conecte-se conosco


Direto de Brasília

Preso na Lava Jato, Mario Liebman recebeu R$ 13 milhões em shopping no Rio

Publicado

em

mario liebman
Reprodução/ TV Globo
Mario Liebman foi preso na manhã desta terça-feira

Apontado como operador do ‘doleiro dos doleiros’ Dario Messer,  Mario Liebman, preso na operação desta terça-feira (09) em seu apartamento, em Ipanema,   recebeu do esquema criminoso R$ 13 milhões no Shopping Cassino Atlântico, em Copacabana.

O dinheiro, segundo denúncia do Ministério Público Federal (MPF), foi entregue de forma fracionada a Liebman , que é pai do ex-genro de Messer, agora também delatado pela filha do doleiro , Denise Messer, que fechou delação premiada.

O nome de Liebman apareceu pela primeira vez nas investigações da Lava-Jato na denúncia da operação “Câmbio, Desligo”, deflagrada em maio do ano passado e que mandou prender, em cinco estados brasileiros, no Uruguai e no Paraguai 45 doleiros que fizeram circular US$ 1,652 bilhão em uma rede de doleiros criado por Messer .

Conta Cagarras

Os doleiros Claudio Barboza, o “Tony”, e Vinicius Claret, o “Juca Bala”, entregaram o esquema em delação premiada fechada com o MPF . Em seu depoimento, Tony afirmou que Dario Messer chegou a ser cliente do seu próprio esquema de lavagem de dinheiro.

De acordo com o MPF, Tony e Juca explicaram detalhes sobre o comando de Messer em relação ao esquema e como ele interagia com seus clientes mais importantes, chegando a autorizar que se aportassem créditos a partir de uma conta denominada “Cagarras”  para viabilizar as compensações para entrega de reais no Brasil para clientes como a Odebrecht.

“A conta Cagaras foi sendo zerada com o passar do tempo, em razão de gastos particulares de Dario Messer “, afirmou Tony em sua delação.

Ele conta que comprou US$ 10 milhões da conta e que desse dinheiro mandou entregar para Liebman os R$ 13 milhões na “sala 243, do 2º andar”, do Shopping Atlântico Sul, de forma fracionada e discriminado no extrato bancário.

Leia mais:  Guaidó vai encontrar funcionários públicos: “primeiros passos para democracia”

Leia também:  Brasil tem segunda maior taxa de homicídios da América do Sul, segundo ONU

De acordo com os delatores,  esses valores se somariam as vultosas despesas em que não houve emissão de nota fiscal, pois Messer  exigia que elas fossem efetuadas em nome de terceiros para “ocultação da sua origem ilícita”.

O MPF demonstra o envolvimento de Liebman na denúncia a partir de uma troca de mensagens entre Messer e uma assistente chamada Carolina Sérvulo, datada de 19/12/2013, em que é determinado que Liebman indique em nome de quem determinada nota deveria ser emitida, mas “não no meu nome”, teria dito Messer.

Dinheiro na mão

dinheiro
Reprodução/Twitter
Dinheiro no esquema de Liebman e Messer era entregue no Brasil e no Paraguai

Outra delação apontou o nome de Liebman no esquema . O operador Luiz Fernando de Souza afirmou que era responsável por liquidar as operações determinadas por Tony e Juca Bala, cujos valores eram destinados a Messer. Ele detalhou como eram feitas as entregas de dinheiro em espécie ao chefe do esquema tanto no Brasil quanto no Paraguai:

“A liquidação das ordens da conta Cagarras era sempre de entrega de recursos, nunca de recolhimento. E era feita de duas formas: entrega de recursos para Mario Liebman e diretamente para Dario Messer”.

Leia também:  Responsável por alugar guindaste do furto de casa d’água depõe no Rio

De acordo com Souza, para liquidar as ordens determinadas por Dario, ele mandava entregar reais para Liebman na loja do shopping em Copacabana. Ele afirma ter entregue pessoalmente dinheiro para Liebman.

Fonte: IG Política
Comentários do Facebook
publicidade

Direto de Brasília

Bebê nasce com “três cabeças” e pai tenta enterrá-lo vivo

Publicado

em

NewsLion TV / Reprodução arrow-options
NewsLionTV / Reprodução
Pai do bebê que nasceu com três cabeças tentou enterrá-lo vivo por medo de não ter como pagar contas médicas

Em um caso raro de encefalocele, deficiência no tubo neural que causa má-formação em crianças, um bebê do estado de Uttar Pradesh, na Índia , nasceu com três cabeças e má formação no corpo. 

“Essa é uma condição rara e o corpo dela não vai se desenvolver bem por causa disso. Vamos fazer uma ressonância magnética e depois uma cirurgia para separar as cabeças”, afirmou em entrevista ao canal de TV indiano NewsLion o médico Rajesh Thakur. 

Leia também: Bebê morre engasgada após engolir bola de gude no interior de São Paulo

Segundo o canal de TV, o pai da criança ficou com medo de não ter condições de pagar o tratamento e tentou enterrar a menina viva, mas ela foi resgatada por policiais. A cirurgia foi realizada no hospital Sapthagiri, no estado de Bangalore, e a criança foi posteriormente adotada por um tio. 

Os riscos de que ela tenha sequelas de desenvolvimento e deficiências mentais, porém, é alto

Fonte: IG Política
Comentários do Facebook
Leia mais:  Guaidó vai encontrar funcionários públicos: “primeiros passos para democracia”
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Direto de Brasília1 minuto atrás

Bebê nasce com “três cabeças” e pai tenta enterrá-lo vivo

arrow-options NewsLionTV / Reprodução Pai do bebê que nasceu com três cabeças tentou enterrá-lo vivo por medo de não ter...

Direto de Brasília1 minuto atrás

Policial Militar grávida é baleada em tentativa de assalto

arrow-options ARQUIVO PESSOAL / REPRODUÇÃO Policial Ketlen Lima, de 23 anos, reagiu a assalto na cidade de Ananindeua Uma policial...

Economia58 minutos atrás

Governos liberais no Brasil e na Argentina facilitaram acordo Mercosul-UE

arrow-options Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Lucas Ferraz, secretário de Comércio Exterior, falou sobre o acordo entre Mercosul e União Europeia...

Saúde59 minutos atrás

Sente coceira na cabeça? Saiba quais são as possíveis causas e soluções

Poucas coisas na vida podem ser tão irritantes quanto uma coceira na cabeça – principalmente quando ela não parece ter...

Nacional59 minutos atrás

50 anos de viagem à Lua: Comemorações e conspirações

arrow-options Nasa Foto do astronauta norte-americano Buzz Aldrin caminhando na Lua. Há exatos 50 anos, no dia 20 de julho...

Nacional59 minutos atrás

Depois dos 50 anos do homem na Lua, surgem novos projetos de vários países

arrow-options Reprodução/Nasa Agência Espacial Americana (NASA) estimou o preço de um novo pouso na Lua entre R$ 80 bilhões e...

Nacional59 minutos atrás

Trump pode mediar tensões econômicas entre Japão e Coreia do Sul

arrow-options Isac Nóbrega/PR Trump afirmou que foi convidado pelo presidente sul-coreano, Moon Jae-in, para mediar questão O presidente dos EUA,...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana