conecte-se conosco



Política

Polícia Federal analisa movimentações financeiras do agressor de Bolsonaro

Publicado

em


Agressor de Bolsonaro, Adelio Bispo de Oliveira foi transferido pela Polícia Federal neste sábado
Tomaz Silva/Agência Brasil – 7.9.18
Agressor de Bolsonaro, Adelio Bispo de Oliveira foi transferido pela Polícia Federal neste sábado

A Polícia Federal informou nesta segunda-feira (10) que está analisando as movimentações financeiras de Adelio Bispo de Oliveira, autor do  ataque a faca realizado na semana passada
contra o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, em Juiz de Fora. De acordo com a PF, essa diligência tem como objetivo descobrir se o agressor de Bolsonaro contou com ajuda de outras pessoas.

A Justiça já havia autorizado, ainda durante o feriado, a quebra do sigilo telefônico do agressor de Bolsonaro
. “Por meio do inquérito, a PF visa identificar todas as possíveis conexões e motivações do crime, além de esclarecer, em toda a sua extensão, as demais circunstâncias vinculadas ao fato criminoso. Para tal, são realizadas diversas diligências policiais como a coleta de depoimentos, a análise de dados financeiros e de outros dados existentes em imagens, mídias, computadores, telefones e documentos apreendidos”, diz nota divulgada pela PF
.

Durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na pensão onde Adelio
estava hospedado em Juiz de Fora, foram apreendidos seis celulares, um computador notebook e passagens. Os investigadores apuram se os destinos desses tíquetes coincidem com o roteiro da campanha de Bolsonaro.

Nesse domingo (9), um dos quatro advogados que defendem o agressor na Justiça disse que  seus serviços foram contratados por uma pessoa
 que conhece Adelio por meio de práticas religiosas. O defensor negou boatos de que grupos políticos estariam apoiando Adelio financeiramente.

Agressor de Bolsonaro garante que não recebeu ajuda

Jair Bolsonaro foi esfaqueado por Adelio Bispo de Oliveira durante ato de sua campanha na região central de Juiz de Fora, no último dia 6. O candidato está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Já o agressor foi preso em flagrante e hoje está em isolamento em presídio federal de Campo Grande (MS) por determinação da Justiça.

O agressor de Bolsonaro
disse que agiu por razões religiosas e negou ter recebido ajuda para efetuar o ataque ao candidato. A Polícia Federal, no entanto, ainda  investiga  possível envolvimento de outras duas pessoas
no atentado. Adelio Bispo de Oliveira foi indiciado por prática de “atentado pessoal por inconformismo político” com base em artigo 20 da Lei de Segurança Nacional.

Comentários do Facebook

Política

Sede do PSOL recebe ameaças antissemitas, injúrias raciais e LGBTfóbicas

Publicado

em

source
panfleto arrow-options
Reprodução

Ameaça foi denunciada pelo Psol

Membros do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) em Niterói, na Região Metropolitana, denunciaram ter sofrido ameaças por escrito na noite desta quarta-feira, em um texto intitulado “Marielle Ausente! Comunista bom é comunista morto! Um ultimato ao PSOL.”. As informações são do jornal O Dia.

Em uma postagem nas redes sociais, o deputado estadual Flávio Serafini relatou o ocorrido. “O discurso de ódio está por toda parte. Em mais uma tentativa de nos intimidar, recebemos na noite de ontem (19), na sede do PSOL Niterói, um extenso documento repleto de ofensas antissemitas, injúrias raciais e LGBTfóbias e ameaças. O documento, que foi jogado por um homem enquanto ocorria uma reunião em nossa sede, escancara o ódio à figuras públicas e parlamentares da esquerda e à nossa companheira Marielle Franco”, escreveu. 

Leia também: “Há cheiro de queima de arquivo no ar”, diz Boulos sobre morte de miliciano

De acordo com Serafini, foi registrado um boletim de ocorrência na 77ª DP (Icaraí). 

A deputada federal Talíria Perone também comentou o episódio. “Um neonazista deixou no PSOL Niterói um panfleto racista e misógino ameaçando a sede e os militantes. Se o PSOL não retirasse a candidatura à prefeitura incendiariam a sede e atropelariam militantes. Filmamos a cara dele. Nenhum passo daremos atrás”, disse a parlamentar. Procurada, a Polícia Civil não havia comentado o caso até esta publicação. 

Comentários do Facebook
Continue lendo
Nacional11 minutos atrás

Estado de São Paulo segue sob alerta de chuvas nesta sexta

arrow-options Roberto Casimiro/Fotoarena/Agência O Globo Chuva forte na região do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, A região metropolitana de...

Mulher11 minutos atrás

O que fazer para ajudar uma criança anti-social?

O que é comportamento anti-social? Sociabilidade é a capacidade do ser humano viver em sociedade, assimilar valores, normas e regras...

Mulher11 minutos atrás

Lembra delas? Elas fizeram fama como bebês cabeludas e ainda bombam no Instagram

Bebês já são muito fofos normalmente, mas imagine agora um bebê que nasceu com muito cabelo e com as madeixas...

Internacional24 minutos atrás

Irã confirma duas mortes por coronavírus além de 3 casos de infecção

A mídia estatal ido Irã informou que dois idosos morreram depois de terem teste positivo para o novo coronavírus. A...

Economia37 minutos atrás

Carnaval em São Paulo: confira o que abre e o que fecha durante o feriado

arrow-options Reprodução Google Maps/Samuel Rosa Saiba o que abre e o que fecha em São Paulo durante o carnaval 2020...

Entretenimento50 minutos atrás

Após perder a presidência da PWA, Álvaro contrata Penha para atentar contra Raul

No capítulo desta sexta-feira (21) de ” Amor de Mãe “, Betina (Isis Valverde) escolherá Raul (Murilo Benício) para ocupar...

Nacional50 minutos atrás

Tiro em pescoço de miliciano partiu de baixo para cima, diz perito

  Reprodução / Polícia Civil Adriano Nóbrega morreu durante um confronto com a polícia no último domingo (9). A diretora...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana