conecte-se conosco


Polícia Federal

PF deflagra segunda fase da Operação Egypto – Operação Escavações no Rio Grande do Sul

Publicado

em

Porto Alegre/RS – A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (3/12), a segunda fase da Operação Egypto, denominada Escavações, em investigação que apura crimes de violação de sigilo funcional e organização criminosa, no Rio Grande do Sul.

Policiais federais cumprem três mandados de busca e apreensão e um de prisão, em Porto Alegre e Cachoeirinha.

A investigação indica que um homem, ligado a sócios da empresa alvo da Operação Egypto, teria tentado obter informações antecipadas sobre eventuais medidas contra os sócios da empresa. Para isso, teria recebido valores substanciais por meio de transferências em nome de terceiros.

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Sul

Fone: (51) 3235-9005/99717-3040

 

 

***A denominação da segunda fase – Escavações – é uma referência às informações obtidas através da análise do material apreendido na deflagração da Operação Egypto.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Polícia Federal apreende 15 joias na casa da irmã de Adriana Ancelmo
publicidade

Polícia Federal

PF deflagra 3ª fase da Operação Arpão de Netuno

Publicado

em

João Pessoa/PB – A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (12/12) a Operação ARPÃO DE NETUNO – Fase 3, com objetivo de combater o tráfico de drogas no Estado da Paraíba, praticado por uma organização criminosa.

Policiais federais deram cumprimento a 24 mandados de prisão preventiva e 3 de busca e apreensão, nas cidades de João Pessoa/PB e São Paulo/SP. As ordens judiciais foram expedidas pela Vara de Entorpecentes, da Comarca de João Pessoa/PB.

A investigação demonstrou que, após a deflagração pela Polícia Federal da denominada Operação Gerônimo, no ano de 2017, que teve por objetivo investigar e responsabilizar criminalmente os integrantes da organização criminosa, houve uma reorganização da facção em razão de conflitos internos, com a ascensão de novos líderes, após o afastamento e o decreto da morte de algumas das lideranças anteriores.

A nova estrutura da organização criminosa foi rebatizada e o processo de refundação vem investindo em realizar o cadastro de seus integrantes.

O aprofundamento das investigações revelou detalhes da estrutura da organização criminosa, forma de funcionamento e identificação de seus integrantes, a saber:

1 – O COMANDO da organização criminosa, denominada de PALAVRA FINAL, era exercido por dois homens, ambos presos e cumprindo pena no Presídio PB1, nesta Capital.

2 – A estrutura DELIBERATIVA, denominada de CONSELHO, era composta por 15 integrantes, os quais ocupam o segundo escalão hierárquico da ORCRIM, responsáveis pelas principais decisões do grupo criminoso.

3 – A estrutura EXECUTIVA realizava o loteamento dos bairros de João Pessoa e demais cidades do Estado, com indicação dos responsáveis pelo controle do tráfico de drogas;

4 – A estrutura de CADASTRAMENTO dos integrantes da organização, que era feito mediante fichas individuais, constando data de filiação, área de atuação e padrinho responsável pela indicação;

5   – Por fim, a estrutura FINANCEIRA, denominada de CAIXINHA, consistia na utilização de contas bancárias de terceiros e familiares para ocultação dos valores recebidos com o tráfico de drogas, possibilitando o fortalecimento da grupo criminoso mediante a aquisição de armas, pagamento de advogados e envio de recursos a integrantes presos e familiares.

Foi determinado pelo Poder Judiciário o bloqueio de contas bancárias, totalizando o montante de aproximadamente R$ 500 mil.

Os investigados responderão pelos crimes de tráfico interestadual de drogas e organização criminosa, cujas penas, somadas, ultrapassam 20 anos de reclusão.

O nome da operação é uma alusão ao poder, à força da atuação do Estado na repressão ao tráfico de drogas.

Leia mais:  PF combate corrupção na concessão de títulos de terras públicas da União

 

Comunicação Social da Polícia Federal na Paraíba

Contato: (83) 3269-9400
E-mail: [email protected]

 

Comentários do Facebook
Continue lendo
Economia6 minutos atrás

Lulinha usou empresas falsas para dissimular operações milionárias, diz Receita

arrow-options Receita Federal / Divulgação Sede da LLF Participações. A empresa Gamecorp , que tem como sócio Fábio Luís Lula...

Economia6 minutos atrás

CEO britânico faz confissão na web e viraliza: “não tenho amigos”

arrow-options Reprodução Executivo britânico confessa não ter amigos mesmo com vida profissional bem sucedida “Coloco meu coração e minha alma...

Entretenimento6 minutos atrás

Na reta final do “De Férias com o Ex”, MC Rebecca e Nakinha assumem namoro

Agora é oficial! De um jeitinho sutil, MC Rebecca usou suas redes sociais nesta xxx para revelar que ela e...

Nacional6 minutos atrás

Papai Noel aparece excitado ao tirar foto com criança de 10 anos no colo

arrow-options Reprodução Homem fantasiado não queria deixar menina de 10 anos sair do colo dele Um Papai Noel que trabalhava...

Nacional6 minutos atrás

Ministro nega liberdade de viúva da Mega-Sena após fim de prisão em 2ª instância

arrow-options Márcio Alves/Agência O Globo Adriana Ferreira Almeida ficou conhecida como Viúva da Mega-Sena por mandar matar o milionário Renné...

Nacional6 minutos atrás

Barragem em Brumadinho rompeu por combinação de deformações, dizem especialistas

arrow-options Foto: Eduarda Esteves Terreno transformado após o rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão O resultado da investigação...

Entretenimento14 minutos atrás

Seminua: Geisy Arruda mostra parte dos seios com look transparente e incendeia web

Na tarde desta quinta-feira (12), a modelo Geisy Arruda incendiou a web, ao publicar uma foto seminua, no Instagram. Ela surgiu com um look transparente,...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana