conecte-se conosco


Nacional

Quatro pessoas são presas por agredir jovem assassinada

Publicado

em

Nas imagens, a vítima é lesionada com socos, chutes, puxões de cabelos, pauladas e pedradas no meio da rua, sendo levada em seguida para um imóvel, onde o corpo foi encontrado.

Pelo menos quatro pessoas já foram presas suspeitas de participar da morte da jovem Maria Elailane do Nascimento, cujo corpo foi encontrado nesta terça-feira (14) em um imóvel abandonado em Sobral, Região Norte do Ceará. Elailane foi espancada, apedrejada e ferida a golpes de faca. A Polícia Civil investiga o que motivou o espancamento e o homicídio.

Um vídeo compartilhado em redes sociais nesta terça-feira (15) mostra pelo menos cinco mulheres espancando a vítima. As imagens mostram o grupo agredindo Elailane com violência, desferindo socos, chutes, puxões de cabelo e a arrastando pela rua. Toda a violência é filmada por uma outra pessoa. Um homem se aproxima do grupo e permanece observando toda a cena.

Após o espancamento, as mulheres aparecem arrastando Maria Elailane pelos cabelos até uma residência. Em um outro vídeo, as cenas da violência continuam dentro do imóvel, com mais hostilidade. As agressoras utilizam paus e pedras para continuar lesionando a vítima.

Investigação

O Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) de Sobral investiga o caso. Pelo menos quatro pessoas já foram presas suspeitas de participar do crime, segundo o delegado Paulo Castro, responsável pelas investigações.

Na tarde desta quarta-feira (15), equipes do NHPP saíram em buscas de mais suspeitos do homicídio. As imagens dos vídeos são utilizadas para dar suporte à apuração da morte da jovem.

O corpo de Maria Elailane foi encontrado pela polícia dentro de uma casa abandonada no Bairro Terrenos Novos, na tarde de terça-feira (14).


(*G1)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Opositor de Maduro denuncia invasão de militares venezuelanos emsua casa
publicidade

Nacional

Professora homenageia menino que gravou adeus para mãe: “está livre da maldade”

Publicado

em

source
Matheus Adeus mãe arrow-options
Reprodução/Facebook
Relato da professora foi compartilhado pela mãe do menino Matheus nas redes sociais

Dias depois da morte do menino Matheus, de apenas nove anos, que foi assassinado pelo próprio pai na última sexta-feira (13) após enviar mensagens de áudio se despedindo da mãe, a professora do garoto fez uma emocionante homenagem para ele nas redes sociais, relembrando seu jeito brincalhão e o “enorme coração” que o garoto tinha.

Leia também: “Adeus, mãe”: antes de bater carro em caminhão, ex manda filho gravar despedida

“Hoje, não tivemos seu sorriso largo, seu olhar de deboche… Hoje não precisei dizer” Matheus fale mais baixo, a escola inteira esta te ouvindo”, hoje não teve bronca por causa da letra garrancho, hoje não teve o “ bico” porque pedi pra refazer a atividade… hoje não teve VOCÊ… Mas hoje teve a maior demonstração de amor que vivi em 30 anos de magistério.Hoje teve uma turma de 25 crianças chorando por duas horas ininterruptas a perda e a saudade de vc. Teve demonstração de como vc com seu jeito sarrista fazia a diferença na vida de seus amigos… Choramos muito, mas também rimos relembrando as suas palhaçadas… Não será fácil continuarmos sem vc fisicamente, mas a lembrança do seu enorme coração e de sua generosidade serão nossa força. Sua carteira ficou lá, vazia, como se vc fosse chegar atrasado…mas vc não chegou… O que nos conforta é saber que vc está livre da maldade e das dores deste mundo.Com certeza vc deve estar soltando pipa com os anjos. Até mais meu menino …”, escreveu Cristina Seixas, em publicação que foi compartilhada pela mãe do garoto , Érika Kuasne.

Matheus morreu após o pai, o motorista de aplicativo Marco Antônio Alves Marcondes , jogar o carro em que os dois estavam contra um carreta na PR-445, em Londrina (PR). Antes do acidente, o menino chegou a mandar mensagens de áudio e texto se despedindo de Érika: “adeus, mãe “.

Leia mais:  “Arranca a cabeça e deixa pendurada”, cantam PMs do Pará durante festa da tropa

Leia também: Menino que gravou adeus para mãe antes de morrer já tinha sido vítima do pai

Érika , que tentou salvar a vida do filho caçula enquanto, paralelamente, tentava ajuda da Polícia, enterrou Matheus no último final de semana. Agora, ela diz querer Justiça para seu filho, mas não sabe como alcançá-la: “Meu filho era uma criança cheia de vida. Queria trabalhar. Era meu defensor, meu segurança. Ele só não tinha idade nem tamanho, mas o jeito que falava era muito maduro.  Era meu herói”.

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
São Mateus21 minutos atrás

Casagrande visita fábrica da Marcopolo São Mateus nesta quarta-feira (18)

Nesta quarta-feira (18), o governador do Estado, Renato Casagrande, fará uma visita a unidade de São Mateus da empresa Marcopolo...

Tecnologia1 hora atrás

Assim como iPhone, novo iPad Pro pode ter três câmeras

arrow-options Reprodução Novo iPad Pro pode ter três câmeras. A Apple parece estar preparando novos  iPad Pro com um sistema...

Tecnologia1 hora atrás

Cuidado! Novo golpe do FGTS no WhatsApp promete pagamento retroativo

arrow-options Reprodução Ao acessar no link do golpe do FGTS, o usuário é levado a um site que simula ser...

Tecnologia1 hora atrás

Dados pessoais de todos os equatorianos vazam online

arrow-options Agência Brasil Equatorianos viram seus dados pessoais serem vazados. Possivelmente todos os 16,6 milhões de equatorianos tiveram seus dados...

Economia1 hora atrás

Mais de 580 mil trabalhadores não querem sacar os R$ 500 do FGTS

Cerca de 588 mil trabalhadores não querem sacar os R$ 500, por conta vinculada, e solicitaram o desfazimento do crédito...

Mundo1 hora atrás

Queimadas na Amazônia estão ligadas a crime organizado e milícias, diz relatório

arrow-options Fernando Frazão/ABr Queimadas na Amazônia subiram 82% neste ano Um relatório da ONG Human Rights Watch (HRW), divulgado nesta...

Mundo1 hora atrás

Jogadores do PSG estão evitando Icardi por causa de Wanda Nara, sua mulher

arrow-options Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr Senadores votarão mudanças nas regras eleitorais nesta terça-feira Os senadores se reúnem no Plenário do Senado...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana