conecte-se conosco


Política

“Queremos que Lula volte para a cadeia”, diz João Doria

Publicado

em

source

IstoÉ

Governador de São Paulo João Doria arrow-options
Roberto Casimiro / Agência O Globo

Governador de São Paulo João Doria

O governador de São Paulo, João Doria , divulgou uma mensagem em sua rede social pedindo que os congressistas aprovem a mudança constitucional para que a prisão em segunda instância volte a ser restabelecida, como era antes da alteração feita pelos ministros do STF de só permitiram a prisão após trânsito em julgado, ou seja, depois do último recurso no STF, o que permitirá a impunidade e prejudicará o combate à corrupção.

Leia também: Moro rebate Lula e diz que “não responde a criminosos”

Para o governador, “agora é hora de lutarmos pela mudança constitucional e que todos os condenados em segunda instância voltem para a cadeia”, como é o caso do ex-presidente Lula e do ex-ministro José Dirceu , soltos ontem após medida judicial, tomada com base na decisão de parte dos ministros do STF.

Leia também: Manifestantes pedem volta de prisão em 2ª instância em ato na avenida Paulista

Doria disse que sua luta sempre foi para derrotar o PT , que mergulhou o País em uma de suas mais graves crises políticas, com a corrupção dominando a máquina pública. “Lutei ao lado do povo para vencermos o PT e a esquerda e livramos São Paulo desse mal. Também apoiei a campanha do presidente Bolsonaro para o PT não voltar ao governo federal”, disse o governador em sua mensagem nas redes sociais.

Leia também: Lula solto pode gerar união do antipetismo, avalia Eduardo Bolsonaro

Ao final, Doria ainda reafirmou seu compromisso com seus eleitores de não permitir o retorno do PT ao governo. “Eles não voltarão ao poder! Viva o Brasil! O povo quer justiça.”

Comentários do Facebook
Leia mais:  Supremo autoriza Cristiane Brasil a participar de reunião do PTB
publicidade

Política

No país com mais gado do mundo, pobre não pode comer carne, dispara Lula

Publicado

em

source
Lula arrow-options
Agência Brasil

O ex-presidente Lula foi ao Twitter para questionar a alta no preço da carne bovina

No início da tarde deste domingo (8), o ex-presidente Lula foi ao Twitter para questionar a alta no preço da carne bovina no País, nas últimas semanas. Em tom de crítica ao governo atual, ele relembrou o passado e garantiu que nos anos em que foi presidente as pessoas mais pobres podiam comprar carne para o churrasco.

Preço da carne dispara no fim do ano. Entenda o motivo

O petista ainda lamentou o fato do Brasil ser o País com mais gado do mundo e passar por esses problemas.

“Não é possível que o Brasil seja o país com o maior rebanho de gado do mundo e o povo pobre não pode comprar carne. No meu tempo de governo o povo tinha orgulho de poder comprar picanha pro churrasco e hoje não consegue comprar meio quilo de carne moída”, publicou em seu Twitter.

Preço da carne atinge maior nível dos últimos 30 anos

Há algumas semanas, os consumidores estão sentido no bolso o aumento do preço da carne bovina. A razão para o crescimento envolve, além do fator China, um momento de oferta restrita de bois no Brasil, um tradicional aumento da procura doméstica por carnes no fim do ano e o dólar cotado acima dos R$ 4, que aumenta ainda mais o ganho dos exportadores na hora de converter o dinheiro das vendas para real.

Leia mais:  Ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot se aposenta oficialmente hoje

Carne atinge maior preço em 30 anos no Brasil com alta de exportações para China

Segundo a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), em menos de três meses o custo do contrafilé subiu 50% para os supermercados; o do coxão mole, 46%.

Por isso, o aumento foi repassado aos consumidores. A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse, no fim de novembro, que os preços mais altos vieram para ficar.

Ministra contradiz Bolsonaro e afirma que preço da carne não deve cair

“Neste momento, o mercado está sinalizando que os preços da carne bovina, que estavam deprimidos, mudaram de patamar”, afirmou, em nota publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo. Questionada se continua a consumir carne vermelha, respondeu em tom de brincadeira: “Estou comendo frango. Agora, é só frango”.

Economistas não sabem até onde vai a pressão sobre o preço da carne no Brasil, mas garantem mais uns meses para que o mercado possa encontrar um equilíbrio.

“Com o Ano Novo Chinês, em janeiro, essa pressão se manterá”, disse Sérgio Vale, economista-chefe da MB Associados, em entrevista à revista Exame. Em sua live semanal, transmitida pelo Facebook, Jair Bolsonaro explicou que o prazo é de no máximo quatro meses.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Entretenimento22 minutos atrás

Fátima Bernardes posa ao lado de Bonner e atual esposa

arrow-options Reprodução/Instagram A jornalista posou ao lado do ex-marido e sua atual esposa em um evento no Rio de Janeiro...

Entretenimento22 minutos atrás

Artista come banana vendida como obra de arte por cerca de R$ 500 mil reais

Os frequentadores da feira de arte contemporânea Art Basel de Miami se divertiram ao tirar fotos com uma obra peculiar:...

Entretenimento22 minutos atrás

Nova temporada de La Casa de Papel estreia em abril de 2020. Veja teaser

arrow-options Foto: Divulgacao Netflix finalmente divulgou a data de estreia da nova temporada da série A Netflix oficializou neste domingo...

Entretenimento22 minutos atrás

Bruna Marquezine sensualiza de biquíni em vídeo no Instagram

arrow-options Reprodução/Instagram Bruna Marquezine publicou o vídeo em seu Instagram neste domingo (8) Bruna Marquezine chamou a atenção dos fãs...

Entretenimento22 minutos atrás

Luiza Ambiel posa só de lingerie e faz discurso empoderado

A musa da banheira do Gugu aproveitou um ensaio de uma marca de lingerie para fazer um discurso empoderado em...

Internacional2 horas atrás

Manifestantes vão às ruas de Hong Kong em ato pró-democracia

arrow-options Reprodução/Twitter Milhares saíram às ruas de Hong Kong Milhares de manifestantes saíram às ruas de Hong Kong neste domingo...

Internacional2 horas atrás

Greta Thunberg diz que índios foram mortos por proteger florestas no Maranhão

arrow-options Reprodução/Instagram Greta Thunberg Greta Thunberg usou Twitter para comentar mortes de índios Guajajara A ativista Greta Thunberg fez uma...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana