conecte-se conosco



Policial

Policiais civis apreendem adolescentes suspeitos do latrocínio do vendedor de polpa em Guaçuí

Publicado

em


.

Em menos de 24 horas, a equipe da Delegacia de Polícia (DP) de Guaçuí identificou e apreendeu, na manhã desta quarta-feira (23), dois adolescentes, sendo um de 17 e outro de 16 anos, suspeitos de um latrocínio contra um vendedor de polpa de frutas de 52 anos. O crime ocorreu nessa terça-feira (22), no centro da cidade. As apreensões aconteceram no bairro São Miguel, em Guaçuí.

O titular da DP de Guaçuí, delegado Marcos Nery, explicou que o trabalho policial foi iniciado logo após o crime. “Imagens do circuito de segurança da região auxiliaram na identificação desses envolvidos. Realizamos algumas diligências e localizamos a residência onde eles estavam escondidos. A casa era vigiada por um cachorro da raça pit bull e, ao chegarmos no local montamos um cerco no imóvel, conseguimos entrar e apreendemos os dois adolescentes”, afirmou.

O delegado explicou ainda que, os detidos confessaram a participação no crime. “Eles contaram que pretendiam praticar um roubo e como a vítima reagiu, eles efetuaram disparos de arma de fogo. Ainda de acordo com os adolescentes, eles jogaram a arma utilizada no crime em um rio que fica logo atrás da casa onde estavam escondidos. Com eles apreendemos uma pedra de crack e uma bucha de maconha”, informou Nery.

Após serem ouvidos na Delegacia, os adolescentes foram autuados, em flagrante, por ato infracional análogo ao crime de latrocínio e posse de entorpecentes, e foram encaminhados a Unidade de Internação Provisória Sul (Unip Sul) em Cachoeiro de Itapemirim.

Texto: Fernanda Pontes

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna – (27) 3137-9024

Agente de Polícia Fernanda Pontes

[email protected]

 

Atendimento à Imprensa

Olga Samara/ Camila Ferreira

(27) 3636-1536/ (27) 99846-1111/ (27) 3636-9928 / (27) 99297-8693

[email protected]

Comentários do Facebook

Policial

Polícia fecha cerco contra traficantes em Pedro Canário

Publicado

em

 

Na noite dessa quinta-feira (22), policiais civis e militares, sob a coordenação da Superintendência Regional Norte da Polícia Civil e o Comando de Polícia Ostensiva do Norte, fizeram patrulhamento em bairros do município de Pedro Canário, com o objetivo de realizar levantamentos e cumprir mandados expedidos pelo judiciário. Não houve detidos. Tais ações são planejadas pela Polícia Civil com objetivo de aumentar a sensação de segurança para a população.

Segundo o delegado superintendente da Regional Norte da Polícia Civil, Ícaro Ruginski, essa foi mais uma ação para combater a criminalidade na Região norte do Estado. “Estamos fazendo essas operações constantemente com objetivo de inibir a atuação desses bandidos. Não vamos parar com as operações enquanto não conseguirmos identificar cada pessoa envolvida com crime violento e organizado”, afirmou.

O superintendente agradeceu a integração entre os policiais de diferentes municípios. “Dentro do programa Estado Presente em Defesa da Vida sempre buscamos apoiar uns aos outros e no norte não é diferente. Seguiremos trabalhando”, concluiu.

A Polícia Civil destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima, por meio do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas.

 

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!