conecte-se conosco



São Mateus

Professor suspeito de matar cachorro em São Mateus continua dando aulas

Publicado

em

O homem teria cometido o crime no dia 22 de agosto do ano passado. Ele foi indiciado pela Polícia Civil por maus-tratos e dano e responde pelos crimes judicialmente

O professor universitário Wellington Gonçalves, acusado de matar um cachorro a tiros em São Mateus, município da região Norte do Estado, segue dando aulas normalmente na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). O homem teria cometido o crime no dia 22 de agosto do ano passado, tendo sido indiciado pela Polícia Civil por maus-tratos e dano. Crimes pelos quais responde judicialmente.

Conteúdo relacionado:

Professor suspeito de matar cachorro é indiciado
“Não há dúvidas de que ele foi o autor do disparo”, diz deputada sobre suspeito de matar cachorro
Professor se contradiz na CPI sobre morte de cachorro em São Mateus

Em nota, a Ufes informou que pelo fato de a ação ter sido realizada fora da Universidade, não haveria qualquer relação com as atribuições do cargo ocupado pelo servidor, nem com a instituição. “Segundo a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progep), não há registros de afastamento relacionados ao professor Wellington Gonçalves”, divulgou.

De acordo com andamento processual disponível no site do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), a denúncia contra o professor foi recebida pela juíza Adriana Costa de Oliveira, à frente da 3ª Vara Criminal de Vila Velha, no último dia 17 de outubro, e o mandado de citação do réu foi recebido ainda nesta terça-feira (7), sendo que deverá então haver defesa do professor nos próximos dias.


(*G1)

 

Comentários do Facebook

São Mateus

Jovem é baleado no Balneário de Guriri

Publicado

em

Três elementos, possivelmente traficantes de drogas da Grande Vitória, em um automóvel, tentaram matar a tiros no final da tarde de ontem um jovem identificado pelas iniciais L.N.V., de 24 anos. O atentado aconteceu próximo a barbearia Jerryn do Corte, lado norte, em frente ao Supermercado Casagrande, na Avenida Othovarino Duarte Santos, centro de Guriri. Um dos disparos atingiu o abdômen da vítima.

O proprietário da barbearia contou aos policiais que os criminosos estavam em um veículo Hyundai de cor marrom no qual fugiram, e um deles é frequentador do seu estabelecimento. Foram feitos três disparos contra o jovem que mesmo ferido foi até a 1ª Companhia da PM pedir socorro, sendo conduzido para o Hospital Roberto Silvares.

O próprio pai do jovem contou aos policiais que suspeita de o atentado estar relacionado ao fato de o filho já ter se envolvido com o tráfico de drogas na Grande Vitória, sugerindo que pode ser resultado de acerto de contas.

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!