conecte-se conosco



Estadual

Quatro bicicletas são roubadas por dia no Espírito Santo

Publicado

em

O levantamento feito pegou o período de janeiro a setembro deste ano, que representa um aumento de 15% comparado ao mesmo período do ano passado.

O número de bicicletas roubadas no Espírito Santo cresceu 15% em 2019. Muitas vezes, os furtos acontecem em plena luz do dia, em locais com bastante movimento, sem levantar qualquer suspeita. Apenas em 2019, 1.045 bikes já foram roubadas, de acordo com dados da Segurança Pública.

Um, dos tantos casos de bicicletas subtraídas de seus donos, é o da pedagoga Luciene Gozzer, que teve seu meio de locomoção levado por um criminoso há cerca de cinco meses, no bairro Soteco, em Vila Velha. “Minha bicicleta era dos anos 70, uma bicicleta retrô. Ela foi customizada por uma estilista de bicicleta. E em cerca de um ano eu investi nela mais de dois mil reais”, contou Luciene. 

O pesadelo fica pior quando o roubo da bicicleta acontece à mão armada. O cientista social Luiz Gustavo Gabler foi abordado por dois criminosos, que o ameaçaram com uma arma antes de levar a bicicleta. “Eu fui abordado. Um deles estava armado e levaram minha bicicleta, celular, mochila”, relatou Luiz.

A média de bicicletas roubadas no estado é alta. Por dia, quatro bikes são roubadas. De janeiro a setembro deste ano, 1.045 ocorrências envolvendo esse tipo de crime já foram registrados. Esses números representam um aumento de 15%, se comparado com o mesmo período do ano passado. 

Para a polícia, o aumento desse tipo de crime está ligado com grupos que fazem a recepção de bikes roubadas. “Se a sociedade não compra produtos roubados e furtados, não vão haver roubos e furtos com essa quantidade. Isso é uma experiência própria. Todas as vezes que nós capturamos alguém, 99% das vezes esses produtos não ficam com essas pessoas. Essas pessoas vendem. O que importa pra ela é o valor agregado”, explica Leandro Piquet, delegado. 


(*Segurança Publica ES)

 

Comentários do Facebook

Estadual

Projetos de Lei são criados após decisões de juíza sobre cobrança de tarifa de companhia de saneamento

Publicado

em


.

A magistrada deferiu dois pedidos liminares em ações ajuizadas por condomínios, que requereram a cobrança do serviço de fornecimento de água e esgoto segundo a aferição do consumo real indicado no hidrômetro e não no consumo mínimo do condomínio.

A juíza titular da 3ª Vara Cível de Vila Velha, Marília Pereira de Abreu Bastos, deferiu, liminarmente, dois pedidos de tutela de urgência formulados por condomínios da municipalidade, em ações sobre cobrança em tarifa de companhia de saneamento básico.

As partes demandantes pleitearam que a cobrança do serviço de fornecimento de água e esgoto fosse realizada seguindo a aferição do consumo real indicado no hidrômetro e não no consumo mínimo do condomínio.

Nas decisões proferidas, a magistrada determinou que a parte requerida se abstenha de proceder a aferição de consumo seguindo o importe mínimo, sob pena de multa diária.

Na fundamentação, a juíza explicou o entendimento firmado do Superior Tribunal de Justiça (STJ) sobre o assunto. “[…] o Superior Tribunal de Justiça, sob a sistemática dos Recursos Repetitivos, firmou o entendimento de não ser lícita a cobrança de tarifa de água no valor do consumo mínimo multiplicado pelo número de economias existentes no imóvel, quando houver único hidrômetro no local”.

Após as decisões da Justiça, dois deputados estaduais apresentaram, nessa segunda-feira, 06,  projetos de lei que visam proibir concessionárias de serviços públicos que atuam no Estado de cobrarem a tarifa mínima, sem que haja a real prestação do serviço.

Nas propostas, os parlamentares vetam a cobrança de tarifa baseada no consumo mínimo, multiplicado pelo número de unidades existentes no condomínio, quando houver único hidrômetro no local, ficando a companhia prestadora do serviço sujeita a multa em caso de descumprimento da norma.

Processos n° 0024064-09.2019.8.08.0035  / 0027470-38.2019.8.08.0035

Vitória, 07 de julho de 2020

 

Informações à Imprensa

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES
Texto: Isabella de Paula | [email protected]

Maira Ferreira
Assessora de Comunicação do TJES

[email protected]
www.tjes.jus.br

foto: Sugarman Joe/Unsplash

Fonte: TJES

Comentários do Facebook
Continue lendo
Nacional3 minutos atrás

Caixa deve prorrogar suspensão de prestações da casa própria por mais 2 meses

Medida vale para financiamentos com recursos do FGTS e da poupança; Famílias mais pobres do Minha Casa Minha Vida são...

Nacional27 minutos atrás

Dias Toffoli critica “ódio e intolerância” e deseja melhoras a Bolsonaro

Plenário da Câmara / FLICKR / Reprodução Toffoli enviou mensagem de apoio a Bolsonaro, que está com a Covid-19 Na...

Nacional27 minutos atrás

Sete traficantes são presos após mãe de usuário fazer denúncia

    Polícia Civill/Divulgação Foram apreendidos maconha, crack e cocaína, além de R$ 3,5 mil em dinheiro, celulares e um...

Nacional27 minutos atrás

Estado de saúde de avó de Michelle Bolsonaro é gravíssimo

Marcos Corrêa/PR Avó da primeira-dama foi encontrada desmaiada em rua da periferia do Sol Nascente, em Brasília A avó da...

Nacional27 minutos atrás

Colunista que torce por morte de Bolsonaro será investigado pela PF

Marcos Corrêa/PR Bolsonaro confirmou hoje (7) que está com a Covid-19 O atual ministro da Justiça e Segurança Pública, André...

Nacional49 minutos atrás

Com suspeita de Covid-19, homem é encontrado morto após fugir de hospital

Paciente estava na Ala Covid da unidade de saúde de Itabaiana (SE). A equipe médica o encontrou na rua com...

Nacional55 minutos atrás

“Mãe, tô sendo roubada”: vídeo mostra gritos de jovem raptada e morta

Jovem foi sequestrada e deixada morta dias depois perto da casa onde morava com a família Com apenas 25 anos...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!