ministério da Saúde libere a prescrição, poderá ser usado para pacientes graves, internados em hospitais. Não é para ser usado por quem está gripado e acha que se tomar esse medicamento e não vai ter complicações”, destacou Gabbardo.

Nos últimos dias, foi divulgado um estudo realizado na França em que a cloroquina – usada para tratar a malária – e a hidroxicloroquina – prescrita para casos de artrite reumatoide e lúpus – diminuíram a contagem viral. Ontem (20), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, informou que o governo norte-americano estuda a utilização dos medicamentos no tratamento do novo coronavírus.

Sobre a autorização do presidente Jair Bolsonaro para que o Exército amplie a produção dos medicamentos, o secretário-executivo disse que a medida tem caráter preventivo no caso de um eventual aumento da demanda futura. No Brasil, o produto é fabricado em laboratórios privados, das Forças Armadas e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

“Esses medicamentos já são fabricados no Brasil e existem nas farmácias. Em função da possibilidade da utilização para casos graves de coronavírus, estamos pensando na necessidade de ampliação da produção. É isso que o presidente autorizou: que o Exército possa ampliar a produção de medicamentos”, explicou. Ele lembrou que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) restringiu a venda dos remédios com a retenção de atestado apenas para pessoas com as três doenças tratadas pelos medicamentos: malária, lúpus e artrite reumatoide.

Vacinação

Em relação à campanha de vacinação contra a gripe, que começa na próxima segunda-feira (23) para idosos e profissionais de saúde, o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Kleber de Oliveira, relatou iniciativas de estados e de municípios para evitar a aglomeração de idosos em postos de saúde. Ele citou parcerias com escolas para vacinação em pátios, ambientes mais arejados, e o fechamento de acordo com farmácias, empresas e entidades do setor produtivo para evitar a concentração de pessoas em um único lugar.

Oliveira mencionou iniciativas para que profissionais de saúde levem as doses às unidades hospitalares e às clínicas para que os colegas se vacinem. Isso, afirmou o secretário, evita o deslocamento em massa de profissionais de saúde para os postos de vacinação. Ele também citou uma iniciativa do governo do Pará, que fará a vacinação no sistema drive-thru, em que o motorista não sai do carro.

O secretário reiterou a recomendação para que os governos locais adiem a vacinação em crianças. A campanha começa nesta segunda para idosos e profissionais de saúde. Na etapa seguinte, serão vacinados profissionais de segurança pública, doentes crônicos e pessoas com restrição de liberdade. Somente na última fase, a vacinação será liberada para as demais pessoas. Ele citou a simplificação do registro, com a coleta apenas do registro da vacina, não do nome do paciente, para diminuir o tempo de permanência na unidade.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Saúde

Comentários do Facebook

Saúde

Crivella defende volta à normalidade, após 70 dias de isolamento

Publicado

em


.

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, disse hoje (5) que, depois de quase 70 dias de afastamento social devido à pandemia de covid-19, “é um imperativo as atividades voltarem”. Ele falou com a imprensa após inaugurar um deck revitalizado na Lagoa Rodrigo de Freitas. Segundo Crivella, o número de óbitos na cidade diminuiu.

“O número de óbitos hoje [incluindo todas as causas], está em torno de 240 óbitos por dia. O histórico é 180, nós já tivemos 350, 370, 380 óbitos por dia, quando a nossa média é essa, 170, 180. Mas caiu, desceram muito. Esses 240 óbitos que tivemos esta semana, se você for olhar, coronavírus e suspeitos são menos do que outras comorbidades. Se você for ver, pessoas estão morrendo de enfarto, AVC, doenças infecciosas, câncer, porque se afastaram do tratamento, dos exames”.

Dados do Sistema Infogripe, da Fiocruz, mostram que as mortes por Síndrome respiratória aguda grave (Srag), um indicativo de covid-19, continuam muito acima da média para a doença no estado. Para a semana epidemiológica 22, que corresponde à semana passada, foram estimados 86 óbitos, com dados ainda em atualização que podem chegar a 182. Na semana anterior foram 229. Na semana epidemiológica 22 de 2019 foram 15 mortes por Srag.

Semana epidemiológica 19, de 3 a 9 de maio, o estado do Rio de Janeiro teve 428 óbitos por Srag. Na semana correspondente no ano passado foram 21. O estado do Rio de Janeiro aparece como tendo uma temporada muito elevada de síndrome respiratória grave este ano. Para o panorama de país, o Infogripe mostra que praticamente todos os testes que deram positivo em pacientes com Srag tiveram Sars-CoV-2.

Pelos registros de óbitos do Portal da Transparência dos cartórios, a cidade do Rio de Janeiro teve um pico de 161 mortes confirmadas ou suspeitas de covid-19 no dia 30 de abril e outro de 149 no dia 10 de maio. Na sexta-feira passada (29), foram 98 mortes pela doença. Os dados são atualizados em tempo real, de acordo com os registros de óbito feitos nos cartórios, portanto os últimos dias podem sofrer alterações.

Mesmo com os números ainda elevados, o prefeito defendeu o plano de reabertura da economia e das atividades na cidade.

“Eu peço a compreensão de todos, é assim que ocorreu em outros países. Todos os nossos parâmetros estão sendo medidos dia a dia. Se por acaso tivermos um efeito colateral não previsto ou alguma coisa que não esteja de acordo com o planejamento, nós voltamos atrás, sem problema nenhum, voltamos a fechar, voltamos a fazer o afastamento social nos níveis que eram antes. Essas seis fases são bem devagarzinho. Por exemplo, comércio, que foi a área mais afetada, nessa semana só abriram as agências de automóveis e as lojas de móveis, que são espaços enormes, onde entram pouca gente, que normalmente não têm aglomeração”.

Para a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, ainda não é o momento de relaxar as medidas restritivas na cidade, já que há locais muito vulneráveis, como as favelas, e a doença está avançando para o interior do país.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Saúde

Comentários do Facebook
Continue lendo
Entretenimento1 minuto atrás

Graciele Lacerda levanta vestido ao posar para Zezé di Camargo e revela pernões: ”Tá calor”

Noiva do sertanejo puxou vestido para mostrar as pernas poderosas; veja Graciele Lacerda posou bem à vontade nesta quarta-feira (03). Usando...

Entretenimento5 minutos atrás

Seios enormes de Juju Salimeni ‘furam’ body em clique de ‘TBT’: “Surra de corpo”

  Juju Salimeni decidiu usar o Instagram para relembrar uma foto da semana passada. A musa aproveitou esta quinta-feira (04),...

Entretenimento7 minutos atrás

Gusttavo Lima compra iate de Roberto Carlos por R$ 25 mi; veja fotos

A crise parece não ter chagado ao bolso de Gusttavo Lima, que acaba de comprar, por R$ 25 milhões, um...

Policial7 minutos atrás

PM apreende metralhadora e droga em Vila Velha

. Após um detalhado levantamento do serviço de inteligência da 13ª Companhia Independente, policiais militares detiveram duas pessoas por envolvimento...

Policial7 minutos atrás

Polícia Militar apresenta resultado da Operação Sentinela

. A Polícia Militar apresentou nesta sexta-feira (05) o balanço da segunda fase da Operação Sentinela. Cerca de 700 policiais...

Entretenimento7 minutos atrás

Kelly Key alonga pernas usando vestido curtinho e “imprevisto” acontece

  No auge dos seus 37 anos de idade,Kelly Key deixou os fãs babando ao publicar um vídeo mostrando toda...

Entretenimento11 minutos atrás

Deitada, tamanho do bumbum de Paolla Oliveira deixa fãs chocados: “Maior do que na televisão

  A musa deixou os fãs de boca aberta nas redes sociais Com mais um dia frio, Paolla Oliveira aproveitou...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!