conecte-se conosco


Mulher

Porque meu filho adolescente fica trancado no quarto? Psicanalista explica

Publicado

em

Hoje vou escrever sobre crianças um pouco maiores, tenho sido muito questionada sobre o motivo de os adolescentes estarem sempre fechados no quarto, quais os motivos que fazem com que eles prefiram estar sozinhos em seus quartos, seus cantos, do que em outros lugares da casa, no convívio com a família.

adolescente
Pixabay
Adolescente recluso pode ser problema

Primeiramente vamos definir quando acontece a adolescência. Não existe uma data exata, mas devemos considerar a partir dos 11 ou 12 anos e até perto dos 20. Nesse período esta incluída a pré-adolescência e o inicio da vida adulta.

A adolescência, não dura para sempre, ainda bem, mas é um longo período de alterações hormonais, e de identidade, quando o jovem tem que desligar-se do seu eu infantil e descobrir quem ele realmente é, ou quem quer ser.

Porque é tão bom ficar no seu canto sozinho?

Quando o adolescente se tranca no quarto ele esta construindo essa nova identidade. No seu espaço ele pode expressar-se com toda a liberdade, ele usufrui de sua necessidade de intimidade, ele redescobre o seu corpo com todas as modificações, nessa fase ele tem o seu despertar sexual, ele tem mais sono, ele sente necessidade de privacidade.

Mas o que diferencia um isolamento normal, de um que parece ser um problema? Quando o adolescente adora se isolar, mas continua executando todas as tarefas normalmente, não devem haver grandes preocupações, ele frequenta a escola, faz as lições e trabalhos solicitados, tem amigos, tem vida social, divide seu tempo entre estudar, fazer tarefas, se divertir, namorar, viajar e passar pelo menos um pouquinho desse tempo com a família, ele é um adolescente modelo.

Os pais devem passar a se preocupar quando o adolescente além de se isolar da família também se isola dos demais, fica apático, dorme muito mais que o necessário, e apresenta disfunções claras com relação à sociedade. Nesses casos os pais devem agir e procurar ajuda clínica.

Procure lembrar como era você na adolescência, as coisas que gostava e não gostava de fazer, o que te deixava a vontade e o que te constrangia, fazendo isso, talvez você consiga entender um pouco mais o seu filho.

Alguns pais reclamam que os filhos, hora são meigos, carinhosos, doces, frágeis e desamparados, e em outros momentos se transformam em agressivos, contestadores, rebeldes, e mal humorados. É que é muito difícil entendê-los dessa maneira, porém para o adolescente também é muito difícil entender a si próprio, e o “porque” de terem sentimentos tão contraditórios. Devemos nos lembrar que nessa fase não são crianças e não são adultos, estão construindo a si mesmo e estão testando todos os caminhos.

Aos pais resta entender e criar maneiras de comunicar-se com os filhos . Fique atento e reconheça os momentos em que ele baixa a guarda, seja no final de semana comendo uma pizza, seja no carro na carona para a escola, ou qualquer outro momento que você perceba que a comunicação é mais fácil. Aproveite esses momentos, fale sobre os problemas dele, fale sobre os seus problemas, coisas importantes coisas triviais, comunique-se.

Estabeleça limites e regras que sejam boas para os dois lados, se for importante para você, estabeleça refeições com a família, uso do celular, do computador, horários para chegar em casa depois da balada. As regras que te satisfaçam, mas faça isso levando em conta as suas necessidades e as dele, mostre a ele que você se importa, que o respeita como um ser humano.

Não ha problema em deixar claro para o seu filho que sua casa não é um hotel, onde ele entra e sai e não precisa interagir com ninguém, mas faça isso com amor, respeito e bom senso. Respeite o seu filho e ele ira respeitar você.

Comentários do Facebook
Leia mais:  43% de pais comparam sair de casa com filhos pequenos a operação militar
publicidade

Mulher

Mulher viaja mais de 800 km para perder virgindade com casal

Publicado

em

source

Gabrielle Reese tinha 18 anos quando viajou mais de 800 km para perder a virgindade em um ménage com Jacob Boswell, 42 anos, e Megan Muihead, 27, que são um casal há 11 anos.

Leia também: “Tenho um marido, um noivo e dois namorados”, diz adepta ao poliamor

homem e duas mulheres arrow-options
Reprodução/Daily Star

Gabrielle Resse tinha 18 anos quando perdeu a virgindade com Jacob Boswell, 42 anos, e Megan Muihead, 27

Segundo informações do “Daily Star” , Gabrielle conheceu Jacob em um site de sugar daddy e após três meses de conversa, comprou uma passagem de avião para conhecê-los e, então, ter a sua primeira relação sexual.   

“Perdi minha virgindade naquele final de semana. Não era um plano, mas estávamos todos interessados e abertos à ideia. Foi tudo emocionante e novo. Nos conectamos muito rápido, havia muita química e estávamos todos envolvidos naquela primeira noite”, fala a jovem que é bissexual e adora homens mais velhos.

Ela ainda comenta que como é bissexual , ter a primeira vez com os dois ao mesmo tempo foi bom para experimentar todos os aspectos da sua sexualidade. “As meninas são macias, delicadas e estimulantes. Enquanto os homens são mais dominadores”, diz.

“Eu sabia que queria fazer isso. Não acho que poderia ter tido uma experiência melhor para a primeira vez. Foi tão íntimo e perfeito”, continua.

Leia também: Para viajar e ajudar a mãe, modelo leiloa a virgindade por quase R$ 10 milhões

Relacionamento a três

homem e três mulheres arrow-options
Reprodução/Daily Mail

Atualmente os três estão em um relacionamento poliamoroso

Gabrielle conta que quando voltou para casa após a viagem, se viu constantemente lembrando-se dos momentos e mandando mensagens o tempo todo para o casal. Ela ficou cada vez mais interessada em se juntar a eles romanticamente.

Leia mais:  Casal é detido por dar golpe do cartão clonado em hotéis de Vitória

Após um tempo, a jovem resolveu encarar o poliamor e hoje os três estão juntos há três anos. Ela relata que embora esteja feliz, não é fácil lidar com o ciúme. “Não é um sentimento que quero ter, por isso é algo que trabalhamos”.

Leia também: Tatuadora vive poliamor e prova que é possível reatar com ex-namorado

“Mas temos uma vida sexual saudável juntos. Em alguns meses fazemos sexo cinco vezes por semana, outro mês uma vez por semana e por aí vai”, fala. Ela diz estar tão feliz sexualmente que pretende passar o resto da vida ao lado de Jacob e Megan. “Não me importo com mais ninguém”.

Jacob reconhece algumas dificuldades do relacionamento a três, mas exalta os lados positivos. “Ser poliamor é um desafio emocional incrível. É mais difícil, mas é incrivelmente gratificante quando dá certo”, comenta.

Fonte: IG Mulher

Comentários do Facebook
Continue lendo
Política1 minuto atrás

Deputado pede explicações sobre suposto uso de livro de Ustra no Itamaraty

arrow-options Marcos Corrêa/PR Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo O deputado Marcelo Calero (Cidadania-RJ) entrou com um requerimento na Câmara...

Economia1 minuto atrás

Petrobras reajusta gasolina ao maior valor desde maio; diesel também sobe

arrow-options Divulgação Petrobras reajustou gasolina ao maior valor desde maio A Petrobras reajustou nesta terça-feira (19), no Rio de Janeiro, o preço...

Economia1 minuto atrás

BC propõe renegociar dívidas de quem fizer curso de educação financeira

arrow-options Marcelo Camargo/Agência Brasil Roberto Campos Neto prepara programa de renegociação de dívidas de quem fizer curso de educação financeira...

Economia1 minuto atrás

Operação desarticula quadrilha e MC é preso por dar calote em compra de cachorro

arrow-options Polícia Civil A Polícia Civil cumpriu diversos mandados na Operação Magneto Na manhã desta terça-feira (19), a Polícia Civil...

Carros e Motos47 minutos atrás

Veja 5 scooteres inéditos que estão no Salão Duas Rodas 2019

arrow-options Guilherme Menezes/iG Salão Duas Rodas 2019 conta com várias opções de scooteres para todos os gostos e bolsos O...

Estadual47 minutos atrás

Hospital Estadual de Urgência e Emergência promove ação no Dia Mundial do Diabetes

O Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória, unidade hospitalar gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social...

Estadual47 minutos atrás

Maratona de programação movimenta o Epicentro nesta quarta (20)

O Hub de Inovação, Epicentro, localizado no Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), no Centro de Vitória, é um...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana