conecte-se conosco


Esportes

São Paulo vence clássico contra o Corinthians e cola no G-4

Publicado

em

Lance

Igor Vinicius, do Sao Paulo, tenta driblar zagueiro corintiano
Eduardo Carmim/Photo Premium/Agencia O Globo
Apesar de vitória, desempenho do São Paulo não agradou

Em um jogo de ataque contra defesa, o São Paulo venceu o Corinthians por 1 a 0, neste domingo, no Morumbi , e se manteve perto dos líderes do Brasileirão . O Timão se defendeu durante quase toda a partida e mostrou limitações ofensivas no clássico Majestoso. Reinaldo, de pênalti, marcou o gol da vitória do Tricolor .

Com a derrota, o Corinthians manteve os 43 pontos no Brasileirão. O Timão volta aos gramados na próxima quarta-feira, às 21:30, contra o Goiás, no Serra Dourada. No mesmo dia, o Tricolor irá visitar o Cruzeiro, às 21h, no Mineirão.

Começo sonolento

As duas equipes começaram se estudando muito e o São Paulo tomou a inciativa. Os donos da casa buscavam fazer jogadas com tabelas pelo meio, mas esbarravam no organizado sistema defensivo do Corinthians. Aos 10 minutos de jogo, Alexandre Pato conseguiu fazer a primeira finalização, mas Cássio fez a defesa em dois tempos com tranquilidade.

Na trave!

O São Paulo dominava as ações ofensivas mas não conseguia levar perigo contra o gol do Corinthians. A melhor chance do primeiro tempo veio com Reinaldo. Sem muitas opções, o lateral arriscou um bomba de fora da área e acertou a trave esquerda de Cássio. O timão conseguiu equilibrar mais o duelo e quase marcou em um contra-ataque. Aos 33 minutos, Clayson foi lançado por Vagner Love, driblou o goleiro, mas não conseguiu finalizar a tempo e deixou a bola sair pela linha de fundo.

São Paulo volta melhor

A conversa no vestiário com Fernando Diniz surtiu efeito e o São Paulo voltou mais ligado no segundo tempo. O tricolor começou a explorar as laterais do campo, o que não estava fazendo na primeira etapa, e quase abriu o placar com outra bola na trave. Logo com 1 minuto, Vitor Bueno recebeu na ponta e fez um cruzamento fechado, a bola passou por Cássio e tocou o travessão antes de sair.

Leia mais:  Adolescente de 14 anos é assassinado com cinco tiros

Pênalti e vitória!

O segundo tempo era um jogo de apenas um time. O São Paulo pressionava o Corinthians e conseguia criar as jogadas pelos lados do campo. Aos 20 minutos de jogo, Vitor Bueno recebeu um lindo passe de Hernanes em profundidade e saiu cara a cara com Cássio. Manoel parou o atacante do Tricolor com falta antes da finalização e o pênalti foi marcado. Reinaldo cobrou bem, com força, no canto esquerdo do gol para vencer o goleiro do Timão e abrir o placar do clássico. O Corinthians não conseguiu dar uma resposta e esteve mais próximo de levar o segundo gol do que de empatar a partida. O Tricolor controlou a partida até o apito final e garantiu a vitória no Majestoso.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO X CORINTHIANS
Local: Morumbi, São Paulo (SP)
Data-Hora: 13/10/2019 – 18h
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP) Nota L!: 7,0 Deixou o jogo correr e controlou bem a partida.
Assistentes: Émerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse (ambos de SP)
Árbitro de vídeo: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes de árbitro de vídeo: Vinicius Gonçalves Dias de Araújo e Fabrício Porfírio de Moura (ambos de SP)
Gramado: Bom
Público/renda: 37.561 pessoas/ Renda: R$1.865.626,00
Cartão amarelo: Gustavo (Corinthians)
Cartão vermelho: –

SÃO PAULO: Tiago Volpi, Igor Vinicius, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan (Hudson 43’2ºT); Tchê Tchê, Hernanes (Igor Gomes 21’2ºT) , Liziero e Vitor Bueno (Gabriel Sara 37’2ºT) ; Alexandre Pato. Técnico: Fernando Diniz

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel, Matheus Jesus (Gustavo 33’2ºT) e Mateus Vital; Vagner Love (Régis 24’2ºT) , Mauro Boselli e Clayson (Janderson 13′ 2ºT). Técnico: Fábio Carille

Comentários do Facebook
publicidade

Esportes

Trinca brasileira arremata o pódio dos 100m masculino-T47, em Dubai

Publicado

em

O paraibano Petrúcio Ferreira dos Santos roubou hoje (12) a cena no Mundial de Atletismo Paralímpico, em Dubai (Emirados Árabes Unidos): na semifinal, realizada nesta madrugada, Petrúcio Ferreira se tornou o atleta paralímpico mais rápido do planeta ao quebrar o recorde  mundial com o tempo de 10s42, na prova dos 100m classe T47 (deficiências membros superiores). Depois, na grande final, o paraibano liderou a trinca verde e amarela no pódio. Petrúcio Ferreira foi medalha de ouro ao vencer a prova dos 100m T47 com o tempo de 10s44. A prata ficou com Washington Júnior (10s58) e o bronze com Yohansson Nascimento (10s69).

 

12.11.19 - Dubai, Emirados Arabes Unidos - Mundial de Atletismo - JERUSA GEBER, OURO NOS 100M T11 . Foto: Ale Cabral/CPB.

12.11.19 – Dubai, Emirados Arabes Unidos – Mundial de Atletismo – JERUSA GEBER, OURO NOS 100M T11 . Foto: Ale Cabral/CPB. – Ale Cabral/CPB.

No final desta manhã, também teve dobradinha brasileira na prova dos 100m classe T11 (deficiências visuais): a paulista Jerusa Geber dos Santos faturou o ouro na prova dos 100m com a marca de 11s80 e a paranaense Lorena Salvatini Spoladores levou o bronze ao completar o percurso em 12s03.  A prata ficou com a chinesa Cuiqing Liu (11s87).

Outros dois brasileiros conquistaram prata e bronze na prova  masculina dos 100m T12 (deficiências visuais). Jefferson Marinho de Oliveira chegou em segundo lugar, com o tempo de 10s77, e o sul-mato-grossense Fabrício Júnior Barros Ferreira foi o terceiro colocado, com o tempo de 10s84. O vencedor foi o norueguês Salum Ageze Kashafali (10s54).

A maranhense Rayane Soares da Silva, que garantiu o primeiro ouro do Brasil no Mundial na última quinta (7), voltou a brilhar hoje (12) ao garantir a medalha de prata nos 200m classe T13 (deficiências visuais), com o tempo 25s22, atrás da ucraniana Leilia Adzhametova (24s35). O bronze ficou com a americana Kym Crosby (25s26).

Leia mais:  Cantor português Roberto Leal morre aos 67 anos

Com as nove medalhas de hoje, o Brasil ultrapassou a Ucrânia e chegou à vice-liderança classificação geral, com 25 medalhas (nove ouros, seis pratas e dez bronzes). A China lidera com 40 (17 ouros, 16 pratas, sete bronzes) . A Ucrânia agora ocupa a terceira posição com 19 medalhas (nove ouros, cinco pratas e cinco bronzes).

 

Edição: Guilherme Neto

Comentários do Facebook
Continue lendo
Economia1 minuto atrás

Governo federal multa Santander por envio não autorizado de cartão de crédito

arrow-options Reprodução/Facebook Santander O Banco Santander S.A foi multado no valor de R$ 750 mil por envio de cartão de...

Internacional47 minutos atrás

Evo Morales chega ao México e diz que houve golpe de Estado na Bolívia

O avião das Forças Armadas mexicanas, que levou Evo Morales da Bolívia à Cidade do México, pousou às 14h20 de...

Nacional47 minutos atrás

Operários ficam pendurados em andaime de obra em hotel no RJ

Reprodução/TV Globo Acidente aconteceu no Leme, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Dois operários ficaram pendurados no andaime de...

Saúde60 minutos atrás

SUS pretende usar inteligência artificial para agilizar atendimentos

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou, em entrevista exclusiva à Agência Brasil, que o programa Conecte SUS, em...

Política60 minutos atrás

Gleisi defende Lula e diz que querem ‘esterilizá-lo’

arrow-options Edilson Santos/Agência O Globo “Tiraram ele da vida, expuseram, xingaram, perseguiram a família” Presidente do PT e deputada federal,...

Política60 minutos atrás

“Ódio cego”, diz Celso de Mello sobre fala de estupro de filhas de ministros

arrow-options Rosinei Coutinho/SCO/STF – 11.4.19 Celso de Mello repudiou ataque de advogada O ministro Celso de Mello , do Supremo...

Política60 minutos atrás

Bolsonaro sabia que a Globo o ligaria ao caso Marielle, diz colunista

arrow-options Marcos Corrêa/PR Bolsonaro sabia que a Globo soltaria uma reportagem ligando seu nome ao caso Marielle Jair Bolsonaro já...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana