conecte-se conosco


Polícia Federal

PF deflagra Operação Appius para apurar crimes de corrupção e lavagem de dinheiro

Publicado

em

São Paulo – A Polícia Federal, em operação conjunta com o Ministério Público Federal, deflagrou nesta manhã (7/11) a Operação Appius, para apurar crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. A operação de hoje é decorrente da investigação desenvolvida na Operação Castelo de Areia, deflagrada em 2009.

São cumpridos 4 mandados de busca e apreensão em São Paulo e Fortaleza, todos expedidos pela 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo a pedido da Polícia Federal.

O inquérito policial tem origem em informações obtidas a partir da colaboração premiada de um do investigado e apura o pagamento de propina por parte de uma empreiteira a agentes públicos, com o fim de suspender e anular a Operação Castelo de Areia.

A Operação Castelo de Areia foi deflagrada em 2009 e apurava os crimes de fraude à licitação, corrupção, lavagem de dinheiro, dentre outros, praticados por representantes da mesma empreiteira e agentes políticos, para obtenção de contratos públicos.

 A ação penal decorrente desta operação foi suspensa por um Habeas Corpus, concedido em 2010 pelo ex-Presidente do STJ, no Plantão Judiciário. Em 2011, a Castelo de Areia foi anulada pelo mesmo tribunal.

 Fatos investigados na Operação Castelo de Areia vieram à tona com a deflagração da Operação Lava Jato, como as irregularidades na construção da refinaria Abreu e Lima em Pernambuco.

 O inquérito policial apura os crimes de corrupção passiva e corrupção ativa, previstos no Código Penal, além dos crimes de lavagem e ocultação de ativos, previstos no art. 1° da Lei 9.613/98.

 A investigação segue em segredo de justiça.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em São Paulo –

Contato: (11) 3538-5013

Comentários do Facebook
Leia mais:  PF deflagra 3ª fase internacional da Operação Piratas do Caribe em Rondônia
publicidade

Polícia Federal

PF apreende aproximadamente 30 kg de maconha em fiscalização

Publicado

em

Foz do Iguaçu/PR – Na quarta-feira (13/11), em fiscalização de rotina realizada na BR-277, próximo ao Posto da PRF em Céu Azul, equipes de policiais federais prenderam um indivíduo com quase 30 kg de maconha.

O homem estava em um ônibus que tinha como destino final União da Conquista/SP.

A droga e o preso foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil em Matelândia/PR, onde foi lavrado o flagrante.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Foz do Iguaçu
Contato: (45) 3576-5515

Comentários do Facebook
Leia mais:  PF investiga grupo criminoso responsável por diversos roubos no Pará
Continue lendo
Economia39 minutos atrás

Mega-Sena acumulada: veja resultado do prêmio 2208 deste sábado

arrow-options Paulo Pinto/Fotos Públicas Aposta mínima da Mega-Sena (seis números) custa R$ 4,50 e pode ser feita em qualquer casa...

Economia39 minutos atrás

Rodrigo Maia fala em votar reforma tributária em março de 2020

arrow-options Geraldo Magela/Agência Senado Presidente da Câmara dos Deputados ao lado do presidente do Senado Davi Alcolumbre; segundo Rodrigo Maia,...

Entretenimento39 minutos atrás

Giuliana Morrone, âncora da Globo, sofre grave lesão na perna

Neste sábado (16), Giuliana Morrone causou preocupação entre seus seguidores no Instagram ao declarar que teve um problema de saúde....

Entretenimento39 minutos atrás

Empresa pagará US$ 1 mil para quem assistir 24 filmes de Natal em 12 dias

Quem gosta de filmes românticos de Natal vai adorar saber que é possível ganhar dinheiro com isso. Uma empresa está...

Entretenimento39 minutos atrás

Quem é a mãe? Pedro Scooby será pai de novo, diz amigo

Após passar por uma situação de quase morte nos últimos dias, uma novidade positiva começou a rondar a vida de...

Entretenimento39 minutos atrás

Grávida do primeiro filho, Marília Mendonça se compara ao Shrek

Marília Mendonça está na reta final da sua primeira gravidez e anunciou esta semana que, por orientação médica, não vai...

Entretenimento39 minutos atrás

Justiça nega indenização a Kadu Moliterno em processo contra Luana Piovani

arrow-options Divulgação Kadu Moliterno entrou com um processo por danos morais contra Luana Piovani após declarações em vídeo, mas perdeu...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana