conecte-se conosco


Polícia Federal

Polícia Federal busca joias de mulher de Cabral em endereços no Rio

Publicado

em

RIO DE JANEIRO (RJ) – A Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão deste  sexta-feira em dois endereços no Rio de Janeiro de pessoas próximas à ex-primeira-dama do Estado Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador Sérgio Cabral, em busca de joias que teriam sido compradas pelo casal com recursos ilegais.
Os agentes estiveram na casa da irmã de Adriana Ancelmo, no bairro de Ipanema, na zona sul da cidade, e também na residência da governanta da família no bairro do Jardim Botânico, outra área nobre da cidade, em busca de joias supostamente escondidas, de acordo com uma fonte da PF.
Cabral, que está preso desde o ano passado, e a mulher, que cumpre prisão domiciliar, são suspeitos de lavar dinheiro arrecadado em um grande esquema de propina e corrupção montado pelo ex-governador na época em que comandou o Estado do Rio de Janeiro comprando bens como jóias e obras de arte.
Nesta semana, o ex-governador virou réu em um processo em que é investigado por comprar joias em uma famosa joalheira usando dinheiro de propina. O MPF estima que somente em uma joalheira a família Cabral lavou ao menos 4,5 milhões de reais. De acordo com o MPF, só uma das joias teria custado 1,8 milhão de reais, e os valores investigados poderiam chegar a 11 milhões de reais.
O MPF estima que 189 joias podem ter sido compradas com recursos oriundos de propina, mas até agora apenas 40 joias foram apreendidas pelas autoridades.
Cabral já foi condenado em Curitiba pelo juiz Sérgio Moro a 14 anos e 2 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por desvios em contratos do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Além da condenação, o ex-governador é réu em diversos processos na Justiça.

Leia mais:  PF prende mulher tentando embarcar com drogas para a Espanha

Comentários do Facebook
publicidade

Polícia Federal

PF deflagra 2ª fase da Operação Pacificação

Publicado

em

Cabedelo/PB – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (13/9) a Operação PACIFICAÇÃO II, para dar continuidade à investigação referente aos roubos das agências dos Correios das cidades de Serra da Raiz/PB, em 6/6/2018, e Dona Inês/PB, em 28/6/2018.

A operação contou com a participação de 10 policiais federais, sendo realizado o cumprimento de três mandados de busca e apreensão em residências na cidade de Belém/PB. A ordem foi expedida pelo Juiz Federal da Vara de Guarabira/PB, após deliberação por parte do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, na cidade de Recife/PE.

A Polícia Federal já havia cumprido mandado de prisão preventiva contra um dos indiciados, em 28/6/2019, dentro da mesma investigação, sendo essa fase chamada Operação PACIFICAÇÃO. Outro indiciado, entretanto, continuava foragido, sendo que um dos objetivos da PF na data de hoje foi o de localizá-lo.

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários do Facebook
Leia mais:  Operação Érebo combate atuação de facção criminosa que atuava em presídios
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Carros e Motos10 minutos atrás

Fiat aumenta preços de quase toda linha Argo

arrow-options Divulgação Fiat Argo mais em conta agora parte de R$ 49.950, preço que teve reajuste de R$ 600 em...

Economia11 minutos atrás

Puxão de orelha? Alcolumbre cobra atuação maior do governo na reforma tributária

arrow-options Marcos Corrêa/PR Davi Alcolumbre (dir.) defende que a proposta de reforma tributária seja elaborada por comissão com Senado, Câmara...

Economia1 hora atrás

10 mitos e verdades sobre a segurança no investimento em criptomoedas

Fonte: IG Economia Comentários do Facebook Leia mais:  PF prende dois na Zelotes por fraude de meio bilhão no BankBoston

Direto de Brasília1 hora atrás

Operação no Complexo do Alemão deixa quatro mortos e um PM ferido

arrow-options Bruno Itan/ Coletivo Alemão Segundo a Polícia, operação no Complexo do Alemão era para combater o tráfico de drogas...

Direto de Brasília1 hora atrás

Reguffe se filia ao Podemos depois de ficar três anos em mandato sem partido

arrow-options Divulgação Reguffe se filia ao Podemos após três anos sem partido O senador Reguffe (DF) aderiu nesta quarta-feira (18) ...

Direto de Brasília1 hora atrás

“De forma nenhuma fomos traídos pelo Senado”, diz Rodrigo Maia

arrow-options MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL “De forma nenhuma fomos traídos pelo Senado”, diz Rodrigo Maia O presidente da Câmara, Rodrigo Maia...

Direto de Brasília1 hora atrás

Entidades pedem para Maia evitar ‘retrocessos’ sobre projeto dos partidos

arrow-options Aloisio Mauricio/Fotoarena/Agência O Globo – 26.8.19 Rodrigo Maia garantiu na última terça-feira (17) que manteria o projeto original Entidades...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana