conecte-se conosco


Polícia Federal

PF combate invasão de terras da União

Publicado

em

Porto Velho/RO – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (10/9) a Operação Bom Futuro, com o objetivo de desarticular a organização criminosa responsável por inúmeras atividades ilícitas na ocupação de área de aproximadamente 500 hectares em Unidade de Conservação Federal, precipuamente a invasão de terras da União, com seu loteamento e desmate ilegais.

Policiais federais cumprem quatro mandados de prisão preventiva e quatro mandados de busca e apreensão, expedidos pela 5ª Vara da Justiça Federal de Porto Velho/RO. Além disso, a Justiça Federal de Porto Velho/RO decretou o bloqueio e sequestro de bens dos investigados, bem como autorizou a destruição de máquinas e equipamentos encontrados em locais proibidos, quando a medida for necessária para evitar o uso indevido ou diante da impossibilidade de guarda e transporte.

O inquérito policial foi instaurado em novembro de 2018 com o escopo de apurar a existência de um grupo criminoso organizado responsável por lotear e desmatar uma extensa área situada no interior da Floresta Nacional do Bom Futuro – Flona Bom Futuro, após a efetivação de seguidas prisões de invasores pelos órgãos de fiscalização, em parcela denominada ACAMPAMENTO BOA ESPERANÇA.

Durante as investigações, foram qualificados e identificados os líderes do grupo, responsáveis pelo cadastramento das famílias, pelo recolhimento das mensalidades dos invasores, pela organização do acampamento (inclusive compra de mantimentos para os acampados), pela demarcação dos lotes e por toda degradação ambiental necessária à instalação das famílias, bem como a contratação de advogados para a defesa daqueles presos durante as fiscalizações.

Em 2013, essa mesma área hoje ocupada pelo ACAMPAMENTO BOA ESPERANÇA, foi objeto de invasão e, diante da gravidade da situação, foi deflagrada uma grande operação de retomada da área, oportunidade em que foram conduzidos mais de 10 invasores, apreendidas 18 motocicletas e destruídos os acampamentos. Como represália, os invasores destruíram todas as pontes, isolando os servidores públicos, incendiaram um caminhão do ICMBio, colocando em risco a vida dos policiais militares que tentavam proteger o patrimônio público.

Os investigados responderão pelos crimes de estelionato, incitação ao crime, associação criminosa, invasão de terras públicas, dano à unidade de conservação, desmate ou degradação de floresta em terra pública, organização criminosa agravada, cujas penas máximas ultrapassam 30 anos de prisão.

Os presos, após interrogados, serão encaminhados para o sistema prisional estadual em Porto Velho/RO onde permanecerão à disposição da Justiça Federal.

 

Leia mais:  PF combate estupro de vulneráveis e divulgação de pornografia infantil

REINTEGRAÇÃO DE POSSE – A operação BOM FUTURO ocorre concomitantemente ao cumprimento da ordem de reintegração de posse do citado ACAMPAMENTO BOA ESPERANÇA (situado no interior da FLONA BOM FUTURO), expedida pela da 5ª Vara da Justiça Federal de Porto Velho/RO, a partir de ação ajuizada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBIO. A reintegração de posse está sendo efetivada em uma ação conjunta da Polícia Militar e Bombeiros do Estado de Rondônia, Polícia Federal, ICMBIO e Ministério Público Federal, com apoio logístico do Exército Brasileiro e da Prefeitura de Porto Velho/RO, totalizando mais de 200 agentes públicos.

 

 

Contato (69) 3216-6242

Comentários do Facebook
publicidade

Polícia Federal

Operação Finito combate disseminação de pornografia infantojuvenil

Publicado

em

São Paulo/SP – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (22/1) a Operação Finito, com o objetivo de combater a disseminação de conteúdo contendo pornografia infantil. Policiais federais cumpriram mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal de Barueri e de São Bernardo do Campo, em endereço localizado na cidade de Itapevi/SP.

A investigação iniciou-se por meio do monitoramento de grupo de aplicativo de mensagens, que, segundo informações obtidas pela INTERPOL, é muito utilizado por pedófilos de vários países, inclusive do Brasil, para a obtenção e troca de imagens de pornografia infantil.

No local da busca, após análise de câmeras e celulares e de HD dos computadores dos investigados, foi possível confirmar a presença de material pornográfico envolvendo crianças, razão pela qual lavrou-se a prisão em flagrante de um indivíduo.

A pena pela divulgação de imagens pornográficas envolvendo crianças e adolescentes é de 3 a 8 anos de prisão. O preso foi conduzido ao sistema prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Comunicação Social da Polícia Federal em São Paulo

Contato: (11) 3538-5013 (Atendimento exclusivo a jornalistas)
E-mail: [email protected]

Comentários do Facebook
Leia mais:  PF combate fraudes na cobrança de royalties da exploração mineral
Continue lendo
Tecnologia14 minutos atrás

Vazamento expõe dados de 250 milhões de clientes da Microsoft

arrow-options Agência Brasil Dados de clientes Microsoft vazaram Bancos de dados da Microsoft configurados incorretamente expuseram 250 milhões de dados...

Esportes40 minutos atrás

Após golear Paraguai, Brasil encara Bolívia em torneio de handebol

O Brasil aplicou uma goleada de 46 a 19 sobre a seleção do Paraguai no jogo de estreia do Campeonato...

Esportes40 minutos atrás

Judocas brasileiros abrem ano olímpico no Grand Prix de Tel Aviv

A seleção brasileira de judô estreia na madrugada desta quinta-feira (23) no Grand Prix de Tel Aviv, em Israel, a...

Esportes40 minutos atrás

Grêmio vence Oeste e está na final da Copinha

O Grêmio derrotou o Oeste por 1 a 0, nesta quarta (22) na Arena Barueri, e garantiu vaga na final...

Mulher40 minutos atrás

O que seu signo reserva: confira o horóscopo desta quinta-feira, 23 de janeiro

arrow-options Marcelo Dalla O horóscopo do dia te ajuda a saber como agir em frente as situações da vida Leia...

Saúde40 minutos atrás

Secretaria de Saúde suspeita de coronavírus em Belo Horizonte

A Secretaria de Saúde de Minas Gerais investiga suspeita do primeiro caso de coronavírus no Brasil. Trata-se de uma mulher...

Saúde40 minutos atrás

Anvisa decide simplificar acesso a medicamentos de canabidiol

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) simplificou a importação de medicamentos à base canabidiol. Em decisão tomada hoje (22)...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana