conecte-se conosco


Nacional

Quase metade dos eleitores do Sudeste não votou nem em Bolsonaro, nem em Haddad

Publicado

em


No primeiro turno, Bolsonaro obteve mais de 53% dos votos dos eleitores do sudeste, Haddad teve 19%.
Agência Brasil/Tânia Regô e Marcelo Camargo

No primeiro turno, Bolsonaro obteve mais de 53% dos votos dos eleitores do sudeste, Haddad teve 19%.

No primeiro turno da eleição presidencial, 47% dos votos dos eleitores do Sudeste do País não foram nem em Jair Bolsonaro (PSL) e nem em Fernando Haddad (PT). São 17 milhões de eleitores que terão que escolher entre um dos dois na segunda etapa das eleições. Para ganhar, Haddad terá que avançar no Sudeste, onde o PT tem perdido apoio nos últimos segundos turnos. 

Leia também: Haddad precisa de virada inédita para vencer Bolsonaro no segundo turno; entenda

As informações foram publicadas na edição do jornal Folha de S.Paulo desta quarta-feira (10). Para ter pelo menos 50% e ganhar a eleição, Haddad precisará ganhar mais de 27 milhões de votos, considerando a hipótese de ele não perder nenhum eleitor do primeiro turno. No Nordeste, Sul e Centro-Oeste houve 19 milhões de votos dados aos outros candidatos na primeira etapa, ou seja, mesmo se Haddad conseguisse todos esses votos, não ganharia. Terá que focar nos eleitores do Sudeste.

Bolsonaro , para garantir a vitória, necessita de cerca de 10 milhões de votos no País todo. O PT, além do volume de votos a serem conquistados,  vai ter de lutar contra a perda de votos em segundos turnos. Em 2002, Lula recebeu 63% dos votos contra José Serra (PSDB). Já em 2014, a aprovação do PT caiu para 44% no Sudeste, quando Dilma enfrentou Aécio Neves (PSDB). 

Leia também: Bolsonaro ainda não pode ir a debate ou fazer campanha, dizem médicos

Só em São Paulo, existem 9,7 milhões de pessoas que apoiaram outros candidatos no primeiro turno. Em tese, Haddad tem o apoio da maioria dos eleitores de Ciro Gomes (PDT), mas ainda terá que conquistar os de Geraldo Alckmin (PSDB) e João Amoêdo (Novo). 

Leia mais:  'Eu vi o meu filho baleado. Ele ia morrer', diz pai de adolescente atingido por tiros

Haddad precisa dos eleitores do Sudeste para vencer


Haddad chegou ao segundo turno da eleição com mais de 31 milhões de votos; ele precisa agora dos eleitores do Sudeste
Ricardo Stuckert – 24.9.18

Haddad chegou ao segundo turno da eleição com mais de 31 milhões de votos; ele precisa agora dos eleitores do Sudeste

A vantagem é que Ciro obteve seu maior número de votos no Nordeste, onde Haddad tem menor rejeição. Ele também foi o mais votado no Ceará, onde foi governador, obtendo mais de 2 milhões de votos. O candidato do PTD anunciou que deve declarar apoio ao petista, mas de forma “crítica”. 

Marina Silva, candidata pela Rede, declarou neutralidade no segundo turno e disse que, independentemente do presidente eleito, o partido “será oposição firme e democrática”, acrescentando que ela, pessoalmente, não tem identificação com Haddad ou Bolsonaro.  Já Amoêdo negou apoio ao PT, mas disse que o diretório do Novo ainda vai decidir se declara ou não apoio a Bolsonaro. 

Leia também: Haddad diz estar aberto a incorporar propostas de Ciro Gomes ao seu governo

Guilherme Boulos (PSOL) declarou apoio a Haddad e o classificou como representante da democracia e capaz de derrotar o fascismo no segundo turno.  Na primeira etapa, no último domingo, Jair Bolsonaro obteve 53%  dos votos dos eleitores do Sudeste , enquanto Haddad conquistou apenas 19% dos eleitores da região.

Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Agressores de mulheres não poderão tirar carteira de advogado, diz OAB

Publicado

em

Caberá aos conselhos seccionais avaliarem cada caso e determinar se o candidato tem a idoneidade moral necessária para advogar

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Bacharéis de Direito com histórico de agressão contra mulheres podem ser impedidos de conseguir inscrição na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e exercer a advocacia.

É o que determina uma nova súmula aprovada pelo Conselho Federal da OAB nesta segunda-feira (18). A edição da norma era um pleito da Comissão Nacional da Mulher Advogada.

A nova súmula leva em conta a definição de violência contra a mulher prevista na Convenção Interamericana para Prevenir, Punir e Erradicar a Violência contra a Mulher, sancionada em 1994 pelo governo. Ou seja, inclui agressões físicas, sexuais e psicológicas.

Caberá aos conselhos seccionais avaliarem cada caso e determinar se o candidato tem a idoneidade moral necessária para advogar. Casos pendentes na Justiça poderão ser levados em conta na hora da avaliação.

Advogados já inscritos também poderão perder o registro caso tenham agredido uma mulher. Nesse caso, serão submetidos a um processo ético disciplinar na seccional responsável.

A nova orientação vem na esteira da agressão sofrida pela paisagista Elaine Caparroz, 55, em fevereiro. O autor do crime, Vinícius Batista Serra, 27, passou no exame da OAB poucos dias antes de espancá-la. A seccional carioca da entidade afirmou que a cassação do registro do homem estava em análise.

A súmula será publicada no Diário Oficial da OAB nesta semana, mas já pode ser levada em consideração pelos conselhos seccionais.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Heleno dá  autonomia para Abin decidir se informações são ultrassecretas
Continue lendo
Entretenimento1 hora atrás

Modelo brasileira Barbara Fialho vai se casar com filho de Bob Marley

A modelo mineira Barbara Fialho, dona de um corpo condizente com o nome e há sete anos consecutivos figura cativa...

Nacional1 hora atrás

Agressores de mulheres não poderão tirar carteira de advogado, diz OAB

Caberá aos conselhos seccionais avaliarem cada caso e determinar se o candidato tem a idoneidade moral necessária para advogar SÃO...

Educação2 horas atrás

Decreto de Bolsonaro corta 13,7 mil cargos em universidades públicas

Funções eliminadas eram concedidas a professores e coordenadores; entidades criticam corte BERNARDO CARAM – BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O decreto...

Nacional2 horas atrás

Acidente envolvendo quatro veículos deixa um morto e um ferido na BR 116

Acidente ocorreu na BR-116. Rodovia precisou ser parcialmente interditada, por conta da batida. Um grave acidente envolvendo dois carros e...

Direto de Brasília2 horas atrás

Governo chileno sugere que mulheres usem “vestido curto” em almoço com Bolsonaro

Reprodução/Twitter/Maite Orsini Pascal Deputada do partido de oposição se indigna com recomendação do governo chileno para que mulheres usem “vestido...

Política2 horas atrás

Kajuru chama Gilmar de “canalha” e o acusa de vender sentenças no STF

Agência Senado Senador Jorge Kajuru bateu de frente com o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal: ‘bandido e canalha’...

Educação2 horas atrás

Inep libera correção da redação do Enem 2018

shutterstock Tema da redação do Enem 2018 foi Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet Os...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana