conecte-se conosco


Direto de Brasília

Rompimento de cabo afeta 90 mil passageiros na Linha 5-Lilás do Metrô de SP

Publicado

em

Linha 5-Lilás
Reprodução/TV Globo
Passageiros da Linha 5-Lilás se aglomeram próximo à estação para pegar ônibus da operação Paese

O rompimento de um cabo elétrico causou uma manhã de caos na zona sul da capital paulista, nesta terça-feira (25). Isso porque a falha interrompeu a circulação dos trens da Linha 5-Lilás do Metrô de São Paulo entre as estações Capão Redondo e Giovanni Gronchi. 

Leia também: Metrô de São Paulo prometeu punir metroviário que aderisse à greve

Segundo reportagem do Bom Dia SP , da TV Globo , ainda não há previsão de normalização da circulação dos trens da Linha 5-Lilás . O problema começou logo no amanhecer do dia, perto das 5h e, desde então, a operação Paese foi acionada. Ao todo, 30 ônibus fazem o trajeto interrompido por meio do trânsito de veículos.

Com isso, o tráfego na Estrada de Itapecerica e na Avenida Carlos Caldeira Filho está mais intenso que o normal hoje, afetando o trânsito na região. Afinal, a estação Capão Redondo , uma das mais movimentadas da linha, recebe cerca de 90 mil passageiros por dia, e todo esses passageiros estão transitando pelas ruas da zona sul.

Leia também: Greve limita operação do Metrô e causa congestionamento acima da média em SP

Os passageiros reclamam, principalmente, a respeito da falta de comunicação a respeito do problema. Um cartaz foi colocado no local para avisar os passageiros sobre a interrupção da circulação de trens e, no site do Metrô de São Paulo , um comunicado informa a operação parcial. 

Em nota divulgada à imprensa, a ViaMobilidade informa que “ocorreu a queda de cabos da rede aérea (aproximadamente 1 Km), o que impede a alimentação elétrica para a circulação de trens no trecho entre as estações Capão Redondo e Santo Amaro”. Além disso, a concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 5-Lilás diz que está trabalhando parasolucionar o problema o mais rápido possível.

Leia mais:  Escritora diz que foi estuprada por Donald Trump há 20 anos dentro de loja de NY

Leia também: Prefeitura modifica Bilhete Único e reduz integrações com vale-transporte em SP

Fonte: IG Política
Comentários do Facebook
publicidade

Direto de Brasília

Prefeitura de São Paulo aprova lei que anistia 750 mil obras sem alvará

Publicado

em

source
Regularização de obras sem alvará Bruno Covas São Paulo arrow-options
Heloisa Ballarini/ Secom
Prefeito Bruno Covas em vistoria no viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros.

No dia seguinte ao desabamento de um prédio em Fortaleza (CE) por provável reforma irregular, o prefeito de São Paulo Bruno Covas aprovou, nesta quarta (16), a “Lei de Regularização de Edificações” em que cerca de 750 mil imóveis poderão receber anistia por obras sem alvará do município.

Leia também: Doria discute com manifestantes após ser vaiado: “Vai pra casa, vagabundo”

A lei ficou popularmente conhecida como ” Lei da Anistia” . Ela permite que imóveis com obras irregulares realizadas até julho de 2014 possam ser normalizados.

O projeto entra em vigor a partir de primeiro de janeiro de 2020 e a prefeitura estima que 600 mil imóveis sejam regularizados de modo automático e outros 150 mil por meio de solicitação e envio de documentos por parte do cidadão.

Em nota, a Prefeitura de São Paulo afirmou que “não está perdoando as irregularidades das edificações construídas até julho de 2014, como o termo ‘anistia’ sugere, mas apresentando uma alternativa de ajuste àqueles que estiverem em desacordo com a legislação municipal de ordenamento do território”.

Segundo o órgão público, a lei é para desburacratizar a vida do cidadão e de quem empreende em São Paulo .

“A gente precisa parar de ter a visão de que o poder público precisa tutelar a vida das pessoas”, afirma o prefeito de São Paulo, Bruno Covas , em entrevista nesta quarta (16).

Leia também: Doria processa Kajuru por ser chamado de “picareta” e “mentiroso”

Para o prefeito, “as pessoas já estão morando nesses locais e provavelmente tem tranquilidade de que podem morar nesses locais, se não elas não estavam habitando esses espaços”.

Leia mais:  Comissão de Ética vai apurar caso de secretária que atuou contra indígenas

Segundo o doutor em arquitetura e urbanismo Francisco Barros , a fala do prefeito é como se a prefeitura abrisse mão de outros tipos de fiscalização , como a fiscalização de alimentos em restaurantes.

 “A casa do prefeito não vai cair e essa não é a realidade das pessoas que moram na periferia da cidade. Essas pessoas não tiveram dinheiro ou apoio de profissionais de edificações”, explica o arquiteto.

Regularização automática

A regularização automática , que deve normalizar 600 mil imóveis, é voltada para casas com valor de venda máxima de R$ 160 mil e que possuíam isenção do IPTU de 2014 – o que valia para aposentados e pensionistas com renda mensal com três salários mínimos e sem outros imóveis.

O prefeito afirma que “não adianta querer achar que somente com autorização prévia do poder executivo que as coisas funcionam”.

Leia também: MEC resiste em incluir São Paulo em programa de escolas militares

O arquiteto explica, porém, que a forma correta de melhorar o cenário habitacional de São Paulo seria investir em um programa de assessoria técnica gratuita para todas as famílias que possuem renda abaixo de três salários mínimos, como garante a Lei 11.888 , de 2008.

Fonte: IG Política
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Polícia Federal33 minutos atrás

PF combate a disseminação de pornografia infantil por meio da internet

Belo Horizonte/MG – A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (17/10) a Operação PEGA-PEGA IV, em combate à produção, ao armazenamento...

Polícia Federal33 minutos atrás

PF combate o tráfico interestadual de drogas

Boa Vista/RR – A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (17/10) a Operação Teto Baixo, com objetivo de desarticular organização criminosa...

Polícia Federal33 minutos atrás

Operação Lamanai investiga instituição financeira ilegal no RS

Porto Alegre/RS – A Polícia Federal deflagra nesta quinta-feira (17/10) a Operação Lamanai, para desarticular organização criminosa sediada em São...

Entretenimento34 minutos atrás

Morre, aos 88 anos, o diretor da Globo Mauricio Sherman

O diretor  Maurício Sherman morreu aos 88 anos no Rio de Janeiro. Um dos criadores do ” Fantástico “, Sherman foi...

Economia34 minutos atrás

Casal junta moedas e notas de R$ 2 em caixas de sapato e compra casas e carro

arrow-options Arquivo pessoal Economizando moedas e notas de R$ 2, casal também já comprou um carro e uma moto Donos...

Regional1 hora atrás

Bandido com camisa do Flamengo rouba Corolla em Jaguaré

No momento que o Flamengo jogava pelo Brasileirão contra o Fortaleza na noite desta quarta-feira (16), a Nação rubro-negra estava...

São Mateus1 hora atrás

Briga de casal vai parar em delegacia no balneário de Guriri

Por causa de ciúmes, uma dona de casa identificada pelas iniciais M.A.B.N, moradora de Guriri tentou impedir que o marido...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana