Connect with us

Polícia Federal

Polícia Federal deflagra operação de combate a fraudes a Sistema Oficial de controle de produto florestais – SISDOF

Published

on

Porto Velho/RO – A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (28/6), a Operação Paper Wood, que visa desarticular organização criminosa dedicada a fraudar o Sistema Oficial de Controle de Produtos Florestais (SISDOF), com o propósito de permitir a comercialização de madeira ilegal com aparência de lícita.

Durante a operação foram cumpridos mandados de busca e apreensão em madeireira situada em Porto Velho/RO e também em desfavor de pessoas físicas responsáveis por operacionalizar esquema de geração fictícia de créditos de produto florestal no SISDOF.

A operação contou com 20 policiais federais e também com agentes do IBAMA, que realizaram fiscalizações administrativas no pátio da empresa alvo para verificar a compatibilidade do saldo de madeira constante do pátio com o respectivo registro no SISDOF. Ao todo foram cumpridos 5 mandados de busca e apreensão, todos expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal de Porto Velho/RO.

Foi determinado também o sequestro e bloqueio de bens dos investigados em mais de R$ 2.5 milhões, valor estimado por peritos federais como representativo do dano causado.

A investigação se iniciou a partir de Informação Técnica do Ibama dando conta de que empresas madeireiras de fachadas estavam operacionalizando o SISDOF e gerando créditos de produto florestal para calçar madeira ilegal.

As diligências investigativas levaram à conclusão de que as diversas madeireiras que transacionavam no SISDOF não existiam fisicamente. Além disso, descobriu-se que essas empresas eram constituídas em nome de laranjas para evitar a identificação dos criminosos.

Com métodos especiais de investigação, a Polícia Federal conseguiu identificar o líder da organização criminosa e principal idealizador do audacioso esquema de fraude ao SISDOF. Esse esquema criminoso permitiu a comercialização no mercado nacional e internacional de diversas essências de madeiras extraídas ilegalmente de áreas protegidas.

Os investigados poderão responder pelos crimes de organização criminosa, lavagem de capitais, falsidade ideológica, receptação e transporte ilegal de produto florestal, cujas penas máximas somadas chegam a 28 anos.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia

 | www.pf.gov.br

Fonte: Polícia Federal

Comente Abaixo
Esportes35 minutos ago

Chapecoense perde pênalti, empata com o Novorizontino e segue ameaçada pelo Z4

A Chapecoense segue em situação complicada na Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira, a equipe catarinense recebeu...

Esportes36 minutos ago

São Paulo ganha do Ceará nos pênaltis e vai à semifinal da Sul-Americana

O São Paulo eliminou o Ceará nos pênaltis, na noite desta quarta-feira (10.08), e avançou à semifinal da Copa Sul-Americana. ...

Estadual2 horas ago

2ª Vara Cível, Família e de Órfãos e Sucessões de Aracruz realiza mutirão

Ação terminou na última sexta-feira (05/08) com 79,3% de acordos. A 2ª Vara Cível, de Família e de Órfãos e...

Estadual2 horas ago

Corregedor visita novas instalações do Cartório de Itapemirim que foi alvo de incêndio criminoso

Os documentos destruídos pelo fogo estão sendo recuperados gradualmente. O corregedor-geral da Justiça, desembargador Carlos Simões Fonseca, visitou as novas...

Estadual2 horas ago

Emes promove o Curso remoto Justiça Digital: Google Workspace e Pje, com turmas entre 17 de agosto e 27 de outubro

Curso terá transmissão ao vivo em plataforma eletrônica de acesso gratuito, para integrantes do Poder Judiciário do Estado do Espírito...

Estadual2 horas ago

Justiça condena proprietário de terras a indenizar mulher que teria colidido em animal solto na estrada

A mulher teria sofrido lesões o que a impossibilitou de realizar atividades por quatro meses. Uma mulher ingressou com uma...

Nacional2 horas ago

Morte de Marcelo Arruda: policial penal usará tornozeleira eletrônica

Reprodução – 11/07/2022 José da Rocha Guaranho, atirador bolsonarista O policial penal federal Jorge José da Rocha Guaranho , de...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana