conecte-se conosco



Polícia Federal

PF e PC desarticulam organização criminosa de tráfico transnacional de drogas

Publicado

em

Florianópolis/SC – A Polícia Federal, em ação conjunta com a Polícia Civil do estado de Santa Catarina, deflagrou nesta quarta-feira (11/12) a Operação Conexão Itália, para desarticular organização criminosa que atuava no tráfico de drogas. A partir de Santa Catarina, essa organização realizava tráfico transnacional com o envio de cocaína para a Europa na intenção de receber MDMA, para a produção de ecstasy.

Mais de 50 policiais, entre federais e civis de Santa Catarina, cumprem mandados expedidos pela Justiça Federal. São 13 mandados de busca e apreensão, sendo quatro em Florianópolis/SC, dois em São José/SC, dois em Balneário Camboriú/SC, um em Curitiba/PR e quatro na capital de São Paulo. Também estão sendo cumpridos dois mandados de prisão preventiva e um mandado de prisão temporária.

O desencadeamento da operação de hoje é consequência das investigações, com prisão e apreensão de drogas, realizadas por delegacias especializadas da Polícia Civil de Santa Catarina nos meses de julho a setembro deste ano. Nesse período dois comerciantes foram presos na sede de empresa de produtos esportivos de Florianópolis/SC. Com eles foram apreendidos 26 kg de cocaína, 11 kg de comprimidos de ecstasy, 1,8 kg de haxixe e 4 kg de MDMA, já dispostos embalados em malas.

No desdobramento dessas ações, verificou-se que o objetivo da organização criminosa era a remessa internacional de cocaína para o continente europeu, com o consequente recebimento da droga sintética MDMA. Essa substância é base para a produção de ecstasy – também conhecido como doce ou bala – uma das drogas mais presentes nas baladas de jovens de classe média e alta no Brasil e em vários países do mundo.

Por suas condutas, os investigados responderão por tráfico transnacional de drogas, lavagem de dinheiro e organização criminosa, cuja a pena culminada pode ultrapassar os 30 anos de prisão.

Conexão Itália faz referência à condição de um dos principais acusados que tem cidadania dupla – brasileira e italiana – e que se valia dessa condição para realizar várias viagens internacionais.

* Não haverá coletiva a imprensa.

 

[email protected]| www.pf.gov.br

Comentários do Facebook

Polícia Federal

Polícia Federal extradita libanês suspeito de crime de falsidade ideológica

Publicado

em


.

Brasília/DF – A Polícia Federal realizou na manhã desta sexta-feira (17/07) a extradição de um nacional libanês ao Paraguai.

O extraditado foi preso em território brasileiro em 2018 pelo crime de falsidade ideológica, em razão de ordem de captura internacional da INTERPOL, e teve sua extradição para o Paraguai deferida pelo Supremo Tribunal Federal.

O extraditado estava preso na Superintendência Regional da PF em Curitiba desde setembro de 2019 e, na manhã de hoje, foi levado de helicóptero para a cidade de Foz do Iguaçu/PR onde foi entregue às autoridades paraguaias na Ponte Internacional da Amizade.

Divisão de Comunicação Social da Polícia Federal
E-mail: [email protected]
Telefone: (61)20248142

 

Comentários do Facebook
Continue lendo
São Mateus4 minutos atrás

Polícia Militar Ambiental apreende caminhão que despejava esgoto na restinga em Guriri

Na tarde desta segunda-feira (27), policiais militares da Terceira Companhia do Batalhão de Polícia Militar Ambiental foram acionados para atender...

Mulher10 minutos atrás

Perfil no Instagram expõe a aparência real de famosas sem Photoshop e maquiagem

Muito tem se falado sobre o Instagram ser um ambiente tóxico para a autoestima. Quem nunca ficou se comparando aos corpos supostamente...

Nacional10 minutos atrás

Covas quer adaptar calçadas de São Paulo para uso de restaurantes e bares

Governo do Estado de São Paulo Bruno Covas diz que São Paulo deve ter novo projeto de utilização das calçadas...

Entretenimento10 minutos atrás

Luciano Huck gera polêmica ao sair em defesa de Felipe Neto: “Covardia”

O apresentador Luciano Huck decidiu se posicionar a favor do youtuber Felipe Neto após ele ser “cancelado” novamente nas redes...

Tecnologia10 minutos atrás

Google admite vigiar usuários enquanto navegam em outros aplicativos

Unsplash/ Charles Deluvio Google coleta dados dos usuários sobre uso de outros aplicativos Seu Android coleta informações de como você...

Nacional10 minutos atrás

Família pede R$ 270 mil de multa a Flávio Bolsonaro por postar foto de crianças

Twitter/Reprodução Flávio Bolsonaro poderá pagar multa de quase R$ 300 mil por uso indevido de imagem O senador  Flávio Bolsonaro...

Nacional40 minutos atrás

Governo federal reconhece estado de calamidade em Goiás por conta da Covid-19

Divulgação / Ascom / SMS Estado é o 16º mais atingido no Brasil, ainda com valores distantes dos registrados em...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!