conecte-se conosco



Meio Ambiente

Quase metade das mortes de animais no litoral de São Paulo tem relação com lixo

Publicado

em


Lixo em excesso causa grandes danos a vida marinha nas praias do litoral norte de São Paulo
Reprodução/ Instituto Argonauta

Lixo em excesso causa grandes danos a vida marinha nas praias do litoral norte de São Paulo

Dentre os 2.600 animais marinhos encontrados mortos pelo Instituto Argonauta, entre 2015 e 2018, 48% mostraram ter tido contato com o lixo jogado nas praias do litoral norte de São Paulo, segundo a coordenadora do Projeto de Monitoramento de Praia da Bacia de Santos (PMP-BS), Carla Beatriz Barbosa.

Leia também: Calor e poluição matam 55 toneladas de peixes na Lagoa Rodrigo de Freitas, no RJ

O resultado foi divulgado nesta semana pelo Instituto Argonauta em parceria com o Aquário de Ubatuba, por meio de dois boletins informativos de monitoramento do lixo
descartado nas praias de quatro cidades: Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela. 

O levantamento também divulgou que 942,7 kg de lixo foram retirados das praias avaliadas em 2018, sendo que 330,8 kg foram coletados só nas praias de Ubatuba. Além disso, dentre os 132 locais analisados, seis praias foram classificadas como “inaceitáveis” pelo instituto, devido a grande quantidade de resíduos encontrados.

Os resultados podem ser ainda mais assustadores se for considerado um tempo de análise maior. Nos últimos 30 meses, foram recolhidas 22 toneladas de resíduos nesses locais. Tais dados fornecem aos pesquisadores um “raio-x” sobre o movimento de descarte nas praias
do litoral norte.

Leia também: Diminuir poluição do ar pode salvar 1 milhão de vidas por ano, afirma OMS

A finalidade da operação é, não só de recolher o excesso de lixo nas praias, como também conscientizar a população a respeito dos impactos que o descarte excessivo pode ter para o meio ambiente, para os animais
, para a saúde da população e para a economia dessas cidades, que tem como base o turismo de praia.

“Apesar do aumento da preocupação e da veiculação de diversas notícias sobre o tema, na prática ainda observamos uma enorme quantidade de lixo indo parar nos rios, praias e mar da região, e o que é pior, afetando diretamente a fauna marinha”, afirmou Hugo Gallo, presidente do Instituto Argonauta.

Leia também: Presidente do Ibama pede exoneração após questionamentos em contratos

O oceanógrafo ainda destacou que os países europeus já preveem banir os materiais descartáveis até 2020 e que essa medida deveria ser considerada pelo Brasil quando o assunto é descarte de lixo
.

Comentários do Facebook

Meio Ambiente

Período de defeso do caranguejo-uçá começa no dia 10 de janeiro no ES

Publicado

em

Trata-se da fase de reprodução da espécie. Captura e comercialização ficam proibidas nestas épocas: são quatro períodos de ‘andada’ no ano.

O primeiro período de defeso da espécie Ucides cordatus, popularmente conhecido como caranguejo-uçá, começa no dia 10 de janeiro e vai até o dia 15 do mesmo mês no Espírito Santo. Com isso, está proibida a sua captura, a manutenção em cativeiro, o transporte, o beneficiamento, a industrialização, o armazenamento e a comercialização.

Também está proibida a comercialização das partes isoladas (quelas, pinças, garras ou desfiado), durante os dias de “andada”. De acordo com o calendário estabelecido pela Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seama), há quatro períodos de defeso e o encerramento se dá no mês de abril.

“Durante o período de defeso, a comercialização só está permitida para o caranguejo em estoque e devidamente autorizado. Entende-se por manutenção em cativeiro o confinamento artificial do caranguejo vivo em qualquer ambiente no Estado do Espírito Santo”, explica o agente de desenvolvimento ambiental e recursos hídricos, Anderson Ferrari.

A “andada” é o período reprodutivo em que os caranguejos machos e fêmeas saem de suas tocas e andam pelo manguezal para acasalamento e liberação de ovos.

A fiscalização se dá em cada município, mediante constatação técnica pelo órgão municipal responsável pela gestão ambiental. No município não produtor do caranguejo-uçá, deverá ser respeitado o calendário de andada na região de origem do produto, acompanhado de guia ou documento oficial para transporte e comercialização. Os infratores às regras estão sujeitos às penalidades e às sanções previstas na Lei Federal nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998.

Confira os períodos do defeso do caranguejo-uçá em 2020:

  • 1º Período: de 10/01/2020 a 15/01/2020;
  • 2º Período: de 09/02/2020 a 14/02/2020;
  • 3º Período: de 09/03/2020 a 14/03/2020;
  • 4º Período: de 07/04/2020 a 12/04/2020.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Nacional4 horas atrás

Brasil tem 904 mortes por Covid-19 e 27.075 novos casos

PM/Divulgação Brasil tem 904 mortes por Covid-19 em 24 horas segundo o Ministério da Saúde Os dados divulgados pelo Ministério da...

Nacional6 horas atrás

Sem dados oficiais, levantamento aponta 965 mortes por Covid-19 em 24h

Segundo levantamento do G1 junto às secretarias estaduais de saúde, o número de casos confirmados de coronavírus (Covid-19) nas últimas...

São Mateus6 horas atrás

COVID | São Mateus registra mais uma morte e chega a quase 300 casos, segundo Governo do ES

  A Secretaria Estadual de Saúde (SESA), atualizou o painel coronavírus na tarde deste sábado (06) e confirmou mais 01...

Saúde6 horas atrás

Rio registra 64.533 casos confirmados e 6.639 mortes por covid-19

. O estado do Rio de Janeiro registrou 64.533 casos confirmados e 6.639 mortes por covid-19. São mais 1.467 casos...

Nacional6 horas atrás

Governo Bolsonaro retira dados acumulados do site da Covid-19

reprodução Governo Bolsonaro está mudando protocolo de divulgação sobre a pandemia de coronavírus no Brasil O Ministério da Saúde retirou...

Esportes7 horas atrás

Ferj não marca retorno para a volta do futebol no Rio

. A autorização do governo estadual já estava dada, mas faltava a Federação de Futebol do Estado do Rio de...

Saúde7 horas atrás

Hospital em Brasília dá atenção especial a mães na hora do parto

. Equipes médicas que atuam no combate ao novo coronavírus (covid-19) têm dado atenção especial às grávidas com suspeitas de...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!