conecte-se conosco



Nacional

Restaurantes reabrem com movimento fraco e improvisos em São Paulo

Publicado

em


source
Os bares e restaurantes também reabrem hoje com um público limitado a 40% da capacidade máxima dos estabelecimentos.
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Os bares e restaurantes reabriram hoje com um público limitado a 40% da capacidade máxima dos estabelecimentos.

O primeiro dia de reabertura do atendimento presencial em bares e restaurantes na capital paulista nesta segunda-feira foi de movimento fraco e improvisos. Mesmo na hora do almoço estabelecimentos em áreas de grande fluxo de pessoas, como o centro da cidade, não tiveram registro de aglomerações.

O que variou bastante foi o nível de preparação dos restaurantes para voltarem a receber público para o consumo de alimentos no local. A reportagem circulou por bairros de diferentes perfis nesta segunda. No centro da cidade, estabelecimentos mais populares e menores abriram no improviso. Houve restaurantes no sistema self-service descumprindo a orientação de disponibilizar um funcionário para servir os clientes. Nem todos tinham álcool em gel nas mesas.

Essas são duas de várias exigências do protocolo assinado entre a prefeitura e a categoria de bares de restaurantes para uma reabertura responsável do comércio durante a pandemia.

— Estamos ainda ajustando as coisas. Até sábado a gente estava apenas vendendo marmitex. Hoje o movimento ainda está devagar mas já é melhor do que quando estava com o salão fechado — disse a gerente do restaurante Maria José.

O local não tinha as mesas a dois metros de distância uma das outras como outros tantos estabelecimentos visitados nesta tarde. Em outro restaurante perto dali, um funcionário na porta tentava se entender com o termômetro digital para medir a temperatura da clientela que queria almoçar no salão.

— Parou de novo — queixava-se a garçonete.

O uso de termômetro não é obrigatório pelos estabelecimentos para abrir ao público. A falta de espaço e a incerteza sobre os custos da reabertura fizeram muitos locais continuarem de portas fechadas. No centro da cidade, uma doceria tradicional portuguesa não abriu. O proprietário de uma hamburgueria a poucos metros da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovesp) liberou o atendimento presencial mas cheio de preocupações.

— Não sabemos como a clientela vai reagir a essa reabertura e se o movimento virá na proporção do aumento de gasto para reabrir a casa. O aluguel vai continuar com desconto ou o dono do imóvel vai querer voltar ao valor normal? Essa é uma das preocupações — afirmou Arnaldo Mauês, que abriu o negócio e outubro e, menos de seis meses depois, teve que restringir o funcionamento apenas para entregas por causa da pandemia do novo coronavírus.

No bairro da Vila Madalena, famoso pelos bares, somente uma minoria arriscou ontem abrir para o almoço. Ainda está vedado o atendimento ao público à noite.

A partir das 17 horas continua permitido somente o atendimento por delivery ou retirada. O protocolo fala ainda em capacidade máxima de ocupação dos estabelecimentos de 40%, oferta de álcool em gel para os clientes, uso de viseira de acrílico pelos funcionários e proibição de atendimento em calçada.

— Estamos seguindo todas as normas estabelecidas no protocolo. Mas algumas delas não fazem muito sentido para nós. Qual a diferença de ficar aberto por seis horas de manhã ou à noite? Por que essa não pode ser uma escolha do estabelecimento. Eu preferiria abrir das 4 da tarde até 10 da noite. Eu respeitaria do mesmo jeito todos os protocolos — disse o sócio de um dos maiores bares do bairro Humberto Munhoz.

Pertencente a um grupo de empresários com negócios em São Paulo e Rio de Janeiro, o local estava todo adequado, com cardápios virtuais, álcool em gel nas mesas, distanciamento respeitado.

O clima entre clientes nos restaurantes foi heterogêneo nessa reabertura. Houve quem decidiu deixar o escritório e almoçar num restaurante depois de três meses de almoços improvisados. No mesmo estabelecimento, outra cliente preferiu levar marmita para viagem.

—Comer na mesa é um milagre. Estava sendo apenas lanches rápidos no almoço porque o refeitório do escritório fechou e não tinha onde comer — contou a analista de cobrança Raquel Carvalho, que chegou por volta das 13 horas em um restaurante que frequentava antes da pandemia, acompanhada por uma colega de trabalho.

Comentários do Facebook

Nacional

Tempo seco e ensolarado nesta quarta em São Paulo

Publicado

em


source
Predomínio é de sol.
Reprodução Redes Sociais/msonohara

Predomínio é de sol.

Tempo seco com sol e poucas nuvens marca a previsão do tempo desta quarta-feira (12), na capital paulista. As temperaturas entram em elevação ao longo do dia. O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas ( CGE ) divulgou que a mínima será de 14ºC e a máxima de 27ºC.

Predomínio, durante a tarde, é de sol. Não há previsão de chuva. A umidade do ar em São Paulo oscila entre 30% e 85%.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Internacional4 minutos atrás

Corpo de homem desaparecido há 29 anos é achado dentro de carro afundado em rio

The Belfast Telegraph / Reprodução Carro foi encontrado em rio A polícia de Londonderry, na Irlanda do Norte , desvendou...

Entretenimento4 minutos atrás

Fábio Assunção estaria namorando advogada 22 anos mais nova

Fábio Assunção está diferente, o ator de 49 anos tem mostrado nas redes sociais que  está cuidando mais do corpo...

Política19 minutos atrás

Ales realiza live sobre Eleições 2020

. Novo calendário eleitoral, desincompatibilização, regras de propaganda durante pré-campanha e campanha, prestação de contas e outros assuntos relacionados às...

Política34 minutos atrás

Pauta desta quarta traz 4 urgências para votação

. Quatro matérias para votação em regime de urgência – duas do Executivo e duas de autoria parlamentar – são...

Carros e Motos49 minutos atrás

Volvo XC60 T8 Hybrid R-Design: um SUV eletrizante, à frente do seu tempo

Guilherme Menezes/iG Volvo XC60 T8 Hybrid R-Design: Perfeição sueca ao extremo. Esses nórdicos realmente sabem fazer carros… Eis a versão...

Entretenimento1 hora atrás

Após demissão do SBT, ator desabafa e diz que só é chamado para ser o “negro”

Nando Cunha fez um desabafo durante uma live ao ser perguntado sobre as escalações de personagens na dramaturgia nas emissoras...

Internacional2 horas atrás

Museu da Ciência reabrirá em Londres no próximo dia 19

. Exposições mostrando a batalha da humanidade contra doenças infecciosas saudarão os visitantes que deixaram recentemente o isolamento por causa...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!