conecte-se conosco



Polícia Federal

PF deflagra Operação Fora do Caixa em três estados

Publicado

em

Belém/PA – A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (9/1) a Operação Fora do Caixa, desdobramento da Operação Lava Jato, com o objetivo de cumprir seis mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão temporária nas cidades de Belém/PA, Palmas/TO e Brasília/DF. Os mandados estão divididos da seguinte forma: três buscas e apreensões e uma prisão temporária no Pará; uma prisão temporária e uma busca e apreensão em Tocantins; e duas buscas e apreensões no Distrito Federal.

A investigação teve início a partir da colaboração premiada feita por executivos da empresa ODEBRECHT, os quais relataram o pagamento de R$ 1,5 milhão, por meio de Caixa 2, para candidato ao Governo do Estado do Pará, nas eleições de 2014. Segundo o depoimento dos executivos foram realizadas três entregas, nos valores de R$ 500 mil reais cada, nos meses de setembro e outubro de 2014, sendo que o recebimento foi intermediado por um ex-Senador da República vinculado ao então candidato ao governo Estado do Pará.

Durante o trabalho investigativo, foram encontrados indícios de que pelo menos um dos pagamentos foi realizado em endereço ligado a parentes do ex-Senador da República citado pelos executivos.

Os crimes sob investigação são de falsidade ideológica eleitoral (Caixa 2), formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

A investigação iniciou perante o Supremo Tribunal Federal, entretanto houve declínio de competência para Justiça Eleitoral em Belém/PA, a partir da confirmação do entendimento sobre a competência da Justiça Eleitoral para processar e julgar crimes comuns em conexão com crimes eleitorais. Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara da Justiça Eleitoral em Belém/PA.

O nome da operação faz referência ao recebimento de recursos eleitorais não contabilizados.

A entrevista será realizada, às 11h, no Gabinete da Superintendência Regional da Polícia Federal no Pará, localizada na Av. Almirante Barroso, 4466 – Belém/PA.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Pará

Telefone: (91)3214 8043 /984222396

[email protected]

Comentários do Facebook

Polícia Federal

PF combate o contrabando na fronteira com a Argentina

Publicado

em


.

Dionísio Cerqueira/SC – A Polícia Federal deflagrou hoje (14/7), com apoio da Força Nacional de Segurança e da Polícia Rodoviária Federal, duas ações de combate ao contrabando e descaminho de produtos estrangeiros na fronteira com a Argentina.

Na primeira ação, foi dado cumprimento a 2 mandados de prisão preventiva e a 9 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo Federal de  Chapecó/SC, além de medida de sequestro de automóveis, contra integrantes de um grupo criminoso que atua na fronteira praticando o contrabando de camarão e o descaminho de vinhos argentinos, dentre outros produtos. Um dos locais de busca é uma oficina mecânica que é utilizada pelo grupo para a manutenção dos veículos utilizados na prática criminosa.

Na segunda ação, estão sendo cumpridos 4  mandados de busca e apreensão e 1 de sequestro de automóvel expedidos pelo Juízo da 3ª Vara Federal em Foz do Iguaçu/PR, na continuidade de investigação iniciada em 31/01/2020, quando policiais militares de Barracão/PR e Dionísio Cerqueira/SC localizaram um depósito de camarão congelado e vinhos argentinos na área urbana de Barracão/PR, tendo sido obtidos fortes indícios de que três dos envolvidos naquele evento,  que haviam empreendido fuga, fazem parte do grupo criminoso acima referido.

Os mandados judiciais estão sendo cumpridos em endereços localizados nos municípios de Dionísio Cerqueira/SC, Guarujá do Sul/SC e Barracão/PR.

De acordo com o que foi apurado nas investigações, eram utilizados veículos locados com fraude e não restituídos, tendo também sido constatada a utilização de carros furtados/roubados ou que possuíam restrições decretadas judicialmente. Em muitos desses veículos foi constatada a utilização de placas falsas e a instalação de rádios transceptores, utilizados tanto para acompanhar as comunicações das forças policiais como para comunicação entre os integrantes do grupo durante as empreitadas criminosas, nas quais costumavam ser utilizados “batedores”.

No período abrangido pela investigação, em diversas ocorrências atendidas pelas forças policiais, foram apreendidos, com apoio da Receita Federal, 19 veículos, 850 caixas de vinho e grandes quantidades de camarão, desodorantes, cigarros e “papel seda”.

Os integrantes da organização criminosa são investigados pelos crimes dos arts. 334 (descaminho), 334-A (contrabando), 180 (receptação), 304 (uso de documento falso) e 288 (associação criminosa) do Código Penal, bem como do art. 70 da Lei nº 4.117/62 (crime de telecomunicações).

Delegacia de Polícia Federal em Dionísio Cerqueira/SC

(49) 3644-6300

 

Comentários do Facebook
Continue lendo
Saúde19 minutos atrás

Covid-19: Brasil tem 41,8 mil novos casos e 1.300 óbitos em 24h

. A atualização diária divulgada pelo Ministério da Saúde registrou 41.857 novos casos do novo coronavírus e 1.300 óbitos por...

Entretenimento19 minutos atrás

Pablo Morais repudia atitude de policial que pisou no pescoço de mulher negra

Reprodução/Instagram Pablo Morais Pablo Morais mostrou indignação com o ato do  policial militar de pisar no pescoço de uma comerciante...

Economia49 minutos atrás

Para especialista, Minha Casa Minha Vida de Bolsonaro ainda é muito vago

Reprodução/Facebook Minha Casa Minha Vida do governo Bolsonaro não saiu da publicidade ainda, aponta especialista Nesta semana, o governo federal...

Nacional49 minutos atrás

Em Formiga, ‘Corona’ canta funk para alertar sobre Covid-19; assista

Divulgação/Prefeitura de Formiga ‘Corona’ agitou o centro da cidade de Formiga O município de Formiga, interior de Minas Gerais ,...

Internacional49 minutos atrás

Lombriga é retirada de garganta de mulher após ela comer sashimi

Divulgação/The American Society of Tropical Medicine and Hygiene O animal permaneceu vivo ainda após a retirada Quando uma mulher de...

Entretenimento1 hora atrás

Suposto nude de Tiago Iorc movimenta o Twitter: “Eu amei te ver”

Reprodução/ Instagram Tiago Iorc não fala palavrão e vira piada no Twitter A noite desta terça-feira (14) começou agitada no...

Política1 hora atrás

Pescadores: Renova terá que seguir com repasse

. “Qual pesca? E qual peixe?”, questionou o deputado Marcos Garcia (PV) sobre a decisão da Fundação Renova de cancelar...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!