conecte-se conosco



Esportes

Primeiro grupo de atletismo da Missão Europa retorna ao Brasil

Publicado

em


.

O primeiro grupo de atletismo da Missão Europa, programa do Comitê Olímpico do Brasil (COB) que promoveu treinos no Velho Continente, retornou ao Brasil, e a avaliação dos participantes foi muito positiva.

Na turma que embarcou para Portugal em 18 de agosto, estavam os velocistas Derick Souza, Aldemir Gomes Junior, Jorge Henrique Vides, Paulo André de Oliveira e Rodrigo Nascimento. Enquanto entre as mulheres estiveram no Centro de Treinamento de Rio Maior (Portugal), Andressa Moreira Fidelis, Franciela Krasuck, Lorraine Martins e Rosangela Santos.

O revezamento 4 x 100 metros masculino está qualificado para os Jogos de Tóquio, assim como Paulo André nos 100 metros e Aldemir Gomes nos 200 metros. O revezamento 4 x 100 metros feminino tem boas chances de qualificação no Campeonato Mundial de Revezamentos de maio de 2021. “Além dos treinos, fizemos avaliações dos atletas com o pessoal do laboratório olímpico do COB e atividades de habilidades gerais com bastões. O grupo estava bem heterogêneo, pois alguns treinavam de forma improvisada em seus estados”, declarou o técnico da seleção brasileira de revezamento 4 x100 metros, Felipe de Siqueira. Esta equipe foi campeã mundial em Yokohama (Japão), e quarta colocada no Mundial de Doha (Catar), em 2019.

Para Rodrigo Nascimento, o período foi muito proveitoso: “Conseguimos treinar e matar a saudade do grupo. Temos uma equipe forte, que tem tudo para brigar pelo pódio olímpico e foi ótimo recomeçar o trabalho, depois de tantos problemas causados pela pandemia”, diz o catarinense de Itajaí, de 25 anos.

A técnica Vânia Maria Valentino da Silva, que orienta Ademir Gomes Junior (Pinheiros), tricampeão brasileiro dos 200 metros, concorda com Rodrigo: “Foi um alívio treinar em Portugal por um mês. Demos um tempo no estresse causado pelas prevenções à covid, à dengue, ao sarampo. Saímos do Brasil com um planejamento de trabalho, que foi bem-sucedido”, declarou.

Mesmo sem Vitória Rosa (Pinheiros), que ficou treinando no Brasil com Katsuhico Nakaya, as atletas também fizeram preparação individual e em grupo, orientadas por Carlos Alberto Cavalheiro, treinador responsável pelo atletismo no COB e coordenador geral do período de treinamento.

“O camping foi ótimo, conseguimos fazer tudo o que foi proposto”, comentou a carioca Lorraine Martins (Pinheiros), de apenas 20 anos e que integrou, em 2019, a equipe campeã nos Jogos Pan-Americanos de Lima e a quarta colocada no Mundial de Revezamentos de Yokohama (Japão). “Pudemos voltar para a pista, com toda a estrutura necessária”, declarou.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários do Facebook

Esportes

Fórmula 1: Verstappen e Stroll batem em treino para GP de Portugal

Publicado

em


Max Verstappen e Lance Stroll colidiram durante um segundo treino tumultuado para o primeiro Grande Prêmio de Fórmula 1 de Portugal em 24 anos. Na atividade realizada nesta sexta-feira (23), Valtteri Bottas ditou o ritmo da campeã Mercedes.

A tarde foi interrompida por duas bandeiras vermelhas, a primeira quando Pierre Gasly, da AlphaTauri, parou com o carro em chamas, e depois quando a Red Bull de Verstappen e a Racing Point de Stroll se chocaram.

Verstappen xingou bastante no rádio da equipe depois do impacto quando ele tentava seguir o traçado interno, chegando a insinuar que Stroll é cego.

“Fiquei muito surpreso que ele tenha virado para dentro enquanto eu me aproximava dele. Não sei para onde eu teria que ir”, disse o holandês, que se recusou a se desculpar por seu palavreado. “Foi muito desnecessário”.

O chefe da Racing Point, Otmar Szafnauer, discordou: “Posso garantir 100% que Max sabia que Lance estava lá (…). Mas Lance não sabia que Max estava lá. É muito simples para mim”.

Mesmo assim, Verstappen encerrou o dia como segundo mais veloz, atrás de Bottas. Lewis Hamilton, heptacampeão de F1 da Mercedes, cravou o segundo melhor tempo da manhã e o oitavo depois do almoço.

Lando Norris, da McLaren, ficou em terceiro à tarde, à frente de Charles Leclerc, da Ferrari.

Bottas foi o mais rápido nas atividades da manhã e da tarde, mantendo o hábito de liderar nas sextas-feiras, com um melhor tempo geral de 1min17s940 no circuito de Algarve.

Pela oitava corrida seguida, incluindo a de Nuerburgring, onde os treinos só começaram no sábado por causa do tempo ruim, o nome de Bottas liderou os cronômetros.

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!