conecte-se conosco


Polícia Federal

PF deflagra Operação Contorno Norte para combater contrabando de cigarros

Publicado

em

Maringá/PR – A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (11/6) a Operação Contorno Norte, para prender  líderes de organização criminosa especializada no contrabando de cigarros de origem paraguaia.

Cerca de 80 policiais federais cumprem 20 mandados de prisão preventiva e 17 mandados de busca e apreensão, nas cidades de Nova Esperança/PR, Guaíra/PR, Umuarama/PR, Alto Paraíso/PR e Mundo Novo/MS. Além disso, foram deferidos judicialmente o bloqueio de contas bancárias, o sequestro de bens imóveis e a apreensão de veículos vinculados aos investigados.

As investigações tiveram início em maio de 2016, após uma carreta carregada com cigarros contrabandeados colidir com um veículo onde estavam um casal e uma criança no Contorno Norte de Maringá/PR, levando à morte a mulher.

As apurações permitiram identificar uma organização criminosa responsável pelo transporte da carga contrabandeada. Foi constatado que os cigarros eram introduzidos em território nacional a partir de Salto Del Guairá, no Paraguai, utilizando uma rede de funcionários, olheiros, barqueiros, carregadores e motoristas.

Durante os três anos de apuração, a Polícia Federal prendeu 204 membros da organização criminosa, realizou 130 flagrantes de contrabando, além da apreensão de 156 caminhões e outros 60 veículos utilizados nos crimes. Também foram apreendidas cerca de 105 mil caixas de cigarros, o equivalente a 52 milhões de maços. As mercadorias foram avaliadas em R$ 250 milhões pela Receita Federal, gerando aproximadamente R$ 360 milhões em tributos e multas.

Verificou-se ainda que grande parte das carretas utilizadas nos transportes ilícitos eram oriundas de furtos e/ou roubos, com posterior clonagem das placas. O grupo chegou a utilizar 6.700 linhas telefônicas cadastradas em nome de terceiros para a prática do crime.

Os presos responderão, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de organização criminosa, contrabando, receptação qualificada, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, falsidade ideológica e corrupção ativa, bem como pelo homicídio culposo, lesão corporal culposa, abandono do local do acidente e favorecimento pessoal, quanto ao acidente que iniciou os trabalhos.

Leia mais:  PF prende seis pessoas com 76 kg de cocaína em Natal/RN

Será concedida entrevista coletiva, às 10 horas, na Delegacia de Polícia Federal em Maringá/PR.

 

 

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários do Facebook
publicidade

Polícia Federal

PF desarticula esquema de fraude tributária no Espírito Santo

Publicado

em

Vila Velha/ES – A Polícia Federal, em ação conjunta com o Ministério Público Federal e Receita Federal, deflagrou nesta quarta-feira (26/6) a Operação Saldos de Quimera, com o objetivo de desarticular esquema de fraude tributária praticada em face da União.

A operação contou com a participação de 14 policiais federais e 4 integrantes da Receita Federal, sendo realizado o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão, em dois escritórios de advocacia, localizados nos municípios de Vitória/ES e Rio de Janeiro/RJ, que resultaram na apreensão de equipamentos com registros informatizados, dentre outros.

As investigações apontaram um esquema supostamente utilizado pelo escritório do Rio de Janeiro de venda de créditos inexistentes (podres) às empresas com domicílio fiscal no Espírito Santo e outros estados do Brasil, para fins de compensação tributária, tendo resultado até o momento no prejuízo de aproximadamente R$ 423 milhões aos cofres públicos da União.

 Os investigados vinham atuando como intermediários entre os contribuintes e a Receita Federal, induzindo a erro seus clientes por meio de falaciosa tese jurídica que indicaria a possibilidade de compensação tributária mediante os créditos tributários inexistentes. Os usuários desses créditos imaginavam estar obtendo benefício ao pagar aos fraudadores menos que o tributo devido, porém, continuavam com a dívida perante o fisco, além de pagar vantagem indevida pelo valor de compensação inexistente.

 Os investigados, poderão responder pelos crimes de estelionato disposto no art.171 do Código Penal, bem como de sonegação fiscal disposto no art.1º, inciso I da Lei 8.137/90.

Será concedida entrevista coletiva, às 14h, na Sede da Polícia Federal em São Torquato, Vila Velha, com a presença de representante da Receita Federal.

 

 

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários do Facebook
Leia mais:  PF prende homem com cápsulas de cocaína no estômago
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Economia15 minutos atrás

Maia sai de encontro com governadores sem acordo sobre Previdência

Cleia Viana/Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM) não chegou a acordo com governadores sobre a reforma O presidente da Câmara...

Economia15 minutos atrás

Deputados aprovam projeto de Doria que reduz ICMS sobre combustível de aviação

Divulgação/Embraer Como contrapartida, as companhias aéreas deverão oferecer 490 novos voos semanais para 21 estados e 38 aeroportos A Assembleia...

Nacional16 minutos atrás

Navio de resgate com 42 imigrantes a bordo fura bloqueio na Itália

Sea-Watch “Decidi entrar no porto. Sei o que risco que estou tomando, mas os 42 náufragos a bordo estão esgotados....

Nacional16 minutos atrás

Em nota, PT afirma que STF deve um julgamento justo a Lula

TVT/ Reprodução PT cobra do STF um julgamento justo para Lula Nesta quarta-feira (26), um dia após os ministros da...

Polícia Federal16 minutos atrás

PF desarticula esquema de fraude tributária no Espírito Santo

Vila Velha/ES – A Polícia Federal, em ação conjunta com o Ministério Público Federal e Receita Federal, deflagrou nesta quarta-feira...

Nacional56 minutos atrás

Mãe denuncia padrinho por estuprar as duas filhas dela de 7 e 8 anos

Acima de qualquer suspeita, como alguém da família, a frieza do algoz ainda causa estranheza à comerciante Cláudia Conceição Santos,...

Esportes1 hora atrás

Campeão do Mundo em 2014 planeja se aposentar com apenas 33 anos

Lalo Villar/AP Jogador campeão do mundo com a Alemanha em 2014 planeja se aposentar com apenas 33 anos. Um dos...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana