conecte-se conosco


Nacional

Prefeito de Belford Roxo é afastado do cargo por conta de esquema de corrupção

Publicado

em

O prefeito de Belford Roxo Wagner dos Santos Carneiro%2C o Waguinho (MDB)
Divulgação
O prefeito de Belford Roxo Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho (MDB), foi afastado do cargo

O prefeito de Belford Roxo Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho (MDB), foi afastado do cargo, na manhã desta terça-feira. Ele, outros servidores municipais e o deputado estadual Márcio Canella (MDB), ex-prefeito de Belford Roxo, são alvos de uma operação do Ministério Público estadual (MPRJ) contra um esquema de desvio de recursos públicos.

Leia também: Na semana do Dia do Trabalho, senadores ‘matam’ o serviço

O grupo de 25 pessoas teria desviado cerca de R$ 14 milhões do cofres município da Baixada Fluminense. Além do prefeito Waguinho e do deputado Marcio Canella, também foram denunciados Paulo Sérgio Corrêa Luna, secretário municipal de Conservação; Bruno de Oliveira Paes Leme Pires, ex-secretário municipal de Obras e empresários.

Na Operação Metano , como foi batizada, além da decisão judicial de afastamento de Waguinho , os agentes pretendem cumprir 25 mandados de busca e apreensão em repartições públicas e nas casas dos denunciados. Eles pretendem apreender dinheiro, documentos, computadores, papéis, telefones celulares e outros objetos que comprovem o crime.

 Todos eles vão responder pelos crimes de organização criminosa, concussão, fraude a licitações, dispensa ilegal de licitações e peculato. De acordo com as investigações, inicialmente, foram apuradas irregularidades na contratação de empresas para a prestação dos serviços de coleta e transporte de lixo urbano, bem como de sua destinação final em aterro sanitário.

A investigação teve desdobramentos que evidenciaram irregularidades em outros campos de atuação administrativa, como o da pavimentação de vias públicas e de locação de imóveis pelo executivo local.

Leia também: Bolsonaro convoca reunião de emergência para tratar de Venezuela

“Foram produzidos sólidos elementos de prova que apontam, por cruzamento de dados, vínculos subjetivos entre todos os agentes denunciados, públicos e privados – em especial, por meio de pessoas jurídicas contratadas -, além de análise pericial de superfaturamento nos contratos, oitiva de diversas testemunhas, diligências policiais de campo, comparativo de gastos públicos orçamentários, relatórios de inteligência financeira, etc., todos convergentes quanto à evidência de crimes gravíssimos perpetrados contra a Administração Pública por obra dos ora denunciados, responsáveis por desfalques milionários no erário municipal”, diz a denúncia.

Leia mais:  Cerca de 10% das pessoas têm experiências de quase morte, segundo estudo

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Homem mata mulher após briga por causa de barulho de sanfona

Publicado

em

O caso ocorreu em Lavras, no sul de Minas Gerais. A vítima foi morta a facadas e golpes de madeira na cabeça

Polícia Civil de Minas Gerais investiga mais um feminicídio. Desta vez, ocorrido em Lavras, no sul do estado. A vítima é uma mulher de 52 anos, morta pelo próprio marido dentro da residência onde o casal vivia. Irene Aparecida Borges (foto em destaque) foi assassinada a golpes de pedaços de madeira e facas.

O crime aconteceu por volta de 20h30 desse domingo (13/07). O acusado, de 64 anos, foi preso em flagrante. Ele disse, em depoimento, que atirou um banco contra a cabeça de Irene durante uma briga. Afirmou que a confusão começou no momento em que passou a tocar sanfona em casa. A mulher teria se sentido incomodada porque queria assistir TV, segundo informações do Extra.

Ele contou ainda aos policiais que, após ficar irritada com o barulho, Irene teria pegado uma faca e, em determinado momento, “para se defender”, atirou o banco de madeira contra ela, em “legítima defesa”. Ele, segundo a polícia mineira, reconheceu a desproporcionalidade de seu golpe, quando confessou o crime.

Após matar Irene, segundo consta o boletim de ocorrência, o homem, que não teve a identidade divulgada, saiu de casa e contou o que fez para um vizinho. A Polícia Militar foi, então, acionada por volta das 20h30. Quando os PMs chegaram ao local, encontraram o autor e, no interior da residência, o corpo da mulher caído ao chão.

A filha da vítima disse que a mãe já havia sido agredida pelo marido, mas não chegou a registrar ocorrência. O homem não tinha passagens pela polícia. Estava desempregado e, segundo os investigadores, tinha ciúmes pelo fato de Irene trabalhar em uma universidade da cidade.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Banco erra e coloca R$ 2 milhões na conta de comerciante no Espírito Santo
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Nacional29 minutos atrás

Homem mata mulher após briga por causa de barulho de sanfona

O caso ocorreu em Lavras, no sul de Minas Gerais. A vítima foi morta a facadas e golpes de madeira...

Nacional36 minutos atrás

Influencer morre ao cair do 9° andar um dia após se casar sozinha

Reprodução A influenciadora digital e youtuber Alinne Araújo, 24 anos, morreu nesta segunda-feira (15) ao cair do nono andar do...

Variedades46 minutos atrás

Propaganda de açougue com foto de mulher causa polêmica em Portugal

Uma propaganda viralizou e causou indignação nos portugueses Nesta segunda-feira (15), uma foto de uma propaganda em um açougue de...

Polícia Federal49 minutos atrás

Operação Especialista combate grupo criminoso agia contra agências bancárias e estabelecimentos

Natal/RN – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (16/7) a Operação Especialista, para desarticular grupo criminoso que praticou crimes de...

Polícia Federal49 minutos atrás

PF combate o tráfico internacional de opioide

Florianópolis/SC – A Polícia Federal, em cooperação com a agência norte americana de combate a drogas (DEA), deflagrou nesta terça-feira...

São Mateus53 minutos atrás

Carro é flagrado a 187 km/h na BR-101 em São Mateus

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o excesso de velocidade é a 2ª maior causa de morte nas...

Economia2 horas atrás

Vale assina acordo para indenizar famílias de funcionários mortos em Brumadinho

arrow-options Agência O Globo Acordo garantirá R$ 700 mil para cada família que perdeu um ente na tragédia em Brumadinho...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana