conecte-se conosco



Política

Polícia Federal analisa movimentações financeiras do agressor de Bolsonaro

Publicado

em


Agressor de Bolsonaro, Adelio Bispo de Oliveira foi transferido pela Polícia Federal neste sábado
Tomaz Silva/Agência Brasil – 7.9.18

Agressor de Bolsonaro, Adelio Bispo de Oliveira foi transferido pela Polícia Federal neste sábado

A Polícia Federal informou nesta segunda-feira (10) que está analisando as movimentações financeiras de Adelio Bispo de Oliveira, autor do  ataque a faca realizado na semana passada
contra o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, em Juiz de Fora. De acordo com a PF, essa diligência tem como objetivo descobrir se o agressor de Bolsonaro contou com ajuda de outras pessoas.

A Justiça já havia autorizado, ainda durante o feriado, a quebra do sigilo telefônico do agressor de Bolsonaro
. “Por meio do inquérito, a PF visa identificar todas as possíveis conexões e motivações do crime, além de esclarecer, em toda a sua extensão, as demais circunstâncias vinculadas ao fato criminoso. Para tal, são realizadas diversas diligências policiais como a coleta de depoimentos, a análise de dados financeiros e de outros dados existentes em imagens, mídias, computadores, telefones e documentos apreendidos”, diz nota divulgada pela PF
.

Durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na pensão onde Adelio
estava hospedado em Juiz de Fora, foram apreendidos seis celulares, um computador notebook e passagens. Os investigadores apuram se os destinos desses tíquetes coincidem com o roteiro da campanha de Bolsonaro.

Nesse domingo (9), um dos quatro advogados que defendem o agressor na Justiça disse que  seus serviços foram contratados por uma pessoa
 que conhece Adelio por meio de práticas religiosas. O defensor negou boatos de que grupos políticos estariam apoiando Adelio financeiramente.

Agressor de Bolsonaro garante que não recebeu ajuda

Jair Bolsonaro foi esfaqueado por Adelio Bispo de Oliveira durante ato de sua campanha na região central de Juiz de Fora, no último dia 6. O candidato está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Já o agressor foi preso em flagrante e hoje está em isolamento em presídio federal de Campo Grande (MS) por determinação da Justiça.

O agressor de Bolsonaro
disse que agiu por razões religiosas e negou ter recebido ajuda para efetuar o ataque ao candidato. A Polícia Federal, no entanto, ainda  investiga  possível envolvimento de outras duas pessoas
no atentado. Adelio Bispo de Oliveira foi indiciado por prática de “atentado pessoal por inconformismo político” com base em artigo 20 da Lei de Segurança Nacional.

Comentários do Facebook

Política

STJ manda Justiça do Rio analisar pedido de liberdade de ex-deputada

Publicado

em


source

Agência Brasil

deputada
Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Em nota divulgada após a deflagração da operação, Cristiane Brasil disse que é vítima de perseguição política


O ministro Joel Ilan Paciornik, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou, nesta sexta-feira (18), que a Justiça do Rio de Janeiro examine, em 24 horas, o pedido de liberdade da ex-deputada federal Cristiane Brasil .


Ela está presa desde a semana passada em função de investigações sobre um suposto esquema de desvio de recursos públicos em contratos da área de assistência social no estado e no município do Rio de Janeiro, entre 2013 e 2018. Cristiane é filha do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson.

A decisão foi motivada por um pedido da defesa para que os pedidos de habeas corpus protocolados no Tribunal de Justiça do Rio sejam analisados.

Segundo o Ministério Público (MP), as investigações que levaram à prisão da ex-deputada constataram fraudes em contratos para diversos projetos sociais na Fundação Leão XIII, entidade estadual voltada para o atendimento a populações de baixa renda e moradores de rua do Rio de Janeiro, e também nas secretarias municipais de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida e de Proteção à Pessoa com Deficiência do Rio de Janeiro, de 2013 a 2018.

Ainda de acordo com o MP, a organização criminosa era composta por três núcleos, o empresarial, o político e o administrativo, atuando para que fossem direcionadas licitações no município do Rio e no estado, visando à contratação fraudulenta das empresas Servlog Rio e Rio Mix 10, mediante o pagamento de propina a servidores públicos, que variava de 5% a 25% do valor do contrato.

Em nota divulgada após a deflagração da operação, Cristiane Brasil disse que é vítima de perseguição política . “Tiveram oito anos para investigar essa denúncia sem fundamento, feita em 2012 contra mim, e não fizeram, pois não quiseram”, declarou. 

Comentários do Facebook
Continue lendo
Política20 minutos atrás

STJ manda Justiça do Rio analisar pedido de liberdade de ex-deputada

Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados Em nota divulgada após a deflagração da operação, Cristiane Brasil disse que é vítima...

Economia35 minutos atrás

Ipea: taxa de desocupação cresce porque pessoas estão buscando emprego

Agência Brasília Ipea: taxa de desocupação cresce porque pessoas estão buscando emprego Em análise técnica divulgada nesta sexta-feira (18), o...

Internacional1 hora atrás

Prisioneiro fugitivo tentou se entregar sete vezes, diz tribunal do Reino Unido

Loop Images Ltd/Alamy Um porta-voz da polícia disse que uma análise inicial não encontrou nenhum registro de Uddin ter comparecido...

Nacional1 hora atrás

Rachadinha: Ex-assessor de Flávio Bolsonaro fez 16 saques que somam R$ 260 mil

Beto Barata/Agência Senado Ex-assessor de Flávio Bolsonaro fez 16 saques que somam R$ 260 mil O coronel da reserva do...

Nacional1 hora atrás

Adolescente é morta pelo marido por ordem de facção após traição

Michely Pereira Sampaio, de 18 anos, foi vítima de assassinato e teve o corpo abandonado próximo de uma ponte em Alto...

Internacional2 horas atrás

Jovem é estuprada por 11 homens e jogada do sexto andar de prédio

Outros suspeitos de estarem no grupo ainda são procurados pela polícia local Uma estudante de 19 anos morreu tragicamente na...

Saúde2 horas atrás

Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 135 mil mortes por covid-19

. O Brasil passou das 135 mil mortes por covid-19, nesta sexta-feira (18). O número foi divulgado na atualização do Ministério da...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!