conecte-se conosco


Polícia Federal

PF deflagra operação Grande Família para combater fraudes previdenciárias

Publicado

em

Teresina/PI – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta- feira (15/05) a Operação GRANDE FAMÍLIA, visando desarticular quadrilha especializada no recebimento de benefícios previdenciários de segurados falecidos.

Cerca de 125 policiais federais dos Estados do Piauí, Ceará, Maranhão, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco deram cumprimento a 31 mandados de busca e apreensão e 21 mandados de prisão preventiva, expedidos pela 3ª Vara da Seção Judiciária Federal em Teresina. Os mandados estão sendo cumpridos nos estados do Piauí e Maranhão.

As investigações tiveram início em 2018, a partir de Relatórios produzidos pela Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista (CGINT) da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia – órgão integrante da Força tarefa Previdenciária – que apontaram irregularidades em transferências de benefícios previdenciários do Maranhão para o Piauí.

A quadrilha, formada por estelionatários e servidores públicos, falsificava documentos em nome dos beneficiários falecidos, abria contas bancárias e, posteriormente, servidores do INSS integrantes da quadrilha transferiam os benefícios do Estado do Maranhão para Teresina.

Cerca de 640 benefícios previdenciários fraudados foram identificados no curso da investigação. A Justiça Federal determinou a imediata suspensão destes benefícios, medida que evitará um prejuízo futuro estimado em R$ 80 milhões. Também determinou a apreensão de veículos, o bloqueio das contas bancárias dos presos e a suspensão do exercício da função pública para os servidores do INSS.

Os investigados deverão responder pelos crimes de associação criminosa (artigo 288 do CPB), estelionato qualificado (artigo 171, § 3º, do CPB), falsidade ideológica (artigo 299 do CPB), uso de documento falso (artigo 304 do CPB), corrupção passiva (artigo 317, §1º, do CPB) e corrupção ativa (artigo 333, p. u., do CPB).

Leia mais:  PF faz operação de combate a crimes ambientais na fronteira com a Argentina

 

Será concedida entrevista coletiva hoje, às 10hs, no auditório da Superintendência Regional da Polícia Federal em Teresina.

 

 

*** O nome da Operação decorre do fato de 07 presos pertencerem a uma única família. 

Comentários do Facebook
publicidade

Polícia Federal

PF prende três pessoas pelo crime de moeda falsa no Ceará

Publicado

em

Fortaleza/CE – A Polícia Federal prendeu em flagrante, em duas ações distintas, na sexta-feira (6/12), três pessoas pelo crime de moeda falsa.

O primeiro flagrante ocorreu quando um homem, de 21 anos, e uma mulher, de 22 anos, irmãos, receberam encomendas postais na ECT de Trairi contendo cédulas falsas. No volume destinado à mulher, havia R$ 3.380, de R$ 20, e, ao homem, R$ 500, em cédulas de R$ 20 e R$ 100.

Na segunda ação policial, um homem, de 40 anos, também foi preso em flagrante ao pegar um pacote postal na ECT de Pedra Branca. No pacote havia 50 cédulas de R$ 100, totalizando R$ 5 mil.

Os presos foram autuados pelo crime de moeda falsa, com penas de reclusão de 3 a 12 anos e encaminhados à sede da Superintendência Regional no Ceará, onde permanecerão a disposição da Justiça Federal do Ceará.

Essas ações são resultados dos trabalhos desenvolvidos pela área de inteligência da PF no combate ao crime de moeda falsa. Na última segunda-feira (2/12), uma pessoa foi presa na capital cearense com cédulas falsas, no total de R$ 2 mil.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Ceará
Contato: (85) 9.8970-0624

Comentários do Facebook
Leia mais:  PF combate o desvio de verbas públicas na Paraíba
Continue lendo
Política41 minutos atrás

Patacoadas presidenciais: entre falácias e teorias, Bolsonaro coleciona críticas

arrow-options Antonio Cruz/Agência Brasil Desde o início do governo Bolsonaro, os brasileiros assistem a um aparelhamento ideológico descontrolado. Desde o...

Internacional4 horas atrás

Irã e Estados Unidos trocam prisioneiros após meses de tensão

O Irã e os Estados Unidos (EUA) fizeram neste sábado (7) uma troca de prisioneiros, em um avanço diplomático raro...

Internacional6 horas atrás

Mulher é presa após roubar recém-nascido e vender por R$ 8 mil

arrow-options Reprodução foi Asel Zhapanova, 22 anos, foi condenada a sete anos de prisão pelo crime Em Taraz, no Cazaquistão,...

Internacional6 horas atrás

‘Fora da mesa’: Coreia do Norte se recusa a falar de desnuclearização com os EUA

arrow-options Isac Nóbrega/PR Chanceler norte-coreano disse que estratégia é para beneficiar Trump para as eleições de 2020 O embaixador da...

Internacional6 horas atrás

Manifestantes continuam nas ruas após ataque matar 17 no Iraque

arrow-options Reprodução/Twitter Manifestantes continuaram nas ruas mesmo após ataques de grupo armado Milhares de manifestantes no Iraque continuaram nas ruas...

Entretenimento6 horas atrás

Goiabinha, amigo de Gugu Liberato, tatua o rosto do apresentador

Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por ? ? ? ? ? ? ? ? (@cris.piza) em 7...

Entretenimento6 horas atrás

Anitta é eleita “Mulher do Ano” pela revista GQ

arrow-options Reprodução Instagram Anitta esteve em destaque na revista GQ junto com Fábio Porchat, Guilherme Benchimol e Felipe Neto A...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana