conecte-se conosco


Direto de Brasília

Renan Calheiros critica Deltan Dallagnol e o chama de “ser possuído”

Publicado

em


Renan Calheiros (MDB) é candidato a reassumir presidência do Senado, que deve ter votação fechada
Divulgação/MDB
Renan Calheiros (MDB) é candidato a reassumir presidência do Senado, que deve ter votação fechada

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) chamou o coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato no Ministério Público Federal (MPF), Deltan Dallagnol, de ser “um ser possuído”. O parlamentar, que é investigado na Lava Jato, criticou as recentes declarações do procurador sobre a votação para a Presidência do Senado
.

“Deltan Dallagnol @deltanmd continua a proferir palavras débeis, vazias, a julgar sem isenção e com interesse político, como um ser possuído”, escreveu Renan Calheiros
em sua conta no Twitter.

Pelas redes sociais, Dallagnol tem incentivado seus seguidores a assinar um abaixo assinado que pede votação aberta para presidência do Senado
. “Mais de 500 MIL PESSOAS estão pedindo o #votoaberto. É um grito da sociedade pelo direito de acompanhar a posição de seus representantes nessa escolha que pode ser tão importante quanto a eleição de um Presidente da República”, escreveu.

Leia também: PSL confirma pré-candidatura de Major Olimpio à Presidência do Senado

Na última quarta-feira (9), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, derrubou liminar do ministro Marco Aurélio que determinava que a votação para a presidência do Senado fosse aberta. Toffoli acatou pedido apresentado pelo próprio Senado – sob ordens de seu atual presidente, senador Eunício Oliveira (MDB-CE).

O ministro do STF considerou que a liminar de Marco Aurélio (concedida em dezembro, antes do recesso do Judiciário) viola o regimento interno da Casa
e fere sua autonomia. O presidente do Supremo ressaltou que “inexiste necessidade de controle externo sobre a forma de votação adotada para sua formação”.

No Senado, a reinstauração do voto secreto tende a beneficiar a candidatura de Renan, que já presidiu a Casa por três períodos. O emedebista não conta com o apoio aberto do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o que dificultaria sua eleição caso não houvesse sigilo na votação.

Leia mais:  Eleições 2018: Paulo Hartung diz que não vai disputar reeleição ao governo do ES

Leia também: Toffoli nega pedido de Kim Kataguiri para votação aberta em eleição na Câmara

Renan Calheiros
terá a concorrência certa do recém-eleito Major Olímpio (PSL-SP) e de nomes como Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Simone Tebet (MDB-MS). A votação está agendada para o início da nova legislatura, em fevereiro.

Comentários do Facebook
publicidade

Direto de Brasília

Alexandre de Moraes vota a favor de prisão após segunda instância

Publicado

em

source
Ministro Alexandre de Moares arrow-options
Rosinei Coutinho/SCO/STF

Ministro votou contra o ministro Marco Aurélio

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes votou a favor do cumprimento antecipado de pena após condenação em segunda instância . Com o voto, o placar está em 1 a 1 após o ministro Marco Aurélio Mello votar contra a pauta.

No início da leitura do voto, Moares disse que “toda vez que se altera a jurisprudência se fala em evolução”, mas que, às vezes, também há uma “involução”.

Acompanhe ao vivo: STF retoma julgamento sobre prisão em segunda instância

Em seguida, o ministro fez uma defesa da democracia e ciriticou ameaças à Corte. “Paixões políticas e ideológicas resultaram em ameaças ao STF, muito acima das salutares  manifestações de uma democracia. Relatores foram chamados de levianos e corruptos por ter uma posição contrária”, afirmou.

Na sustentação do voto, Moraes disse que “alterações de posicionamento não produziram nenhum impacto significativo no sistema penitenciário nacional” e que não vê que os princípios de presunção de inocência e de não culpabilidade serão feridos. “A decisão de segundo grau é fundamentada”, completou.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Capes abre 3.920 vagas para capacitação de professores de ciência
Continue lendo
Saúde10 minutos atrás

SUS pretende usar inteligência artificial para agilizar atendimentos

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou, em entrevista exclusiva à Agência Brasil, que o programa Conecte SUS, em...

Política10 minutos atrás

Gleisi defende Lula e diz que querem ‘esterilizá-lo’

arrow-options Edilson Santos/Agência O Globo “Tiraram ele da vida, expuseram, xingaram, perseguiram a família” Presidente do PT e deputada federal,...

Política10 minutos atrás

“Ódio cego”, diz Celso de Mello sobre fala de estupro de filhas de ministros

arrow-options Rosinei Coutinho/SCO/STF – 11.4.19 Celso de Mello repudiou ataque de advogada O ministro Celso de Mello , do Supremo...

Política10 minutos atrás

Bolsonaro sabia que a Globo o ligaria ao caso Marielle, diz colunista

arrow-options Marcos Corrêa/PR Bolsonaro sabia que a Globo soltaria uma reportagem ligando seu nome ao caso Marielle Jair Bolsonaro já...

Política10 minutos atrás

Mudanças na 2ª instância fazem STF perder confiança, diz ex-presidente da corte

arrow-options Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil O cumprimento de pena após condenação em 2ª intância foi proibido pelo Supremo Tribunal Federal...

Polícia Federal10 minutos atrás

PF prende dupla venezuelana com cápsulas de cocaína no estômago

Fortaleza/CE – A Polícia Federal prendeu nesse sábado (9/11), no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza/CE, dois homens, 53 e...

São Mateus25 minutos atrás

Família de jovem morta durante carnaval de Guriri ainda busca respostas

De acordo com a PM, a conclusão foi de que o militar se defendeu das agressões e não teve a...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana