conecte-se conosco



Estadual

Refeitório do Hospital Dr. Jayme ganha mais espaço e novo mobiliário

Publicado

em

O refeitório do Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra, recebe cerca de duas mil pessoas durante os dias da semana e mais de 1,3 mil aos sábados e domingos. Pensando no bem-estar de todos esses frequentadores, agora o local conta com novo mobiliário e mais espaço.

Com o investimento da Secretaria de Saúde (SESA), o HEJSN pôde disponibilizar um ambiente mais confortável e acolhedor aos usuários, a fim de que, sintam-se bem à vontade durante o período das refeições.

Todo o processo está sendo feito por etapas. Começou no último dia 10 de outubro, com a troca das mobílias do lado direito do refeitório. Na última segunda-feira (14) e terça-feira (15), iniciou a troca das mobílias do lado esquerdo.

Além destas mudanças, também será realizada a reforma de um segundo espaço, deixando o refeitório ainda mais amplo. A mudança completa incluirá além da reforma local, disposição do novo mobiliário e climatização. A inauguração do local acontecerá nos próximos meses.

De acordo com o gerente de hotelaria do Hospital Dr. Jayme, Joubert Andrade, este processo foi essencial. “Antes, o refeitório comportava 144 pessoas. Com as mudanças que já ocorreram e as que estão por acontecer, o ambiente terá espaço para mais de 300 usuários concomitantes. Sentimos a necessidade de acomodar melhor e deixar as pessoas mais confortáveis durante o horário da refeição. Entendemos que este deve ser um momento de paz e tranquilidade. Com a mudança, o ambiente ficou mais amplo e acolhedor”, disse Andrade.

Informações à imprensa

Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes

(27) 3347-5642 / 3347-5643
[email protected]  

Assessoria de Comunicação – Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves

Bruna Pratti

(27) 3331-7552

[email protected]

Comentários do Facebook

Estadual

Juíza determina que companhia de saneamento se abstenha de cobrar tarifa de consumo mínimo de condomínio

Publicado

em


.

Na decisão, a magistrada frisou que o STJ firmou entendimento de não ser lícita a cobrança de tarifa de água no valor do consumo mínimo, multiplicado pelo número de economias existentes no imóvel, quando houver único hidrômetro no local.

A 3ª Vara Cível de Vila Velha concedeu uma tutela de urgência, liminarmente, em uma ação declaratória, ajuizada por um condomínio do Município contra uma companhia de saneamento básico.

A parte autora pleiteou, em sede de tutela de urgência, que a cobrança do serviço de fornecimento de água e esgoto fosse realizada seguindo a aferição do consumo real indicado no hidrômetro e não no consumo mínimo do condomínio.

Com base no novo Código de Processo Civil e em entendimento firmado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), a magistrada analisou os requisitos necessários para deferimento do pedido autoral.

“Para o deferimento da tutela provisória de evidência, nos casos em que as alegações autorais puderem ser comprovadas apenas com documentos e houver tese firmada em julgamento de casos repetitivos ou em súmula vinculante, não é necessário a demonstração de perigo de dano ou de risco ao resultado útil do processo, conforme o disposto no art. 311 do NCPC”, explicou.

A partir de documentos acostados, a julgadora verificou que a medição de consumo e, posteriormente, a cobrança por parte da requerida foi realizada com base no importe mínimo, fato considerado ilícito pelo STJ, que se manifestou sobre o tema. “[…] o Superior Tribunal de Justiça, sob a sistemática dos Recursos Repetitivos, firmou o entendimento de não ser lícita a cobrança de tarifa de água no valor do consumo mínimo multiplicado pelo número de economias existentes no imóvel, quando houver único hidrômetro no local”, enfatizou.

Na decisão, a magistrada deferiu, liminarmente, o pedido de antecipação dos efeitos da tutela pretendida, com base no artigo 311 do Novo Código de Processo Civil, para determinar que a parte requerida se abstenha de proceder a aferição de consumo seguindo o importe mínimo, sob pena de multa diária.

Processo n° 00274703820198080035

Vitória, 02 de julho de 2020

 

Informações à Imprensa

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES
Texto: Isabella de Paula | [email protected]

Maira Ferreira
Assessora de Comunicação do TJES

[email protected]
www.tjes.jus.br

Fonte: TJES

Comentários do Facebook
Continue lendo
Esportes1 hora atrás

Adhemar Ferreira da Silva é homenageado pela World Athletics

. O bicampeão olímpico Adhemar Ferreira da Silva será o único atleta da América do Sul a receber a placa...

Internacional1 hora atrás

EUA ordena apreensão de 4 navios iranianos em novo carregamento para Venezuela

Reprodução Twitter @rrealdonaldtrump Donald Trump Twitter O mundo caminha para uma novo momento de tensão. Os EUA emitiram uma ordem...

Estadual2 horas atrás

Juíza determina que companhia de saneamento se abstenha de cobrar tarifa de consumo mínimo de condomínio

. Na decisão, a magistrada frisou que o STJ firmou entendimento de não ser lícita a cobrança de tarifa de...

Estadual2 horas atrás

Gestores do Tribunal de Justiça participam de reunião virtual sobre acessibilidade

. O encontro foi promovido pela Comissão de Acessibilidade do TJES e aconteceu na tarde dessa quarta-feira, 01. A equipe...

Saúde2 horas atrás

Vacinas poderão controlar a covid-19, diz diretor do Butantan

. As vacinas em desenvolvimento no mundo contra o novo coronavírus, oficialmente denominado SARS-CoV-2, poderão conseguir controlar a doença causada...

Estadual2 horas atrás

Círculo Restaurativo Virtual pacifica conflito entre mãe e filho em Vila Velha

. A prática aconteceu por vídeochamada. Ao final do círculo, o adolescente se comprometeu a mudar de postura e respeitar...

Esportes2 horas atrás

Fluminense avança e Vasco é eliminado da Taça Rio

. Fluminense e Volta Redonda conseguiram na noite desta quinta (2) chegar às semifinais da Taça Rio. Com situação mais...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!