conecte-se conosco


Carros e Motos

Renault lança nova geração do elétrico Zoe na Europa, onde chega no fim do ano

Publicado

em

Renault Zoe azul
Divulgação
Renault Zoe da nova geração tem autonomia de até 389 quiômetros, de acordo com a fabricante

Os europeus terão a nova geração do elétrico Renault Zoe a partir do fim do ano. O carro tem suas primeiras imagens oficiais e detalhes divulgados pela fabricante que não deu previsão de quando a novidade chegará ao Brasil, onde o elétrico é vendido com preço sugerido de R$ 149.990.

LEIA MAIS:  Renault Zoe 2019: primeiras impressões do modelo elétrico na cidade

Entre as principais novidades do Renault Zoe 2020 está a bateria de 52 kwh fabricada para dar uma autonomia de 389 km ao carro, o que significa implica em uma capacidade 30% maior sem aumento de tamanho. Além disso, a marca promete menor tempo de recarga.

Conforme as novas especificações, o Zoe da segunda geração pode ter 90% da recarga (o que garante rodar 145 km) em 30 minutos em um carregador de 50 Kw. Porém, em um aparelho doméstico, de 7 kw, será preciso 9 horas de 25 minutos para atingir 100% da carga.

O motor do novo Zoe tem 135 cv e bons 25 kgfm de torque, força suficiente para acelerar de 0 a 100 km/h em 10 segundos, conforme dados da fabricante. E para retomar de 80 a 120 km/h, ainda de acordo com a marca francesa, o carro elétrico leva 7,1 segundos, uma melhora de 2,2 segundos na comparação com a primeira geração do modelo, de 110 cv.

Renault Zoe fica mais sofisticado 


Renault Zoe interior
Divulgação
Interior do novo Renault Zoe fica mais refinado e com sistema multimídia com tela de 10 polegadas entre as novidades

Entre outros recursos, o Renault Zoe 2020 tem o chamado “B mode”, opção do sistema de transmissão que reduz a velocidade do carro apenas tirando o pé do acelerador, o que ajuda a recarregar as baterias e torna possível dirigir usando apenas um pedal, em trechos urbanos. Há também o sistema de faz o carro estacionar sozinho entre os itens disponíveis.

Leia mais:  Hyundai Creta lidera vendasem julho e ranking dos SUV fica embolado

LEIA MAIS: Kwid e Zoe representam os dois extremos da Renault

Aliás, a lista de equipamentos do novo Zoe inclui alertas de frenagem de emergência e de mudança indevida de faixa, bem como dispositivo que lê placas de trânsito e outro que muda automaticamente o facho dos faróis de alto para baixo para não ofuscar quem vier no sentido contrário. 

Por fora, a renovação do design inclui novos componentes, como grade dianteira e para-choques, além de faróis e lanternas de LED no lugar de lâmpadas, além de novas cores e rodas. E no interior as mudanças ficam por conta do novo painel, do acabamento mais caprichado e do sistema multimídia com tela de 10 polegadas compatível com Android Auto e Apple Car Play.

 LEIA MAIS: Carros elétricos e híbridos da VW entrarão no lugar dos a combustão, em 2026

Ainda entre os principais recursos do novo Renault Zoe , destaca-se a possibilidade de controlar algumas funções do carro por aplicativo de celular, como programar o acionamento do o ar-condicionado, checar a autonomia das baterias e saber como anda a recarga das baterias. 

Fonte: IG Carros
Comentários do Facebook
publicidade

Carros e Motos

Chevrolet Onix Plus enfrenta o rival Honda City. Qual dos sedãs vence?

Publicado

em

source
Chevrolet Onix Plus branco arrow-options
Divulgação
Chevrolet Onix Plus tem detalhes modernos como as luzes diurnas de LED embutidas nos para-choques

Foi assim com a décima geração do Honda Civic, quando chegou ao Brasil, em 2017. Ou com a Fiat Toro, no ano anterior. E com outros modelos que logo se tornaram referência do segmento. Agora, com chegada do Chevrolet Onix Plus ao País, no terreno dos sedãs compactos, todos têm um novo líder a seguir. Até mesmo o bem sucedido VW Virtus precisa se cuidar.

LEIA MAIS: Veja as primeiras impressões ao volante do novo Chevrolet Onix Plus

Aliás, a reportagem de iG Carros chegou a entrar em contato com a Volkswagen para pedir um Virtus, que seria incluído no comparativo, mas a marca nos disse que não tinha o modelo disponível, nem na versão 1.0 TSI, ou na 1.6 MSI. Então, nos restou continuar a matéria apenas com o Honda City, que está prestes a mudar de geração no Japão e deverá chegar ao Brasil em 2021. 

Logo de cara já dá para dizer que o modelo da GM ficou com a vitória com facilidade. Entre outros quesitos, mesmo sendo a versão topo de linha e com uma longa lista de equipamentos, o Onix Plus Premier (a partir de R$ 73.940) ainda consegue ficar mais em conta que o Honda City EX (R$ 80.300), bem menos equipado e com um conjunto mecânico que já pede novidades há um tempo.

Sim, a diferença de custo-benefício entre os dois é grande. Mas apenas para ficar claro, ambos são exatamente da mesma categoria, com entre-eixos de 2,60 m e apenas um centímetro a mais de comprimento a favor do GM (4,47 m ante 4,46 m do Honda). Só para citar os principais itens do Onix Plus Premier, o carro vem com seis airbags e controle de estabilidade (ESP), monitoramento de pressão dos pneus, partida por botão e a melhor central multimídia atualmente, com tela de 7 polegadas, de alta-resolução e que pode ter acesso à internet a bordo, via 4G, como opcional.

Leia mais:  Chevrolet Onix Joy 2019: versão mais em conta é modesta, mas eficiente

No City, a Honda consegue oferecer um pacote bem mais modesto que inclui ar-condicionado digital, câmera de ré,  volante multifuncional revestido de couro, controlador de velocidade de cruzeiro (“piloto automático”), computador de bordo que informa autonomia e uma central multimídia que pede mudanças o mais breve possível (apenas para se ter uma ideia, existe um botão “dia/noite” para você conseguir visualizar as informações na tela durante o dia).

O único quesito em que o City supera o Onix Plus é no tamanho do porta-malas, de 536 litros ante 469 litros do GM. De resto, o modelo da Chevrolet fica na frente do Honda, que conta com motor 1.5, aspirado, de quatro cilindros, o mesmo que começou a ser usado no Fit, há 11 anos. Rende os mesmos 116 cv de potência que o 1.0 turbo, de três cilindros, da GM, que tem 50% a menos de cilindrada.

 Acelerando o Chevrolet Onix Plus

Chevrolet Onix Plus azul arrow-options
Divulgação
Sedã da GM consegue rodar até 690 quilômetros na estrada com um tanque de gasolina, conforme o Inmetro

Não é à toa que a potência específica do 1.0 da GM é de 116,1 cv e do Honda, 77,5 cv. Na prática, a maior eficiência do motor turbo, de três cilindros, de origem Opel, é a resposta mais ágil ao comando do acelerador. Afinal, são 16,8 kgfm de torque a meros 2.000 rpm, ante 15,3 kgfm a altos 4.800 rpm. Somado ao pacato câmbio CVT, no Honda,  o melhor é aceitar a falta de fôlego e ir devagar com o andor, sem acelerar demais, já que o nível de ruído aumenta bastante, junto com o consumo.

No Onix Plus, a situação é o contrário. Pode acelerar que o bom isolamento acústico vai impedir que o excesso de ruído invada o interior do carro. Além disso, o desempenho é melhor no GM. Conforme os dados das fabricantes, para acelerar de 0 a 100 km/h o Onix precisa de 10,9 segundos, ante 11,3 s do Honda, cuja máxima fica em 175 km/h, contra 185 km/h do Chevrolet.

Leia mais:  Cinco variações do novo Corolla que não temos no Brasil

 LEIA MAIS: Honda City da nova geração terá versão híbrida em 2021

Ambos são carros estáveis nas curvas, mas o GM tem controle eletrônico de estabilidade, item que o Honda não tem nem como opcional. Os dois também vêm com rodas de aro 16, mas no Onix os pneus são um pouco mais largos (195/55R 16, ante 185/55R 16), o que também ajuda a transmitir mais segurança. Porém, é bom lembrar que nem um nem outro tem freios a disco nas quatro rodas, com tambores no eixo traseiro, o que aumenta o risco de fadiga quando mais exigidos, como em descidas de serra. 

O consumo menor do Onix Plus Premier 1.0 turbo é outra vantagem. Conforme o Inmetro, o GM faz até 15,7 km/l de gasolina na estrada, ante 14,5 km/k do Honda. Na cidade, com etanol, ambos de equivalem. Com 8,6 km/l do Onix e 8,5 km/l do Honda, que tem menor autonomia na estrada, com gasolina, de 667 km, contra 690 km do Chevrolet.

Conclusão

 O Chevrolet Onix Plus acaba de chegar às lojas e já superou até as vendas do principal rival, o VW Virtus, na primeira quizena de outubro, conforme balanço da Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos). Já se tornou referência no segmento de sedãs compactos.

LEIA MAIS: Onix Plus aparece à frente do VW Virtus nas vendas parciais de outubro

 Quanto ao Honda City, resta apenas esperar pela chegada da nova geração, que vai ser mostrada em 2020 e deverá chegar ao Brasil, no ano seguinte, enfim, com conjunto mais moderno e eficiente que deverá incluir um novo motor 1.0, turbo.

Leia mais:  Royal Enfield Bullet 500 ganha freio ABS na linha 2020

Ficha técnica

Chevrolet Onix Plus

Motor: 1.0, três cilindros, turbo, flex

Potência : 116 cv a 5.500 rpm

Torque: 16,8 kgfm (E) / 16,3 (G) a  2.000 rpm

Transmissão:  Automático, seis marchas, tração dianteira

Suspensão:Independente (dianteira e traseira) 

Freios: Discos ventilados na dianteira e tambores na traseira

Pneus: 195/55 R16 

Dimensões: 4,47 m (comprimento) / 1,73 m (largura) / 1,47 m (altura), 2,60 m (entre-eixos)

Tanque : 44 litros

Porta-malas: 469 litros 

 Consumo: 12 km/l (cidade) /15,7 km/l (estrada) com gasolina

0 a 100 km/h: 10,9 segundos 

Vel. Max: 185 km/h 

Honda City EX

Motor: 1.5, quatro cilindros, flex

Potência : 116 cv (E)/115 cv (G) a 6.000 rpm

Torque: 15,3 kgfm (E) / 15,2 (G) a  4.800 rpm

Transmissão:  Automático, CVT, tração dianteira

Suspensão:Independente (dianteira e traseira) 

Freios: Discos ventilados na dianteira e tambores na traseira

Pneus: 185/55 R16 

Dimensões: 4,46 m (comprimento) / 1,70 m (largura) / 1,49 m (altura), 2,60 m (entre-eixos)

Tanque : 46 litros

Porta-malas: 536 litros 

 Consumo: 12,3 km/l (cidade) /14,5 km/l (estrada) com gasolina

0 a 100 km/h: 11,3 segundos 

Vel. Max: 175 km/h

Fonte: IG Carros
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Nacional1 minuto atrás

Corpo é encontrado dentro da reitoria da UFRN

arrow-options Ricardo Pinto/Flickr Servidor foi encontrado na reitoria Um servidor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foi...

Nacional1 minuto atrás

Mulher anda 10 km em ônibus diferentes tentando fugir de assédio e não consegue

arrow-options shutterstock Mulher registrou boletim de ocorrência por importunação sexual Uma mulher de 33 anos foi perseguida por mais de...

Nacional1 minuto atrás

Chefe de força-tarefa em presídios no Pará é recolocado após denúncia de tortura

arrow-options Arquivo/Agência Brasil Agente foi acusado de tortura em presídios do Pará O desembargador Olindo Menezes, do Tribunal Regional Federal...

Nacional1 minuto atrás

Preso por suspeita de desvio, prefeito volta a cargo com tornozeleira eletrônica

arrow-options Fabíola Cabral / Instagram / Reprodução Lula Cabral foi preso pela Polícia Federal por suspeita de ajudar em desvios...

Nacional1 minuto atrás

Governo troca comando do Incra: sai general, entra assessor de Onyx

arrow-options ELZA FIÚZA / AGÊNCIA BRASIL O presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), João Carlos de...

Nacional1 minuto atrás

Mulher apanha e é arrastada por carro após reagir a assalto; veja vídeo

arrow-options Câmeras de Segurança/Reprodução Mulher foi arrastada pelo próprio carro, que era levado por ladrão Câmeras de segurança instaladas no...

Policial2 minutos atrás

DPCA prende suspeitos de estupro de vulnerável em Cariacica e Vila Velha

A equipe da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), com apoio dos policiais civis da Superintendência de...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana