conecte-se conosco


Tecnologia

Saiba o que você faz que pode comprometer a saúde da bateria do seu celular

Publicado

em

Desde o ano passado, alguns modelos de iPhone com a  versão iOS 11.3
ou posterior conseguem acessar o recurso chamado “saúde da bateria”. Nele, é possível conferir qual é a atual capacidade máxima de energia e se o aparelho já teve o desempenho limitado para evitar que ele desligue de modo automático. Mas o que compromete essa “saúde”?


bateria de celular
shutterstock
bateria de celular

Ao iG Tecnologia
, Maurício Vilar, técnico master da rede Suporte Smart, explica que a saúde da bateria
é, basicamente, a vida útil dela. “Quanto mais utilizamos e carregamos, ela se desgasta. Isso diminui a capacidade de armazenamento de energia, logo faz com que nosso aparelho fique longe de uma tomada por menos tempo”, afirma.

Apesar de variar de aparelho para aparelho, existem duas práticas que são as maiores “vilãs” quando o assunto é ter uma bateria saudável; são elas: 

1. Carregar o celular durante a noite

Se você chega em casa, coloca seu smartphone para carregar e só o tira quando acorda pela manhã do dia seguinte, é melhor rever esse hábito. Segundo o profissional, essa prática é uma das piores quando o assunto é cuidar da vida útil dessa bateria. 

Isso porque quando você coloca o celular
na tomada e vai dormir, ele continua funcionando e sempre vai perder um pouco dessa carga. Automaticamente, o  carregador
tenta compensar a energia perdida até chegar em 100% e o aparelho continua sendo carregado a noite toda, o que faz com que ele esquente e reduz a capacidade da bateria com o tempo. 

2. Usar acessórios falsos

O uso de acessórios de baixa qualidade também tem faz com que você precise substituir sua bateria mais rápido. “Acessórios ruins tendem a enviar uma carga descontrolada de energia para a bateria, causando um ‘stress’ muito alto e danos a curto prazo”, explica Maurício. 

Leia mais:  Nova função do WhatsApp para Android facilita citação de mensagens

Os acessórios falsos não possuem as tecnologias embarcadas como a dos originais ou aqueles que são homologados pelas fábricas, o que diminui a autonomia da bateria. 

Então, as dicas para manter uma bateria saudável são bem simples: carregue seu aparelho com os acessórios originais e, de preferência, quando a porcentagem estiver próxima aos 20%. Além disso, não esqueça de tirá-lo da tomara quando atingir 100%! “Essas prática podem aumentar em até 30% a vida útil da bateria”, afirma. 

Leia também: 10 táticas simples que podem te ajudar a economizar a bateria do seu celular

Como saber a saúde da bateria do meu celular?


bateria de celular
Reprodução
Você pode saber se a saúde da bateria do seu celular está em 100% observando quão rápido ela acaba ou através de apps


O técnico diz que a melhor forma de monitorar se a saúde da sua bateria está desgastada é no dia a dia. “Caso note que sua bateria tem durado cada vez menos e que você precisa carregá-la cada vez mais,  já é um sinal que ela deve ser substituída”, diz.

No caso do iPhone é possível ver a capacidade da bateria nas configurações, já se você tem um celular Android, existem aplicativos, como o AccuBattery, que fazem essa medição através do software do aparelho. Em ambos os casos, quanto mais perto do 100%, menor é o desgaste. 

Se a porcentagem estiver muito baixa, seu celular estiver desligando sozinho ou você precise ficar o dia inteiro com o carregador, procure uma assistência técnica
. A dica é pesquisa por uma empresa que te ofereça garantia e ler depoimento de outros clientes. 

Maurício também explica que é possível fazer a troca sem afetar a vida útil do aparelho e a  saúde da bateria
volte ao 100%. “No geral, aparelhos com cerca de um ano ou um ano e meio de uso tendem a dar mais problemas, uma vez que é durante esse período que a bateria perde sua capacidade e há a necessidade de trocá-la”, finaliza. 

Leia mais:  Acabou o saldo? Banco do Brasil libera recarga do Bilhete Único pelo WhatsApp

Fonte: IG Tecnologia
Comentários do Facebook
publicidade

Tecnologia

5 dicas para usar menos dados móveis do seu pacote de internet

Publicado

em

Não importa se o seu plano é pré ou pós-pago, todos já recebemos uma mensagem da operadora de celular avisando que 100% de dados móveis foram utilizados. Isso significa, basicamente, que você gastou toda a sua internet e ficará dependente do Wi-Fi para acessar redes sociais e outros aplicativos que exigem uma conexão online. 

celular
shutterstock
É preciso ter um controle e saber economizar para que os dados móveis não acabem antes do fim do mês

Mas será que é possível economizar e fazer os  dados móveis  durarem até o fim do mês? Sim, tanto que vários aplicativos e os próprios smartphones já oferecem a alternativa de diminuir o uso do pacote de dados. Veja algumas dicas que podem te ajudar: 

1. Aposte na função “economia de dados”

Redes sociais que carregam fotos e vídeos, apps de música e séries, além de jogos para celular que precisam de conexão com a internet são alguns exemplos que exigem muitos dados do seu pacote mensal. Porém, é possível selecionar a opção “economia de dados” nas configurações de alguns apps, como é o caso do Instagram e Spotify, por exemplo.

Apesar de carregar o conteúdo mais devagar e não permitir que você acesse vídeos — já que estes gastam mais internet —, você pode usar seu 3G ou 4G sem se preocupar se a franquia vai acabar antes da hora. Além disso, assim que você se conecta ao Wi-Fi, a funcionalidade dos apps voltam ao normal e o carregamento não depende mais dos dados celulares. 

Aplicativos com versão “lite”, como Facebook e Facebook Messenger, também são alternativas para gastar menos internet. 

2. Desligue os dados móveis

Os próprios smartphones também dão uma opção para economizar dados: desligando-os. É possível desativar o uso de apenas alguns aplicativos que você não usa enquanto está fora de casa ou os dados celulares gerais e ficar totalmente sem conexão 3G ou 4G. 

Leia mais:  Quer ganhar seguidores no Instagram? Especialistas listam 4 dicas importantes

No iPhone, vá em “Ajustes”, “Celular” e desative o botão “Dados celular”; já no Android, é só ir em “Configurações”, “Uso de dados” e desativar a opção “Dados Móveis”. Nos dois sistemas também dá para escolher quais aplicativos podem usar o seu pacote de internet

3. Só faça downloads pelo Wi-Fi

Além de tentar usar o Wi-Fi para acessar a internet e redes sociais na maior parte do tempo, procure fazer download só se estiver conectado à rede. Não gaste seu 3G ou 4G para baixar nenhum aplicativo novo ou conteúdo, já que isso gasta muito mais os seus dados. 

A Netflix é um dos aplicativos que já permite que os usuários  baixem filmes e episódios de séries  no aplicativo como uma forma de economizar dados. Porém, existe uma função nas configurações, que é o botão “Somente Wi-Fi”m para garantir que nenhum download comece sem que o aparelho esteja conectado à uma rede. 

Atualizações de aplicativos em segundo plano são outras formas de ter certeza que as novas versões dos seus apps só serão baixados caso você acesse a internet pelo Wi-Fi. 

4. Baixe o conteúdo e use apps no modo offline

Além das séries da Netflix, também é fácil baixar músicas através do Spotify, Deezer e outros apps de música que consomem muita internet. Já quando falamos de funcionalidades, temos o Google Maps e o Maps.Me, que permitem baixar mapas personalizados e acessá-los sem 3G. 

A alternativa de acessar apps pelo “modo offline” é ótima para economizar dados, já que você pode baixar todo o conteúdo que quer consumir pelo Wi-Fi e não vai gastar a franquia do seu celular para isso. Só não esqueça de fazer download antes de se desconectar! 

Leia mais:  Conhece os chans? Autores do massacre em Suzano acessavam fóruns da deep web

5. Tenha um controle de dados móveis

Uma boa ideia para saber quanto de dados de internet você já gastou e ter um controle de quanto ainda pode usar até o fim do mês é usar aplicativos

Algumas alternativas são o My Data Manager (disponível para Android e iOS), 3G Watchdog (apenas para Android) ou o DataFlow (só para iOS) Eles conseguem acompanhar todo o seu gasto de internet, além de notificar quando os dados móveis estão perto de acabar ou quando sua franquia da operadora foi renovada. 

Fonte: IG Tecnologia
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Economia9 minutos atrás

União pagou em maio R$ 401 milhões em dívidas atrasadas de estados

Rodrigues Pozzebom/AgÊncia Brasil Mansueto Almeida, Secretário do Tesouro Nacional, órgão responsável por cobrir os calotes O Tesouro Nacional pagou, em...

Economia9 minutos atrás

Preço médio do aluguel de imóveis no país supera inflação em maio e sobe 0,56%

Reprodução Belo Horizonte foi a única capital brasileira que teve queda no preço do aluguel no período O preço do...

Direto de Brasília9 minutos atrás

Dono de software revela que foi contratado para disparar mensagens pró-Bolsonaro

Isac Nóbrega/PR Mensagens a favor da eleição de Jair Bolsonaro teriam sido enviadas após contrato assinado por empresas brasileiras Uma...

Direto de Brasília9 minutos atrás

MP pede investigação sobre aumento de gastos com diárias de senadores

Agência Senado Desde que Davi Alcolumbre assumiu o comando da casa, os gastos dos senadores aumentaram 154% O Ministério Público...

Esportes9 minutos atrás

Cadê o vídeo? Justiça emite mandado de busca e apreensão do celular de Najila

TV Record/Reprodução Najila Trindade em entrevista à TV Record A Justiça emitiu um mandado de busca e apreensão do celular...

Esportes9 minutos atrás

Ex-presidente da Uefa, Michel Platini é preso por suspeita de corrupção

REPRODUÇÃO/UEFA Francês é investigado por possível manipulação na escolha da sede do mundial de 2022 O ex-presidente da Uefa (2007-2015)...

Entretenimento10 minutos atrás

Juliana Paes quer cena “épica” entre Maria da Paz e Jô em “A Dona do Pedaço”

Quem acompanha Juliana Paes no Twitter sabe que a atriz sempre comenta sobre ” A Dona do Pedaço ” em...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana