conecte-se conosco



Projeto de estudantes de Ecoporanga é finalista da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia

Publicado

em

O projeto de ensino “Calcular + Cozinhar = a arte de reaproveitar”, desenvolvido na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) José Teixeira Fialho, de Ecoporanga, é finalista da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia Criatividade e Inovação (Febrace). O projeto será apresentado na cerimônia de premiação, nos dias 17 a 19 de março, na Universidade de São Paulo.

“Calcular + Cozinhar = a arte de reaproveitar” também recebeu o credenciamento para participar da Feira Internacional Copa Tecnociências Paraguay 2020, que será realizada entre os dias 30 de março a 02 de abril.

O projeto foi realizado pelas estudantes Micheli Galter Dal Col e Gisele de Oliveira Paixão e pelas professoras Renata Gomes de Souza e Ivani Vieira Damaceno, com apoio do diretor Jailson Mauricio Pinto.

“Essas participações têm melhorado os índices da escola nas avaliações externas. Esse trabalho valoriza o protagonismo juvenil, porque quem tem as ideias e desenvolve os projetos são os estudantes. São eles que excutam. Os professores são orientadores dos projetos de ensino. E todas essas ações trouxe vida para a nossa escola”, declarou o diretor.

Jailson Mauricio Pinto ainda disse que o resultado positivo veio de uma escola que atende a distritos de Ecoporanga, destacando a importância do alcance da Educação Pública. “A escola atende cerca de 200 estudantes e se localiza no distrito de Imburana, atendendo aos distritos de Cotaxé, Muritiba, Imburana e assentamentos. Por isso, digo que devemos acreditar na educação pública”, falou.

O material já foi apresentado em diversas feiras e obteve as seguintes premiações:

Feira de Ciências Norte Capixaba (Fecinc)

3º Colocado geral da Feira;

1º Colocado na área de Ciências Biológicas;

Destaque da Cidade de Ecoporanga-ES;

Credenciamento para a Feira XIII Mostra CLAK.

Feira Mateense de Ciências e Engenharia (Femace)

1º Colocado entre os projetos da área de Ciências da Saúde;

Destaque entre os projetos oriundos da cidade de Ecoporanga-ES;

Destaque Mulheres Cientistas entre os projetos finalistas do evento;

1º Colocado geral entre os projetos finalistas do evento;

Credenciamento para a Feira Brasileira de Ciências e Engenharia – (Febrace) 2020.

Mostra Científica do Colégio Luterano Arthur Konrath (Mostra Clak)

3º Colocado na área de Ciências Biológicas;

Credenciamento para participar da 7ª Feira Brasileira de Colégios de aplicação e Escolas Técnicas (Febrat).

O Projeto

Estudantes e professores observaram a quantidade de cascas, sementes e talos que eram desperdiçados diariamente. Começaram a pensar em como fazer algo para mudar esse cenário no cotidiano. Visando reaproveitar os restos de alimentos que se tornariam lixo, desenvolveu-se um projeto em que os estudantes que, orientados pelos professores das disciplinas de Ciências da Natureza e Matemática, pesquisaram receitas, tanto na internet quanto entre familiares e a comunidade, voltadas para uma alimentação saudável, o reaproveitamento e valor nutricional dos alimentos e reeducação alimentar. Como produto final, foi produzido um livro de receitas com foco na utilização de partes dos alimentos que geralmente são jogados fora.

Confira os demais projetos finalistas da Febrace AQUI.

Texto: Soraia Camata

Informação às escolas:

Sugestões de notícias devem ser enviadas para o e-mail [email protected]

Informações à imprensa:

Assessoria de Comunicação da Sedu

Mirela Marcarini / Geiza Ardiçon

(27) 3636-7705 / 7706/ 7707/ 7888 / 99956-2479 / 99802-9043

[email protected] / [email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários do Facebook

Empates fecham primeira rodada da Série C

Publicado

em


.

Dois jogos realizados na noite de segunda-feira (10) encerraram a primeira rodada da série C do Campeonato Brasileiro. No estádio Dilzon Melo, em Varginha (Minas Gerais), o Boa Esporte empatou em 2 a 2 com o Volta Redonda (Rio de Janeiro). Na outra partida, no estádio do Café, o Londrina (Paraná) também ficou na igualdade, mas sem gols, com o Criciúma (Santa Catarina), graças ao goleiro Danton, do Tubarão, que defendeu um pênalti a favor dos catarinenses.

Os confrontos foram válidos pelo grupo B da competição, que reúne dez equipes das regiões Sul e Sudeste do país. Por enquanto esta chave é liderada por Ituano (São Paulo), Brusque (Santa Catarina) e São José, que estrearam com vitória no torneio. Destaque para o triunfo da equipe do interior paulista, que derrotou, por 3 a 0, o Tombense, que decide o título mineiro com o Atlético-MG.

No grupo A ficam outros dez times do Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Ferroviário (Ceará) e Remo largaram na frente ao vencerem Botafogo-PB e Jacuipense (Bahia). O Ferrão ganhou dentro de casa por 2 a 0 na Arena Castelão, em Fortaleza. Já o Leão Azul surpreendeu fora dos domínios paraenses, batendo os baianos por 2 a 1, de virada, na Arena Valfredão.

A rodada de abertura ficou a dever apenas um duelo. Em virtude do novo coronavírus (covid-19), o jogo entre Treze (Paraíba) e Imperatriz (Maranhão) não pôde acontecer no último domingo (9) no Estádio Amigão, em Campina Grande. De acordo com a CBF, 12 dos 19 jogadores inscritos pela equipe maranhense na competição testaram positivo.

A competição vai até janeiro de 2021, e nesta edição tem um novo formato. Os quatro melhores colocados de cada grupo se classificam para dois quadrangulares. De um lado, o primeiro e o terceiro do grupo A com o segundo e o quarto do grupo B. Do outro, o primeiro e o terceiro do Grupo B com o segundo e quarto do Grupo A. Na sequência, os clubes se enfrentam dentro das chaves. Os dois melhores de cada lado conquistam o acesso à Série B e os vencedores de cada chave se classificam às finais.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!