conecte-se conosco



Nacional

Prefeitura de São Paulo se prepara para prevenir colapso do sistema funerário

Publicado

em

source
Covas cemitérios arrow-options
undefined

Serviço funerário da capital paulista ampliou frota e contratou mais funcionários.

Segundo a John Hopkins University , que está monitorando os casos de contágio pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) ao redor do globo, o Equador registrou 3.163 casos e 120 mortes causadas pela Covid-19. Apesar dos números serem inferiores aos do Brasil e de outras nações atingidas pela pandemia, a quantidade de mortos foi capaz de colapsar o sistema funerário do país.

Leia também: Datafolha: aprovação do Ministério da Saúde é o dobro da de Bolsonaro

Na cidade de Guayaquil, epicentro da doença no país, faltam caixões e o sistema funerário não está conseguindo atender à alta demanda. Isso fez com que corpos de vítimas da Covid-19 tomassem as ruas da cidade. Moradores da região estão relatando que chegam a ficar com os corpos de familiares mortos pela doença por três dias enquanto esperam o serviço funerário chegar.

Para evitar um colapso semelhante ao vivido pelo Equador, a Prefeitura de São Paulo afirmou que está trabalhando para ampliar a capacidade de atendimento do serviço funerário na capital. 

Uma das medidas, que já estava em andamento antes do início da pandemia de Covid-19 , é a instalação de mil novas gavetas em cemitérios e a compra de oito mil urnas funerárias.

Além disso, o Serviço Funerário Municipal (SFMSP) ampliou em 55% a frota do serviço funerário. Dos 56 automóveis que estão disponíveis, 10 deles serão exclusivos para mortes confirmadas ou suspeitas causadas pelo novo coronavírus.

Segundo dados do SFMSP, são realizados 250 sepultamentos por dia na capital. Esse número tende a aumentar em determinadas situações, como o inverno, e deverá crescer nas próximas semanas em função da pandemia. 

Leia também: Doria expressa solidariedade a Mandetta: “Sua resistência ajuda a salvar vidas”

Manejo dos corpos e Velórios

Para atender ao aumento da demanda, o serviço funerário também contratou 220 novos funcionários. Visando evitar que coveiros, sepultadores e demais funcionários do serviço funerário sejam infectados com o novo coronavírus, a prefeitura afirmou que seus colaboradores terão acesso à equipamentos de proteção individual – como máscaras, luvas e roupas adequadas – e álcool em gel. As medidas atendem à  cartilha elaborada pelo Ministério da Saúde sobre como lidar com os corpos de vítimas do Covid-19.

Testes de coronavírus arrow-options
Divulgação/Ministério da Saúde

O governo de São Paulo ainda aguarda o resultado de milhares de testes.

A cartilha também dá orientações aos familiares e impõe limites às cerimônias de velório. Além de recomendar que pessoas pertencentes aos grupos de risco não sejam levadas para as cerimônias, o documento impõe um limite de 10 pessoas e que a duração da homenagem seja de no máximo uma hora. Outra determinação do Ministério da Saúde é de que devem ser disponibilizados água, sabão e álcool em gel 70% para a higienização das mãos.

Leia também: Governo de SP importa 1,3 milhão de testes de Covid-19 da Coreia

Covid-19 no Brasil

Desde a confirmação do primeiro infectado, o Brasil registrou, até o momento, 7.910 casos e 299 mortes causadas pela Covid-19. O estado de São Paulo concentra aproximadamente 44% dos casos do país (3.506 infecções) e é a unidade federativa com mais mortos: 214.

Além dos casos já confirmados em todo o estado, duzentos corpos ainda aguardam a confirmação da causa da morte. Além disso, mais de 15 mil exames ainda aguardam o resultado, o que pode levar a uma explosão no número de casos, podendo sobrecarregar o sistema de saúde e o sistema funerário.

Comentários do Facebook

Nacional

Ato contra morte de Miguel ocorre nesta sexta; veja vídeo de menino no elevador

Publicado

em


source
menino em elevador
Câmeras de Segurança/Reprodução

Imagens mostram primeira-dama de Tamandaré apertando botão do elevador

Movimentos sociais planejam para a tarde desta sexta-feira (6) um ato em protesto contra a morte do menino Miguel Otávio Santana da Silva, de cinco anos, que caiu de um edifício de luxo no bairro de São José, no Recife.

O protesto, alavancado nas redes sociais pela hashtag #JustiçaparaMiguel , terá concentração no Tribunal de Justiça de Pernambuco e seguirá até a frente das “torres gêmeas”, como é popularmente chamado o conjunto de edifícios de onde o menino caiu na última terça-feira (3).

Velas, flores e balões pretos são alguns dos objetos requisitados para os participantes do ato. O uso da máscara no local é obrigatório.

Leia também: “Amava os filhos dela. Ela deixou o meu ir para a morte”, diz mãe de Miguel

Imagens das câmeras de segurança do edifício registraram o momento no qual Sarí Cortes Real, patroa de Mirtes Renata Souza, mãe do menino, deixa a criança ficar sozinha no elevador do prédio. Ela chega a apertar o botão de um andar mais alto e solta a porta. A porta abre pela primeira vez, mas ele não sai. Quando abre a segunda vez, o menino sai e vai para a sacada da qual caiu ao tentar escalar. Veja vídeo:

Sarí chegou a ser presa por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, mas foi liberada para responder julgamento em liberdade após pagamento de R$ 20 mil. Ela é primeira-dama da cidade de Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco.

Leia também: Caso Miguel: polícia diz que patroa foi negligente ao se descuidar do garoto

Nesta quinta-feira (4), investigações mostraram que Mirtes, empregada da casa e mãe de Miguel, consta como funcionária da prefeitura de Sérgio Hacker (PSB), marido de Sarí . Ela receberia um salário de R$ 1,4 mil, reduzido para um salário mínimo no início da pandemia de novo coronavírus.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Policial15 minutos atrás

2º Batalhão divulga balanço das operações de fiscalização realizadas durante  a pandemia do Covid-19 em municípios de São Gabriel da Palha e Vila Valério 

.   A Polícia Militar, por meio da 3ª Cia/2º BPM, organização militar responsável pelo policiamento nas cidades de São...

Entretenimento25 minutos atrás

Tiago Abravanel posa com o marido durante isolamento: “Eu nunca escondi”

O cantor Tiago Abravanel está junto com o marido  Fernando Poli  há cinco anos, mas faz pouco tempo que ele passou...

Policial30 minutos atrás

9º Batalhão mantém resultados positivos no mês de maio  

. O 9º Batalhão divulga nesta sexta-feira (05), os resultados operacionais alcançados no mês de maio em toda área da...

Política35 minutos atrás

Atraso em boletins dos dados da Covid-19 foi ordem de Bolsonaro, afirma jornal

Marcos Corrêa/PR Ordem para atrasar divulgação partiu do presidente Desde a última quarta-feira (3), quem acompanha as divulgações do Ministério...

Política35 minutos atrás

Lei publicada fortalece agricultura familiar

. Começa a valer a partir desta sexta-feira (5) a Lei 11.137, que cria o Programa Estadual de Alimentação Social...

Policial40 minutos atrás

Homem é detido após cometer assalto em Jardim Camburi

. Na madrugada desta sexta-feira (05), militares da 12ª Cia Ind prendem homem por assalto em Jardim Camburi, Vitória. Durante patrulhamento, a...

Saúde50 minutos atrás

Prefeitura de SP diz que deputados visitaram hospital sem autorização

. Após tomar conhecimento da visita de cinco deputados estaduais de São Paulo ao hospital de campanha do Complexo do...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!