conecte-se conosco



Polícia Federal

PF combate fraudes em contratos de TI em órgãos federais

Publicado

em

Brasília/DF – A Polícia Federal deflagrou, com o apoio da Controladoria-Geral da União – CGU, nesta terça-feira (19/11) a Operação Vaporware, destinada a apurar irregularidades na execução de contrato para aquisição de ferramenta de gestão de contratos.

Estão sendo cumpridos 11 mandados de busca e apreensão em empresas de TI, residência de empresários, servidores e ex-servidores públicos, no Distrito Federal e em São Paulo. Além disso, a Justiça Federal do DF deferiu diversas medidas cautelares, como o afastamento de servidores da função pública, impedimento de empresas de licitar e contratar com o poder público e bloqueio de bens e valores.

O referido contrato tem origem na adesão a uma Ata de Registro de Preços – ARP. Essa ata também originou adesões por outros órgãos e entidades federais e de outras esferas, abrangendo recursos da ordem de cerca de R$ 71 milhões.

Conforme apontado pela CGU as irregularidades encontradas se repetiram em outros órgãos contratantes, além disso, a ata, que permitiu as adesões posteriores, teria sido direcionada para favorecer a empresa investigada. O prejuízo já apurado supera R$ 27 milhões, podendo chegar a mais de R$ 70 milhões.

Os envolvidos responderão pelos crimes de fraude em licitação, peculato, corrupção passiva e tráfico de influência.

O termo Vaporware se refere a um software ou hardware que é anunciado por um desenvolvedor, mas que nunca é lançado ou efetivamente desenvolvido.

 

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Distrito Federal

Contato: (61) 2024-7557

[email protected]

Comentários do Facebook

Polícia Federal

PF combate o contrabando na fronteira com a Argentina

Publicado

em


.

Dionísio Cerqueira/SC – A Polícia Federal deflagrou hoje (14/7), com apoio da Força Nacional de Segurança e da Polícia Rodoviária Federal, duas ações de combate ao contrabando e descaminho de produtos estrangeiros na fronteira com a Argentina.

Na primeira ação, foi dado cumprimento a 2 mandados de prisão preventiva e a 9 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo Federal de  Chapecó/SC, além de medida de sequestro de automóveis, contra integrantes de um grupo criminoso que atua na fronteira praticando o contrabando de camarão e o descaminho de vinhos argentinos, dentre outros produtos. Um dos locais de busca é uma oficina mecânica que é utilizada pelo grupo para a manutenção dos veículos utilizados na prática criminosa.

Na segunda ação, estão sendo cumpridos 4  mandados de busca e apreensão e 1 de sequestro de automóvel expedidos pelo Juízo da 3ª Vara Federal em Foz do Iguaçu/PR, na continuidade de investigação iniciada em 31/01/2020, quando policiais militares de Barracão/PR e Dionísio Cerqueira/SC localizaram um depósito de camarão congelado e vinhos argentinos na área urbana de Barracão/PR, tendo sido obtidos fortes indícios de que três dos envolvidos naquele evento,  que haviam empreendido fuga, fazem parte do grupo criminoso acima referido.

Os mandados judiciais estão sendo cumpridos em endereços localizados nos municípios de Dionísio Cerqueira/SC, Guarujá do Sul/SC e Barracão/PR.

De acordo com o que foi apurado nas investigações, eram utilizados veículos locados com fraude e não restituídos, tendo também sido constatada a utilização de carros furtados/roubados ou que possuíam restrições decretadas judicialmente. Em muitos desses veículos foi constatada a utilização de placas falsas e a instalação de rádios transceptores, utilizados tanto para acompanhar as comunicações das forças policiais como para comunicação entre os integrantes do grupo durante as empreitadas criminosas, nas quais costumavam ser utilizados “batedores”.

No período abrangido pela investigação, em diversas ocorrências atendidas pelas forças policiais, foram apreendidos, com apoio da Receita Federal, 19 veículos, 850 caixas de vinho e grandes quantidades de camarão, desodorantes, cigarros e “papel seda”.

Os integrantes da organização criminosa são investigados pelos crimes dos arts. 334 (descaminho), 334-A (contrabando), 180 (receptação), 304 (uso de documento falso) e 288 (associação criminosa) do Código Penal, bem como do art. 70 da Lei nº 4.117/62 (crime de telecomunicações).

Delegacia de Polícia Federal em Dionísio Cerqueira/SC

(49) 3644-6300

 

Comentários do Facebook
Continue lendo
Política14 minutos atrás

Bolsonaro com Covid-19: Novo teste do presidente é adiado

Reprodução/TV Brasil Jair Bolsonaro está isolado no Palácio da Alvorada A Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) da Presidência informou,...

Tecnologia19 minutos atrás

WhatsApp enfrenta instabilidade e fica indisponível para usuários

    O WhatsApp apresentou instabilidade na tarde desta terça-feira (14) e saiu do ar para vários usuários. O número...

Saúde19 minutos atrás

São Paulo registra 417 mortes pelo novo coronavírus em um dia

. O estado de São Paulo contabilizou 417 óbitos pelo novo coronavírus em 24 horas, segundo boletim divulgado hoje (14)....

Policial19 minutos atrás

Homem com mandado de prisão em aberto é preso pela PRF em Guarapari/ES

. Abordagem foi realizada na manhã desta terça-feira (14) no KM 345 da BR 101. O veículo também foi apreendido....

Política19 minutos atrás

Aprovada urgência para fomento à inclusão digital

. Tramita em regime de urgência o Projeto de Lei (PL) 387/2020, de Marcos Garcia (PV), que institui campanha de...

Mulher19 minutos atrás

Flávia Pavanelli e mais: elas que deram o que falar com procedimentos estéticos

Nesta terça-feira (14), o nome da influenciadora digital  Flávia Pavenelli amanheceu como um dos assuntos mais comentados do Twitter ....

Policial19 minutos atrás

Polícia Civil prende suspeito e apreende adolescentes em Jerônimo Monteiro

. Uma equipe composta por policiais civis das Delegacias de Polícia (DP) de Jerônimo Monteiro, Castelo e Guaçuí, e da Delegacia Regional...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!