conecte-se conosco



Internacional

Premiê britânico deixa UTI, mas segue em observação no hospital

Publicado

em

.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, deixou a unidade de terapia intensiva do hospital onde está internado em Londres, à medida que se recupera da covid-19, informou o gabinete do premiê.

Johnson, de 55 anos, deu entrada no Hospital St Thomas na noite de domingo (5) com febre e tosse persistentes, sendo transferido na segunda-feira para a UTI, onde passou três noites. Ele continua em observação no hospital.

“O primeiro-ministro foi transferido dos cuidados intensivos de volta para o quarto, onde receberá monitoramento rigoroso durante a fase inicial de sua recuperação”, disse um porta-voz do governo em comunicado enviado por e-mail. “Ele está de extremo bom humor.”

Johnson foi o primeiro líder mundial a ser hospitalizado com covid-19, o que o forçou a passar o comando do país, que tem a quinta maior economia do mundo, ao ministro das Relações Exteriores, Dominic Raab, exatamente no momento em que o Reino Unido se aproxima do pico da doença.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, publicou no Twitter que a melhora no estado de saúde de Johnson é uma “ótima notícia”.

A saída do premiê britânico da UTI desencadeou leve recuperação no valor da libra esterlina frente ao dólar.

No entanto, o comunicado do governo não forneceu detalhes sobre quando Johnson poderá retomar a liderança do país. Dominic Raab  ressaltou a importância de que o primeiro-ministro foque agora em sua recuperação.

*Agência de notícias britânica

 

Comentários do Facebook

Internacional

Médicos dos EUA pedem dados de remdesivir para orientar tratamento

Publicado

em


.

Médicos dos Estados Unidos (EUA) e outros membros da comunidade científica estão pedindo a publicação dos dados que convenceram os reguladores da área da saúde do país a autorizar o uso emergencial do medicamento antiviral remdesivir, da Gilead Sciences, para tratar a covid-19, para assim direcionar os recursos limitados às pessoas certas.

O diretor executivo da Vanda Pharmaceuticals, Mihael Polymeropoulos, publicou na quarta-feira (20) carta aberta pedindo o download completo das conclusões dos testes que levaram à autorização emergencial do uso, concedida pela Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês).

“E se o medicamento for mais indicado para pessoas no início do ciclo infeccioso? Se estivermos administrando a pessoas com doença grave – seja por compaixão natural – podemos estar desperdiçando o remédio”, disse o CEO à Reuters.

Ele disse que a Vanda, que está desenvolvendo um medicamento anti-inflamatório para a covid-19, busca utilizar seu expertise.

O uso emergencial do remdesivir, aprovado pela FDA no dia 1º de maio, é baseado em resultados preliminares de um teste clínico do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos EUA (Niaid), que mostrou que o medicamento reduziu o número de diárias hospitalares em 31%, ou cerca de quatro dias, comparado com um placebo. 

Nenhum outro detalhe do teste, feito com 1.063 pacientes, foi publicado. O instituto disse, por email, que um relatório sobre os testes seria publicado em algumas semanas. A Gilead não informou quando.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Nacional5 minutos atrás

Calor e tempo limpo nesta sexta em São Paulo

Fernanda Carvalho/Fotos Públicas São Paulo tem tempo limpo e seco Tempo limpo e calor durante todo o dia marcam a previsão...

Mulher10 minutos atrás

Horóscopo do dia: previsão para o dia 22 de maio de 2020

Marcelo Dalla O horóscopo do dia apresenta a previsão para o seu signo e ascendente ÁRIES  Hoje é dia de...

Internacional35 minutos atrás

Médicos dos EUA pedem dados de remdesivir para orientar tratamento

. Médicos dos Estados Unidos (EUA) e outros membros da comunidade científica estão pedindo a publicação dos dados que convenceram...

Saúde7 horas atrás

Covid-19 atinge 62% dos municípios brasileiros; 24% registram mortes

. Em entrevista diária do Ministério da Saúde, nesta quinta-feira (21), o diretor do Departamento de Análise em Saúde e...

Saúde7 horas atrás

Covid-19: pesquisa com profissionais de saúde mostra 11% infectados

. Levantamento aponta que entre 6.131 profissionais de saúde do Rio de Janeiro testados para covid-19, 11% tiveram resultado positivo....

Internacional8 horas atrás

Covid-19: Itália pode ter quase 19 mil mortes acima do registrado

Reprodução Os italianos desfrutam de restrições mais flexíveis após um dos mais longos e rigorosos bloqueios da Europa A Itália pode...

Mulher8 horas atrás

Ex-funcionária acusa Alex Atala de assédio sexual; advogado do chef nega

Divulgação “A gerência e a esposa dele sabem”, diz mulher que acusa chef Alex Atala de assédio sexual Sob o...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!