conecte-se conosco



Nacional

Professor é filmado dizendo que Bolsonaro é “pior que ditadura” e acaba demitido

Publicado

em


Jair Bolsonaro
Alan Santos/PR

Bolsonaro foi criticado duramente por um professor, que acabou sendo demitido

Um professor de geografia da escola Poliedro, uma das mais tradicionais de São José dos Campos, no interior de São Paulo, acabou sendo demitido nesta quinta-feira (18) após ser filmado por um dos alunos criticando o presidente Jair Bolsonaro durante uma aula. No vídeo, é possível ver o educador dizendo que o governo do capitão é “pior que uma ditadura”.

Leia também: Invasão de terra deve ser tipificada como terrorismo, opina Bolsonaro

O educador foi filmado por um aluno enquanto criticava Bolsonaro
. Durante o discurso, o professor critica o processo democrático. “Já parou pra pensar que esse imbecil que ganhou porque foi a maioria que votou? Então foi democrático, certo? Mas sabe o que é pior? É quando a maioria que ganhar quer que a outra parte se ferre. Se a maioria ganha e quer ajudar o resto, é uma coisa, mas quando a maioria ganha e quer que o preto se ferre, o pobre se ferre, o gay se ferre e a mulher se ferre, aí é pior que uma ditadura comum”, disse o educador, que também acusou o presidente de “pilantrear” nas redes sociais.

Ele também criticou o discurso da primeira-dama, Michelle Bolsonaro
, feito em libras: “Lembra que a mulher dele foi lá, linda fazer discurso pra surdo? O que ele fez no dia seguinte? Ele excluiu a pasta que cuida dos direitos de todos os surdos”, acusou o educador, que ainda disse que os pais dos alunos “devem ter achado bonito” o ato da mulher de Bolsonaro.

Durante o vídeo, que tem pouco mais de um minuto e meio, alguns alunos tentam entrar na conversa, mas acabam sendo interrompidos pelo próprio professor

Assista ao vídeo que causou a demissão do docente:

Após viralizar nas redes sociais, o vídeo chegou até pais de alunos, que reclamaram da atitude do professor. Nesta quinta-feira, a escola anunciou o desligamente do educador do seu quadro. 

“As orientações incluem usar uma linguagem adequada ao ambiente acadêmico e também indicações explícitas sobre o não posicionamento político-partidário ou ideológico que possam provocar qualquer compreensão equivocada sobre aquilo que é conteúdo programático da disciplina e aquilo que é opinião do professor”, disse o Poliedro, por meio de nota oficial.

“Reiteramos que a escola é um espaço para a pluralidade de ideias e para o diálogo, que favoreça o desenvolvimento intelectual e ajude o aluno a formar suas próprias convicções com respeito a visões divergentes”, completou a instituição. 

Leia, na íntegra, a nota do colégio

“As diretrizes do Colégio são amplamente esclarecidas no processo de contratação de professores e também durante as reuniões pedagógicas. A instituição zela pelo ambiente de aprendizagem e estabelece regras para professores e alunos. As orientações incluem usar uma linguagem adequada ao ambiente acadêmico e também indicações explícitas sobre o não posicionamento político-partidário ou ideológico que possam provocar qualquer compreensão equivocada sobre aquilo que é conteúdo programático da disciplina e aquilo que é opinião do professor.

Em virtude dos pontos mencionados, o docente foi desligado da instituição. Independentemente do posicionamento pessoal do professor, o que buscamos foi nos manter dentro dos princípios e valores da instituição.

Reiteramos que a escola é um espaço para a pluralidade de ideias e para o diálogo, que favoreça o desenvolvimento intelectual e ajude o aluno a formar suas próprias convicções com respeito a visões divergentes.

A Direção destaca que não é permitido, sem autorização do professor, que os alunos usem aparelhos eletrônicos para gravar ou filmar as aulas e tampouco aprova qualquer atitude que possa coibir a atividade docente em suas diferentes dimensões.

O Poliedro reitera sua seriedade e comprometimento com a educação dos alunos e a formação de bons cidadãos.”

Comentários do Facebook

Nacional

Aumento de leitos causa mudança brusca em taxa de internações por Covid-19 em SP

Publicado

em


source
uti
governo de São Paulo/reprodução

Capital paulista registra alívio na taxa de ocupação de UTI’s

Uma grande diferença na taxa de ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva ( UTI’s ) na cidade de São Paulo chamou atenção nesta sexta-feira (29). Em menos de 24 horas, o registro – principal indicador sobre o avanço da pandemia – diminuiu de 92% para 79,7% na capital.

Leia mais: Covid-19: Rio de Janeiro planeja reabrir comércio no próximo dia 8

Em entrevista à CNN Brasil, o prefeito Bruno Covas explicou que a mudança deve-se à aquisição de 380 novos respiradores, que significam novos leitos de UTI, além de uma alteração natural causada pela taxa de cura no município. “Desde o dia 4 de maior que a gente não baixava dos 80% [de ocupação], então nossa avaliação é muito positiva”, explicou Covas.

O alívio na pressão sobre o sistema de saúde está diretamente relacionado à  proposta de reabertura do comércio no estado, que deve ocorrer gradualmente a partir do dia 1º de junho, com restrições.

Apesar disso, O prefeito de São Paulo explicou que a  cidade pode voltar para um “estágio anterior” da flexibilização da quarentena se os números de contágio e de mortes causadas pelo Covid-19 subirem. “O que várias cidades do mundo inteiro enfrentaram, que era ter de escolher quem era tratado e quem não era tratado, nós não passamos por isso em São Paulo. Inclusive o próprio plano prevê que se os números aumentarem, a cidade volta para um estágio anterior”, disse em entrevista à CNN.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Saúde4 horas atrás

Rio quer que iniciativa privada administre hospitais de campanha

. O governo Rio de Janeiro anunciou hoje (29) a intenção de passar para um consórcio privado a administração dos...

Estadual5 horas atrás

3ª Vara Criminal de Cachoeiro de Itapemirim realiza audiências por videoconferência

. Em cumprimento à legislação, e seguindo as medidas de distanciamento social recomendadas pelos órgãos de saúde, a audiência foi...

Estadual5 horas atrás

Psicólogos e assistentes sociais acompanham convivência em processos de adoção

. Hoje no ES, 126 crianças e adolescentes estão em processo de adoção, convivendo com seus pretendentes e sendo acompanhados...

Estadual5 horas atrás

COVID-19 | Presidente do TJES prorroga regime plantão extraordinário até 14 de junho

  . O Ato Normativo que estende o período de regime diferenciado de trabalho no âmbito do Poder Judiciário foi...

Saúde5 horas atrás

Ministério da Saúde prorroga campanha de vacinação contra gripe

. O Ministério da Saúde anunciou hoje (29) a prorrogação da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe até o dia 30 de...

Nacional5 horas atrás

Aumento de leitos causa mudança brusca em taxa de internações por Covid-19 em SP

governo de São Paulo/reprodução Capital paulista registra alívio na taxa de ocupação de UTI’s Uma grande diferença na taxa de...

Esportes6 horas atrás

Força mental pode ser ponto forte do judô brasileiro na Olimpíada

. No comando da seleção brasileira masculina de judô desde 2018, a sensei Yuko Fujii, nascida na cidade de Toyoake (Japão),...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!