conecte-se conosco



Mulher

Saiba quais fetiches e fantasias os “infiéis” mais querem praticar fora de casa

Publicado

em

 

Quando os fetiches e fantasias sexuais não podem ser pedidos dentro do casamento, tanto por receio quanto por uma recusa anterior do parceiro, a infidelidade é a maior saída para realizá-los. É isso que afirma uma pesquisa realizada por usuários do Ashley Madison, site de relacionamentos extraconjugais.

Leia mais: Um fetiche por dia: como abordar minha fantasia com meu parceiro?

Muitos buscam realizar seus fetiches fora de casa por acharem que isso não é possível no casamento
Reprodução/Pinterest/osignificadodastatuagens

Muitos buscam realizar seus fetiches fora de casa por acharem que isso não é possível no casamento

De acordo com o site, esses fetiches e fantasias podem melhorar muito a experiência sexual. Alguns deles envolvem sadomasoquismo, a encenação de agir como um estranho total, entre outros.

Dados da pesquisa apontam que 52% dos “infiéis” consideram que explorar sua sexualidade com alguém mais aventureiro do que o cônjuge é um dos principais benefícios de se ter um caso. Outro benefício, citado por 46% dos membros, é conseguir fazer com outras pessoas as fantasias sexuais que seu cônjuge não faria.

Segundo Isabella Mise, diretora de comunicações da Ashley Madison, “nossos membros vêm ao nosso site para explorar um desejo que não podem realizar no casamento”, explica.

“Muitas vezes nos preocupamos que, ao compartilhar nossas fantasias, nosso parceiro nos olhe diferente”, diz a Dra. Tammy Nelson, autora do livro “When You’re the One Who Cheats” (em tradução literal ‘Quando é você quem trai’). “Podemos ter medo de perder o respeito ou o carinho deles. Muitas vezes, as pessoas deixam de correr o risco de se abrir, especialmente quando as fantasias são estranhas”, afirma ela.

Confira a lista de fetiches e fantasias mais procuradas de acordo com a pesquisa:

Top 5 Fetiches/Taras                    

  • Sexo Anal – 28%
  • Teatrinho – 17%
  • Controle de orgasmo – 15%
  • Exibicionismo – 11%
  • Voyeurismo – 10%

 Top 5 Fantasias

  • Sexo com múltiplos parceiros – 30%
  • Sexo com alguém que conheço (Exemplo babá, amigo(a), colega, etc.) – 26%
  • Um estranho/caso de uma noite -17%
  • Paixão/Romance – 14%
  • Dominância – 5%

Segundo a Dra. Nelson, há três coisas a serem consideradas quando vamos ter uma conversa sobre fetiches e fantasias. “Primeiro, essa fantasia é apenas algo que você está curioso? Informar o seu parceiro que você está curioso sobre uma fantasia pode aliviar a pressão.”

E continua dizendo “Depois, se essa é uma fantasia que realmente te excita, compartilhe o que é mais interessante sobre isso. Seu parceiro pode não ter o que chamo de ‘empatia sexual’ se não entender o que é interessante nela”.

Leia mais: 6 desejos sexuais e fantasias mais comuns, segundo profissionais do sexo

“Em terceiro lugar, se você tem um fetiche que deseja realmente colocar em ação, seja claro. Fazer acontecer é diferente de apenas ter curiosidade sobre isso. Deixe-os saber como, o que e quando”, conclui a autora. Com essas dicas, você já pode propôr esses fetiches e fantasias  ao seu próprio parceiro.


Fonte: IG Mulher

Comentários do Facebook

Mulher

Após crítica a Beyoncé, Lilia Schwarcz se pronuncia: “Não deveria ter aceito”

Publicado

em


source

Recentemente, a antropóloga Lilia Schwarcz se viu em meio a uma polêmica após ter escrito uma coluna para a Folha de S. Paulo comentando o álbum visual “Black is King” de Beyoncé. No texto, a pesquisadora fala que a cantora fez uma representação estereotipada sobre a África e o comentário não foi bem-visto. Após a repercussão negativa, a colunista se pronunciou no Instagram e pediu desculpas a quem se ofendeu. 

Lilia Schwarcz
Reprodução/Instagram

Lilia Schwarcz se proncuniou após ser criticada pela coluna que escvreu sobre “Black is King”

Muitas pessoas que criticaram o fato de uma mulher branca estar analisando uma obra sobre negritude e resgate da ancestralidade preta e as redes sociais ficaram lotados de comentários negativos sobre Schwarcz. Em um primeiro post, a antropóloga disse que “faz parte da democracia discordar”, mas ela voltou a falar sobre o assunto e se desculpou novamente. 

A antropóloga falou que refletiu sobre as críticas que recebeu e conversou com pessoas sobre a repercussão da coluna. “Não deveria ter aceito o convite da Folha, a despeito de apreciar muito o trabalho de Beyoncé; seria melhor uma analista ou um analista negro estudiosos dos temas e questões que a cantora e o filme abordam”, ela escreveu. 

Schwarcz também disse que ao aceitar escrever a coluna, ela também concordou com o prazo curto que teria para tarefa, o que consequentemente permitiu menos reflexão. “Apesar da minha carreira na área, não se está imune à dimensão do racismo estrutural e da branquitude. Errei e peço desculpas aos feminismos negros e aos movimentos negros com os quais desenvolvi, julgo eu, uma relação como aliada da causa antirracista. Assumo a minha responsabilidade pelo artigo e não pretendo vencer qualquer discussão. Quando uma situação dessas se monta, todos perdem; tenho consciência”, ela concluiu.

Fonte: IG Mulher

Comentários do Facebook
Continue lendo
Saúde16 minutos atrás

Rio tem 13.715 mortos por covid-19 e quase 169 mil infectados

. O estado do Rio de Janeiro registra 13.715 óbitos por covid-19 desde o primeiro caso da doença em março e...

Esportes16 minutos atrás

Ginasta usa tecnologia para acompanhar treino da seleção em Portugal

. A seleção brasileira de Ginástica Artística inicia a terceira semana de dois meses de treinos previstos para a equipe...

Estadual31 minutos atrás

Infraestrutura, Segurança, Agricultura e Meio Ambiente obtêm maiores destaques nas audiências públicas do Orçamento 2021

. As áreas estratégicas de Infraestrutura para Crescer, Segurança em Defesa da Vida e Agricultura e Meio Ambiente foram as...

Economia46 minutos atrás

Objetivo é voltar com a CPMF, diz Collor sobre proposta de reforma tributária

undefined O senador Fernando Collor foi o entrevistado do iG nesta terça-feira O senador pelo estado de Alagoas, Fernando Collor...

Esportes46 minutos atrás

Maringá anuncia fim da equipe de vôlei masculino

. Na noite desta segunda-feira (3), através de nota oficial, o Maringá anunciou o encerramento da equipe de vôlei masculino....

Nacional58 minutos atrás

Pedreiro estuprava filha, sobrinha e duas enteadas na mesma casa

A equipe de investigação do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP) cumpriu, na tarde de segunda-feira (3), por volta das...

Internacional1 hora atrás

Itamaraty acompanha situação de brasileiros em Beirute após explosão

. O Ministério das Relações Exteriores (MRE) emitiu nota oficial nesta terça-feira (4) em que manifesta solidariedade ao povo e...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!