conecte-se conosco



Estadual

Presidente do TJES agradece aos integrantes do Judiciário pelo apoio recebido durante o biênio 2018/2019

Publicado

em

O agradecimento foi feito durante confraternização de fim de ano e culto ecumênico realizado na tarde desta sexta-feira (06), no Salão Pleno do Tribunal de Justiça.

O presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), desembargador Sérgio Luiz Teixeira Gama, agradeceu a servidores e magistrados pela dedicação e empenho recebido durante sua gestão, que se encerra na próxima quinta-feira, dia 12/12. O agradecimento foi feito durante confraternização de fim de ano e culto ecumênico realizado na tarde desta sexta-feira (06), no Salão Pleno do Tribunal de Justiça.

“Eu posso dizer, do fundo do meu coração, que eu tenho um orgulho muito grande dos servidores do meu Tribunal, que estiveram ao meu lado esses dois anos me auxiliando, nos momentos difíceis, mas que não se curvaram e cumpriram com muita competência as suas atribuições funcionais, levem a minha gratidão, o meu abraço e o meu reconhecimento. Faço um pedido a vocês, que destinem ao desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa e à nova diretoria o mesmo carinho, a mesma disposição e a mesma boa vontade que tiveram comigo”, disse o desembargador Sérgio Gama.

Em nome de todos os integrantes do Poder Judiciário, a servidora Jacira Teixeira, que há mais de 10 anos organiza a confraternização no Tribunal de Justiça, com a participação e a colaboração de todos, e o funcionário terceirizado Edenilton Rocha, receberam uma placa em homenagem aos serviços prestados ao Poder Judiciário do Espírito Santo. Os agraciados falaram da alegria em receber a homenagem e da felicidade em conviver com os colegas.

O evento também contou com a presença do pastor Doronésio Pedro, da 1ª Igreja Batista de Vitória, que propôs uma reflexão sobre o que deixar em 2019, como ressentimentos e lembranças que machucam, e o que levar para 2020, como o sentimento de gratidão, de valorização do outro e de disposição para sonhar.

O padre José Pedro Luchi, da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Bairro de Fátima, que também participou do culto ecumênico, lembrou que o Natal nos faz realmente rever o que passou, e olhar para os novos desafios, com a certeza da presença de Deus para fortalecer nossos corações.

A mesa de honra do evento foi composta pelo presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, desembargador Sérgio Luiz Teixeira Gama, pelo presidente eleito do TJES para o próximo biênio, desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa, pela desembargadora Elisabeth Lordes, pelo pastor Doronésio Pedro e pelo padre José Pedro Luchi.

Vitória, 06 de dezembro de 2019

 

 

Informações à Imprensa

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES
Texto: Elza Silva | [email protected]

Andréa Resende
Assessora de Comunicação do TJES

[email protected]
www.tjes.jus.br

Fonte: TJES

Comentários do Facebook

Estadual

Médica é presa suspeita de agredir vizinhos e desacatar policiais em Vila Velha

Publicado

em

Briga aconteceu em um condomínio na Praia da Costa. O boletim da Polícia Militar diz que a confusão foi motivada por uma ‘brincadeira de mau gosto’ entre os envolvidos.

Uma médica de 32 anos foi presa, na noite desta sexta-feira (31), em Vila Velha, no Espírito Santo, suspeita de agredir um casal de vizinhos e desacatar policiais militares que atenderam a ocorrência. Após passar por audiência de custódia, ela teve liberdade provisória concedida, na tarde deste sábado (1º), sem o pagamento de fiança.

A briga aconteceu em um condomínio na Praia da Costa. O boletim da Polícia Militar diz que a confusão foi motivada por uma “brincadeira de mau gosto” envolvendo a médica, identificada como Patrícia Zocolotti Rocha, e a vizinha, de 50 anos. Além da mulher, o marido dela, de 72 anos, também foi agredido por Patrícia.

A ocorrência diz, ainda, que o casal denunciou a vizinha por agressão e a administração do condomínio acionou a polícia. De acordo com os militares, a médica desacatou os policiais ao ser abordada e acabou conduzida para a delegacia.

Uma médica de 32 anos foi presa, na noite desta sexta-feira (31), em Vila Velha, no Espírito Santo, suspeita de agredir um casal de vizinhos e desacatar policiais militares que atenderam a ocorrência. Após passar por audiência de custódia, ela teve liberdade provisória concedida, na tarde deste sábado (1º), sem o pagamento de fiança.

A briga aconteceu em um condomínio na Praia da Costa. O boletim da Polícia Militar diz que a confusão foi motivada por uma “brincadeira de mau gosto” envolvendo a médica, identificada como Patrícia Zocolotti Rocha, e a vizinha, de 50 anos. Além da mulher, o marido dela, de 72 anos, também foi agredido por Patrícia.

A ocorrência diz, ainda, que o casal denunciou a vizinha por agressão e a administração do condomínio acionou a polícia. De acordo com os militares, a médica desacatou os policiais ao ser abordada e acabou conduzida para a delegacia.


(*G1)

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!