conecte-se conosco


Agricultura

‘Pipa’ com agrotóxicos tomba sobre trabalhadora em fazenda de São Mateus

Publicado

em

Marcilene Conceição aplicava agrotóxico com trator e teve fígado esmagado

SÃO MATEUS (ES) – A trabalhadora rural Marcilene Conceição está internada em estado grave no Hospital Roberto Silvares, recuperando-se de duas cirurgias para restabelecimento de seu fígado, que foi esmagado durante acidente sofrido na fazenda de coco onde trabalha, localizada em Água Preta, no interior do município.

Na última quinta-feira (29), a “pipa” que armazena o agrotóxico que ela e outro colega aplicavam sobre os coqueirais, tombou sobre ela, que ficou sob ferragens do trator que era conduzido por um terceiro trabalhador. Desde então, Marcilene já passou por duas cirurgias e está sedada.

Adelso Rocha Lima, da coordenação estadual do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), conta que casos como o de Marcilene são mais comuns do que imagina a população que consome os alimentos produzidos.

“Esses acidentes fazem parte do cotidiano do modelo do agronegócio hegemônico vigente no país atualmente. E são resultados de uma precarização do trabalho que predomina no agronegócio”, afirma. “Não é opção, é a condição de trabalho que resta para as famílias agricultoras”, lamenta, ressaltando que a hegemonia do agronegócio quase impede a adoção de outros modelos de produção.

Recentemente, na mesma região norte, Adelso conta ter testemunhado dois casos de intoxicação: um em um hospital em Pedro Canário, há cerca de quatro meses, quando um jovem de dezessete anos se intoxicou ao pulverizar uma plantação com bomba costal, de onde o agrotóxico vazou sobre suas costas. No mesmo hospital, internado na mesma época,  havia outro jovem, de aproximadamente 20 anos, oriundo da Vila de Taquaras, que se intoxicou ao tentar suicídio por ingestão de agrotóxicos.

Os casos que conseguem ser relatados à sociedade, acrescenta o líder camponês, representam uma pequena parcela do que realmente ocorre no cotidiano. A própria confirmação de intoxicação por agrotóxicos, dentro dos hospitais, não costuma ser feita, seja por resistência das famílias ou dos médicos, como foi o caso do jovem Ângelo Henrique Camata, de 29 anos, que faleceu em Marilândia em julho de 2017, com amplas suspeitas de intoxicação por round up, mas cuja confirmação não foi feita pelo médico, que é tio da vítima, e assinou seu atestado de óbito.

“O MST tem isso como desafio, trabalhar essa conscientização e a produção de alimentos saudáveis nas áreas de acampamento e assentamento da Reforma Agrária”, anuncia. 

Adelso informa que o distrito de Água Preta fica está ao lado da Fazenda São Joaquim, que está sob risco de ser arrendada pela Suzano Papel e Celulose, que pretende ali instalar uma monocultura de eucaliptos, o que pode acirrar o volume de acidentes em campo e também de intoxicações por agrotóxicos, seja em terra, como o de Marcilene, seja por meio de pulverizações aérea. 

(*Século diário)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Duplicação da BR 101: Ministro dos Transportes e presidente da ANTT vem ao ES discutir sobre rodovia
publicidade

Agricultura

Secretário anuncia na Câmara “volume substancial” de recursos para Pronaf na próxima safra

Publicado

em

Em sessão na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira (16), o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Eduardo Sampaio Marques, informou que no Plano Safra 2019/2020, que está em negociação, haverá um “volume substancial” de recursos para os pequenos produtores no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), para financiar os programas de investimento com juros equalizados. Sampaio disse que os números ainda não estão fechados, mas que haverá aumento de recursos para que não se repita, no ano que vem, o problema registrado este ano, quando as verbas para investimento do Plano Safra acabaram cedo, muito antes do fim da safra.

O secretário esclareceu que, diferentemente do que tem sido afirmado nas redes sociais, não houve corte de recursos do Pronaf este ano. Todos os recursos disponibilizados para o Pronaf no atual orçamento, fechado ainda no governo Michel Temer, ano passado, foram tomados pelos agricultores, e por isso os financiamentos a taxas subsidiadas foram interrompidos. Sampaio disse que ao focar nos pequenos e médios produtores, o ministério vai dar prioridade ao grande universo de produtores que contraem os financiamentos do plano safra.

Os dados oficiais do Mapa indicam que, dos 859 mil contratos de créditos de custeio fechados no ano passado, 89% são de produtores que pegaram financiamentos de no máximo R$ 200 mil; metade dos contratos são de até R$ 20 mil. Esses números acompanham o perfil do agronegócio brasileiro: dos mais de 5 milhões de produtores rurais brasileiros, metade (2,5 milhões) tem propriedades de até 10 hectares e apenas 50 mil são donos de áreas com mais de 1 mil hectares. Com isso, 92% dos estabelecimentos rurais geram 15% do valor produzido no campo, e os 8% restantes geram 85% do valor produzido. O modelo de crédito rural precisa ser revisto para que mais produtores tenham acesso aos recursos do Plano Safra.

Sampaio também confirmou que o ministério está reforçado o programa de seguro rural, que terá R$ 1 bilhão no próximo Plano Safra Segundo ele, vários países do mundo se movimentaram para aumentar o seguro em detrimento do crédito. Para isso estão sendo criados noivos produtos de seguro para atender aos produtores, garantindo não apenas a indenização em caso de perda da produção por cheias ou secas, mas também uma renda para que o produtor tenha condição de se sustentar e continuar produzindo.

Leia mais:  Mapa recebe a ministra da Indústria, Comércio e Investimento da Nigéria

Novos produtos vão segurar o faturamento do produtor, com base nos preços futuros de cada cadeia produtiva. Sampaio informou que o Banco do Brasil acaba de anunciar um seguro específico para a pecuária, que não existia antes. Com o desenvolvimento da indústria de seguros, está sendo pensado também num tipo de plano específico para atender às necessidades dos produtores de arroz. 

Fonte: MAPA
Comentários do Facebook
Continue lendo
Entretenimento16 minutos atrás

O rei das protagonistas! As dez mulheres de Walcyr Carrasco

Prestes a estrear mais uma novela de sua autoria, Walcyr Carrasco possui um currículo extenso de novelas na Globo. Desde...

Esportes5 horas atrás

Jorge Sampaoli é perseguido por ciumentos da própria classe de trabalho

Levir Culpi, técnico de trabalhos medíocres recentemente, disse que Jorge Sampaoli será o novo comandante da Seleção. Segundo Culpi, que...

Entretenimento6 horas atrás

Reconstrução dá o tom do MECAInhotim, quatro meses após tragédia em Brumadinho

Logo na entrada de Brumadinho (MG), uma exposição de camisas e uniformes sujos de lama lembra que essa é uma...

Entretenimento6 horas atrás

Virada Cultural de São Paulo atrai cinco milhões de pessoas

A Virada Cultural aconteceu neste final de semana, 18 e 19, em São Paulo, e, segundo o prefeito Bruno Covas,...

Nacional7 horas atrás

Entenda os últimos acontecimentos da quebra de sigilo de Flávio Bolsonaro

Edilson Rodrigues/Agência Senado – 9.5.19 MP investiga suspeitas de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa no gabinete de Flávio...

Entretenimento7 horas atrás

Faustão choca telespectadores e anuncia fim do Domingão na Globo

O apresentador Fausto Silva fez uma revelação que deixou seus fãs chocados e arrasados na noite deste domingo em seu programa da...

Regional7 horas atrás

Menino de 2 anos é baleado pelo próprio pai no Norte no ES

Homem é acusado de tentar matar a esposa e, ao atirar, acabou atingindo o próprio filho Uma criança de 2...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana