conecte-se conosco


Polícia Federal

PF e Secretaria Especial de Previdência e Trabalho desarticulam organização criminosa especializada em fraudes contra o INSS

Publicado

em

Salvador/BA – A Polícia Federal, em ação conjunta com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, integrantes da força-tarefa previdenciária, deflagra nesta quarta-feira (9/10) a Operação Caduceu, que visa desarticular uma organização criminosa atuante nos Estados da Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco, voltada à prática de fraudes em desfavor do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS.

Estão sendo cumpridos 15 mandados judiciais, sendo 3 de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão, em Salvador e Camaçari, na Bahia, e em Aracaju, Sergipe.

Conforme apurado, o grupo criminoso é liderado por um dos maiores fraudadores da história do INSS, na área de benefícios. Há registros da conduta criminosa deste estelionatário desde a década de 1980, pela qual responde a diversos processos penais e dezenas de inquéritos policiais, sempre por fraudes à Autarquia Federal.

Comprovou-se, durante as investigações, que as fraudes eram executadas em dois momentos: a) criação de vínculos empregatícios fictícios, inseridos no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) por meio de GFIP’s extemporâneas, para comprovação da qualidade de segurado; b) uso de documentos médicos falsos com o objetivo de simular patologias para obtenção de benefícios previdenciários, em especial o auxílio-doença e a aposentadoria por invalidez. Para tanto, participavam da organização criminosa, dentre outros, um técnico em contabilidade – daí o nome da Operação –, um servidor do INSS, além de uma pessoa responsável por falsificar os laudos e relatórios médicos utilizados pelos criminosos.

O prejuízo estimado aos cofres públicos supera os R$ 7 milhões, relativos a pelo menos 140 benefícios com constatação de fraude, números estes que, com o avançar das investigações, poderão se revelar muito superiores.

Leia mais:  PF deflagra 3ª fase internacional da Operação Piratas do Caribe em Rondônia

Os envolvidos responderão por diversos crimes, dentre eles integrar organização criminosa, estelionato previdenciário, uso de documento falso, falsidade ideológica e falsificação de documento público, com penas que, se somadas, podem chegar a mais de 30 anos de prisão.

Será concedida entrevista coletiva, às 10h, na sede da Superintendência Regional da Polícia Federal na Bahia, Av. Engenheiro Oscar Pontes, 339, Água de Meninos, Salvador.

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários do Facebook
publicidade

Polícia Federal

PF deflagra a segunda fase da Operação Terra Prometida em Alagoas

Publicado

em

Maceió/AL – A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (17/10) a segunda fase ostensiva da Operação Terra Prometida, com o objetivo de combater crimes previdenciários. Estão sendo cumpridos oito mandados de busca e apreensão, expedidos pela 11ª Vara da Justiça Federal de Alagoas, nos municípios alagoanos de Delmiro Gouveia, Palmeira dos Índios, Água Branca, Canapi e Mata Grande.

A Operação Terra Prometida tem como alvos Sindicatos de Trabalhadores Rurais e advogados que, supostamente, estariam agindo em conjunto para aposentar como agricultores pessoas que nunca trabalharam na roça.

A primeira da Operação Terra Prometida ocorreu em meados de 2018, sendo presos dois servidores do INSS, de Delmiro Gouveia/AL, que estariam facilitando, indevidamente, a concessão de benefícios previdenciários rurais.

As investigações buscam apurar os delitos previstos no art. 171, parágrafo 3º, art. 288 e 313-A, todos do Código Penal Brasileiro.

O nome da Operação (Terra Prometida) foi dado em alusão aos dirigentes sindicais e intermediários que prometiam contratos de comodato rural e declaração de atividade rurícola para pessoas que nunca laboraram nas propriedades informadas nos referidos documentos, em troca de favorecer os mesmos com benefícios rurais.

Não haverá coletiva de imprensa.

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários do Facebook
Leia mais:  PF prende colombiano com skunk em Foz do Iguaçu
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Direto de Brasília14 minutos atrás

Confira benefícios que os doadores de sangue têm e não sabem

arrow-options Agência Brasil Doadores de sangue possuem benefícios que são pouco conhecidos. Segundo os últimos dados divulgados pelo Ministério da...

Economia5 horas atrás

Saldo de empregos formais no Brasil foi de 157 mil novas vagas em setembro

arrow-options Jana Pêssoa/Setas Setembro de 2019 teve o melhor resultado em abertura de vagas com carteira assinada para o mês...

Economia5 horas atrás

De 10 empresas que abriram em 2012, pelo menos 6 já fecharam as portas

arrow-options Reprodução Saldo de empresas abertas e fechadas continua negativo em 2017, diz IBGE Cerca de 40% das 597,2 mil...

Estadual6 horas atrás

Pleno declara inconstitucional lei que obriga a anexar foto de medidor em conta de luz

“Houve violação direta na competência privativa da união para legislar sobre energia elétrica”, concluiu o magistrado relator. O Pleno do...

Tecnologia6 horas atrás

Qualquer um pode ser um YouTuber: como começar a produzir vídeos hoje

O crescimento das redes sociais fez com que diversas pessoas se arriscassem a apostar na carreira de blogueiros em vídeo...

Entretenimento8 horas atrás

Record cancela ‘Dancing’ especial dos campeões após polêmica com Maytê Piragibe

A Record TV, que até então estava com uma edição do ‘Dancing Brasil’ especial com campeões do reality engatilhada para...

Entretenimento8 horas atrás

Bailarinas do Faustão curtem dia de sol e colocam o bronzeado em dia. Fotos!

Neste fim de semana, algumas integrantes do balé do Domingão do Faustão e a ex-bailarina do programa Tainá Grando tiraram...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana