conecte-se conosco


Saúde

São Paulo tem 267,6 mil casos confirmados de dengue neste ano

Publicado

em

Mosquito dengue
Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
Segundo dados do Centro de Vigilância Epidemiológica estadual, dez cidades concentram 47% das vítimas

O estado de São Paulo registrou de janeiro a 17 de junho deste ano 267.602 casos de dengue e 157 mortes. Segundo dados do Centro de Vigilância Epidemiológica estadual, dez cidades concentram 47% das vítimas da doença e somam 126.364 casos.

Leia também: Seis meses após saída de médicos cubanos, governo não sabe como suprir demanda

São elas: São José do Rio Preto (25.107); Bauru (24.515); Campinas (22.355); Araraquara (12.863); São Paulo (12.144); Ribeirão Preto (7.263); Birigui (6.836); São Joaquim da Barra (5.410); Barretos (5.059) e Guarulhos (4.812).

“Devido à circulação do sorotipo 2 de dengue , mesmo os pacientes que já tiveram dengue tipo 1, por exemplo, estão suscetíveis a infecções, o que contribui para o aumento de casos e até mesmo para a ocorrência de quadros clínicos mais graves”, diz a nota da Secretaria Estadual de Saúde.

Acrescenta que a dengue é sazonal e sua incidência tende a aumentar no verão, período que favorece a proliferação do mosquito  Aedes aegypti .

“Além disso, trata-se de uma doença cíclica, com oscilação de casos e aumento a cada três ou quatro anos, em média”, explica a secretaria.

Combate ao mosquito

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o trabalho de campo para combate ao mosquito transmissor da dengue é de responsabilidade dos municípios, conforme a diretriz do Sistema Único de Saúde (SUS).

Leia também: Mais de 53,5 milhões de pessoas já se vacinaram contra a gripe

“O estado presta auxílio por meio de treinamentos técnicos, além de apoio, sempre que necessário, do efetivo da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias) para ações de nebulização, entre outras. Há ainda a realização de exames de sorologia com finalidade epidemiológica por meio da rede de laboratórios do Instituto Adolfo Lutz”, finalizou a secretaria.

Leia mais:  Ibuprofeno e diclofenaco elevam em mais de 30% risco de infarto, diz estudo

Fonte: IG Saúde
Comentários do Facebook
publicidade

Saúde

Por que tem dor de dente que surge ou piora à noite? Como se livrar disso?

Publicado

em

Você é daqueles que acham que a dor de dente piora à noite? Há algumas razões para isso. A posição e até o fato de relaxar nesse momento do dia podem estar ligados a essa dor. 

homem com dor de dente arrow-options
shutterstock
Segundo dentista e colunista do iG, o fato de estar deitado favorece o surgimento da dor de dente

Leia também: Sim, é possível perder um implante dental da mesma forma que se perdem os dentes

Quando a pessoa está deitada, por exemplo, o sangue sobe para a cabeça. Esse sangue extra na área pode aumentar a dor e a pressão que as pessoas sentem de uma dor de dente .

Outra razão pela qual muitas dores ficam piores à noite é porque há menos distrações. Com pouco mais para se focar além da dor de dente não conseguimos dormir. 

No entanto, existem algumas alternativas que podem ajudar as pessoas a encontrar alívio e dormir melhor . Dr Bruno Puglisi cita algumas maneiras caseiras de tentar aliviar essa dor: 

Leia também: 8 hábitos que prejudicam seus dentes

Medicação para dor 

Medicações para dor oral pode ajudar a tratar uma dor de dente à noite.

Tomar medicamentos, como parecetamol ou ibuprofeno e dipirona, é uma maneira rápida e simples para muitas pessoas reduzirem  as dores de dente leves e moderadas. Entretanto, é preciso estar sempre atento a pacientes alérgicos a tais medicamentos e manter a dosagem recomendada na embalagem.

Se a dor de dente for grave, é melhor consultar um dentista e conversar com ele sobre analgésicos mais fortes.

Compressa fria

A aplicação de um saco de gelo enrolado em uma toalha no lado afetado do rosto  ajuda a contrair os vasos sanguíneos na área, o que pode reduzir a dor para permitir que uma pessoa adormeça.

Leia mais:  Sente coceira na cabeça? Saiba quais são as possíveis causas e soluções

A aplicação de uma compressa fria na área por 15 a 20 minutos  antes de dormir também pode ajudar a prevenir a dor

Elevação da cabeça

O acúmulo de sangue na cabeça pode causar dor e inflamação adicionais. Para algumas pessoas, elevar a cabeça com dois travesseiro pode aliviar a dor o suficiente para adormecer.

Pomadas anestésicas

Essas pomadas também podem ajudar a reduzir a dor de dente. Pomadas anestésicas que contêm ingredientes como benzocaína podem adormecer a área. No entanto, a benzocaína não é adequada para uso por crianças pequenas.

Enxágue com água salgada

Um simples enxágue com água salgada é um remédio caseiro comum para dor de dente. A água salgada é um agente antibacteriano natural, por isso pode reduzir a inflamação.

Leia também: Enxaguante bucal com álcool ou sem, qual deles devo usar?

Bochecho com água oxigenada 10 vol

A periodontite é uma infecção gengival grave que geralmente ocorre como resultado de falta de higiene bucal. Pode causar problemas como dor, sangramento na gengiva

As pessoas devem sempre diluir a água oxigenada 10 vol em água e bochechar – não engolir. E não usar diariamente , apenas numa emergência. Este remédio não é adequado para crianças, pois existe o risco de engolir acidentalmente a mistura.

Chá de menta

Tomar chá de menta ou chupar saquinhos de chá de menta também pode ajudar a aliviar temporariamente a dor de dente.

A menta contém compostos antibacterianos e antioxidantes . O mentol, um ingrediente ativo da hortelã, também pode ter um efeito anestesico leve em áreas sensíveis.

Cravo

O eugenol, que é um dos principais compostos do cravo- da- índia , pode reduzir a dor no dente. Ele atua como analgésico, o que significa que anestesia  a área. Para usar o cravo para dor de dente, mergulhe o cravo em água e amasse-o, fazendo uma pasta. Em seguida, aplique a pasta no dente 

Leia mais:  Yoga melhora vida sexual e amorosa; entenda

Como alternativa, mastigar ou chupar suavemente um único cravo-da-índia e permitir que ela fique próxima ao dente dolorido pode ajudar a aliviar a dor.

Essas são apenas algumas dicas emergenciais quando a pessoa não tem como consultar um profissional. Entretanto, não deixe a dor de dente tirar seu sono no dia seguinte, procure o seu dentista imediatamente.

Fonte: IG Saúde
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Carros e Motos1 minuto atrás

Fiat aumenta preços de quase toda linha Argo

arrow-options Divulgação Fiat Argo mais em conta agora parte de R$ 49.950, preço que teve reajuste de R$ 600 em...

Economia2 minutos atrás

Puxão de orelha? Alcolumbre cobra atuação maior do governo na reforma tributária

arrow-options Marcos Corrêa/PR Davi Alcolumbre (dir.) defende que a proposta de reforma tributária seja elaborada por comissão com Senado, Câmara...

Economia1 hora atrás

10 mitos e verdades sobre a segurança no investimento em criptomoedas

Fonte: IG Economia Comentários do Facebook Leia mais:  Nova insulina ultrarrápida traz benefícios para pessoas com diabetes tipo 2

Direto de Brasília1 hora atrás

Operação no Complexo do Alemão deixa quatro mortos e um PM ferido

arrow-options Bruno Itan/ Coletivo Alemão Segundo a Polícia, operação no Complexo do Alemão era para combater o tráfico de drogas...

Direto de Brasília1 hora atrás

Reguffe se filia ao Podemos depois de ficar três anos em mandato sem partido

arrow-options Divulgação Reguffe se filia ao Podemos após três anos sem partido O senador Reguffe (DF) aderiu nesta quarta-feira (18) ...

Direto de Brasília1 hora atrás

“De forma nenhuma fomos traídos pelo Senado”, diz Rodrigo Maia

arrow-options MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL “De forma nenhuma fomos traídos pelo Senado”, diz Rodrigo Maia O presidente da Câmara, Rodrigo Maia...

Direto de Brasília1 hora atrás

Entidades pedem para Maia evitar ‘retrocessos’ sobre projeto dos partidos

arrow-options Aloisio Mauricio/Fotoarena/Agência O Globo – 26.8.19 Rodrigo Maia garantiu na última terça-feira (17) que manteria o projeto original Entidades...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana