conecte-se conosco



Estadual

Quatro pessoas ficam feridas em acidente entre ônibus e caminhão na BR-101 na Serra

Publicado

em

Pista está parcialmente interditada, mas é possível passar pelas vias laterais. Feridos foram levados para o Hospital Jayme Santos Neves, mas ninguém em estado grave.

Quatro pessoas ficaram feridas em um acidente no km 266 da BR-101 na Serra, no início da manhã desta terça-feira (14). Segundo a polícia, o caminhoneiro ficou preso às ferragens, mas já foi resgatado. Todos que ficaram machucados foram levados para o Hospital Jayme Santos Neves.

A batida ocorreu por volta de 5h10. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) não comentou a dinâmica do acidente, mas o motorista do ônibus afirmou que o responsável foi o caminhoneiro. Ainda não há informações sobre a versão desse outro condutor porque ele foi hospitalizado.

Segundo o motorista do ônibus, ele havia acabado de sair do Terminal de Laranjeiras e seguia para pegar passageiros no ponto de José de Anchieta quando o caminhoneiro não parou no sinal vermelho e acabou batendo na lateral do coletivo.

Caminhão bateu na lateral do ônibus, deixando três passageiros feridos — Foto: Reprodução/TV GazetaCaminhão bateu na lateral do ônibus, deixando três passageiros feridos — Foto: Reprodução/TV Gazeta

No ônibus estavam cerca de 30 passageiros e três tiveram ferimentos leves, sendo levados para o hospital. O motorista do caminhão ficou preso às ferragens e a equipe de socorro precisou serrar a porta do veículo para retirá-lo, mas ele foi socorrido consciente para o hospital.

A pista central ainda continua parcialmente interditada para a retirada dos veículos. É possível passar também pelas pistas laterais, mas o trânsito se encontra lento na região.


(*G1)

Comentários do Facebook

Estadual

SEDH participa de debate on-line sobre proteção à criança e ao adolescente na pandemia

Publicado

em


.

A Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), representada pela gerente de Proteção e Defesa dos Direitos Humanos Caroline Cabrera, participou de um debate on-line desenvolvido pela Comissão da Infância e Juventude da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-ES). O tema abordado foi a Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente em tempos de pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

A reunião on-line ocorreu nessa terça-feira (26) com a participação de cinco convidados: a presidenta do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CRIAD), Alessandra Zardo; da defensora pública e coordenadora do Núcleo da Infância e Juventude da Defensoria Pública do Espírito Santo (DPES), Adriana Nuset; do deputado estadual e delegado até 2018 da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Lorenzo Pazolini; e da professora e diretora escolar no município de Vitória, Patrícia L. Tonini. O debate foi ministrado pela advogada e membro da Comissão da Infância e Juventude da OAB-ES, Vanessa Brasil.

Entende-se por Rede de Proteção o conjunto formado por entidades, profissionais e instituições que atuam para garantir apoio e resguardar os direitos das crianças e dos adolescentes. Nesse sentido, destacam-se os conselhos tutelares, conselhos municipais da criança e do adolescente, Ministério Público, Defensoria Pública, Varas da Infância e Juventude, assim como os trabalhos desenvolvidos nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), nos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), delegacias especializadas e entidades de defesa dos direitos humanos.

A gerente de Proteção e Defesa dos Direitos Humanos, Caroline Cabrera, avaliou a participação no debate, enquanto ouvinte, como de grande contribuição e aprendizado. Para a gerente, há uma necessidade urgente de se pensar em estratégias de alcançar as crianças e adolescentes em tempos de pandemia.

“Eles fazem parte do grupo que lidera em número de denúncias, mas a identificação dessas violações se dava muito pelo meio externo, como por exemplo, escolas, postos de saúde, vizinhos, amigos, que ficavam sabendo e reportavam aos órgãos competentes. Porém, quando a gente tem o isolamento social, nós acabamos por restringir a possibilidade de acesso às crianças, já que elas dificilmente encontram meios alternativos eficazes de reportar as violações ao meio externo.”

Caroline Cabrera explicou que mais de 85% das ocorrências de violação às crianças e adolescentes ocorrem no meio intrafamiliar. 

“O grande desafio exposto no evento é como alcançar essas crianças e adolescentes, considerando todas as fragilidades que a rede tem enfrentado no momento em todas as limitações de atuação, mobilidade e articulação impostas pelo cenário atual. Ainda que haja um grande engajamento de todas e todos em desempenhar suas funções, a questão de acesso a este público neste período de enfrentamento da pandemia se mostra um grande problema sobre o qual precisamos nos debruçar com urgência, principalmente porque não sabemos por quanto tempo esse cenário vai perdurar. Se não for pensado rápido, as única certeza que temos é das consequências que a sociedade colherá adiante”, afirmou a gerente Caroline Cabrera.

 

Campanhas de informação e denúncia

Pensando na possibilidade de aumento dos casos de violência doméstica durante o período de distanciamento social, quando as pessoas estão permanecendo mais em suas casas, a SEDH fez três campanhas: contra a violência a crianças e adolescentes, mulheres e pessoas idosas.

As campanhas conscientizam sobre não transformar os lares em locais de violência e orientam a ligar para o Disque 100 para denunciar.

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da SEDH
Juliana Borges
(27) 3636-1334
[email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários do Facebook
Continue lendo
Internacional4 minutos atrás

Trump edita norma para regular redes sociais

. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, editou ontem (28) um decreto (executive order, termo utilizado em inglês) para...

Policial4 minutos atrás

PCES realiza operação e prende suspeitos de violência doméstica e familiar em Guarapari

. A equipe da Divisão Especializada de Atendimento à Mulher (DIV-Deam) realizou uma operação, na madrugada dessa quinta-feira (28), que...

Entretenimento14 minutos atrás

Apresentador da CNN Brasil chora ao vivo em entrevista sobre racismo

O apresentador da CNN Brasil , Cassius Zeilmann , chorou ao vivo durante a exibição desta sexta-feira (29) do “Visão...

Estadual24 minutos atrás

SEDH participa de debate on-line sobre proteção à criança e ao adolescente na pandemia

. A Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), representada pela gerente de Proteção e Defesa dos Direitos Humanos Caroline Cabrera, participou...

Variedades32 minutos atrás

Procura por divórcio no Brasil aumenta devido a isolamento social por Covid-19

Advogada explica como proceder judicialmente em caso de separação durante a quarentena De acordo o Google Brasil, entre os dias...

Estadual34 minutos atrás

Novo documento reúne medidas econômicas para enfrentamento à Covid-19

. Uma cartilha, desenvolvida pela Secretaria de Desenvolvimento (Sedes), reúne as principais medidas econômicas emergenciais adotadas por diferentes órgãos do...

Economia34 minutos atrás

Caixa repassou R$ 76,6 bilhões em auxílio nas duas parcelas

Reprodução Youtube Caixa Econômica Federal Balanço divulgado pela Caixa nesta sexta-feira (29) Nesta sexta-feira (29), durante coletiva com autoridades da...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!