conecte-se conosco


Polícia Federal

PF apura esquema criminoso de lavagem de dinheiro em SC

Publicado

em

Florianópolis/SC – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (5/12) a Operação Hooponopono, visando combater o crime de lavagem de dinheiro por investigado da Operação Água de Prata, deflagrada em 17/05/2016.

Estão sendo cumpridos 15 mandados de busca em apreensão, em endereços localizados nos municípios de Florianópolis/SC, Joinville/SC, Blumenau/SC, Vitor Meirelles/SC, São José do Cerrito/SC e Curitiba/PR, bem como ordens judiciais de sequestro de bens e de bloqueio de contas bancárias.

Cerca de 68 policiais federais, em conjunto com 8 auditores fiscais da Receita Federal, estão atuando nesta fase da investigação, cujo objetivo é arrecadar novos elementos de convicção, que de outra maneira não poderiam ser obtidos, a fim de tentar descortinar o grau de participação dos envolvidos no branqueamento de capitais.

A Operação Água de Prata teve o objetivo de reprimir organização criminosa, que estaria infiltrada em diversas prefeituras municipais da região do extremo sul de Santa Catarina, desviando recursos públicos obtidos através de convênios com a União para obras de saneamento do PAC II.

Documentos apreendidos naquela ocasião indicavam que servidor público estaria ocultando patrimônio supostamente de origem ilícita, o que deu origem à nova investigação, levada a efeito em conjunto com a Receita Federal, restando evidenciado que um grupo de indivíduos estaria, em aparente unidade de esforços, atuando para ocultar ou dissimular a origem de recursos obtidos de forma ilícita.

Os envolvidos poderão ser indiciados pela prática do crime de lavagem de dinheiro, cuja pena máxima é de 10 anos de reclusão, bem como por associação criminosa, cuja pena pode chegar a 3 anos de prisão.

O nome desta fase da operação é uma referência a uma prática havaiana antiga. Hooponopono, cuja tradução livre pode ser “corrigir um erro” ou “tornar certo o que está errado”, é uma técnica de autoconhecimento e que visa à cura espiritual, emocional e física. No âmbito da investigação, está relacionada à busca da verdade real e correção do enriquecimento ilícito verificado na operação.

Leia mais:  PF prende duas mulheres por tráfico de drogas

 

Comunicação Social da PF em Santa Catarina

cs.srsc@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

Contato: (48) 3281-6694

Comentários do Facebook
publicidade

Polícia Federal

Frentista é preso suspeito de abusar sexualmente da filha e de uma criança de 2 anos

Publicado

em

O suspeito, de 33 anos, que não teve a identidade revelada, reagiu à prisão e tentou destruir computadores que haviam sido apreendidos e seriam analisados pela PF

Um frentista foi preso em flagrante nesta sexta-feira (17), no interior de São Paulo, em uma operação da Polícia Federal (PF) para identificar suspeitos de produzir e distribuir arquivos com conteúdo de abuso sexual de crianças e adolescentes na internet.

O suspeito, de 33 anos, que não teve a identidade revelada, reagiu à prisão e tentou destruir computadores que haviam sido apreendidos e seriam analisados pela PF.

Segundo o delegado regional de investigação e combate ao crime organizado da Polícia Federal Marcelo Ivo de Carvalho, o frentista abusou sexualmente da filha, de 7 anos, e de um menino de dois anos, filho da companheira dele. “Foram verificadas as redes sociais utilizadas por esse indivíduo e coletou-se que ele demonstrava desejo por praticar abusos contra crianças e em relação à sua filha”, contou.

De acordo com o delegado, foi descoberta a participação de mulheres no esquema de produção de material pornográfico envolvendo crianças, prática considerada incomum. “Ele [o preso] mantinha contato com mulheres e as convencia a participar dos vídeos. As mulheres participavam de atos libidinosos, tocavam as crianças e praticavam sexo com elas”, declarou o delegado da PF Marcelo Ivo de Carvalho.

O frentista foi indiciado por estupro de vulnerável, além do registro, manutenção e difusão de fotos e imagens de crianças na internet — peritos também encontraram material em sites da deep web.

Investigação

A investigação teve início em março deste ano, após a prisão de um casal que abusava de crianças da própria família em um país do leste europeu, com o apoio da Interpol. Os suspeitos registravam e compartilhavam vídeos das práticas na internet.

A partir do material apreendido, os policiais federais observaram que havia conteúdo produzido por brasileiros. O material foi enviado para o serviço de repressão a crimes cibernéticos, em Brasília, para identificar e localizar os suspeitos, em conjunto com a Superintendência da PF em São Paulo.


(*R7)

Comentários do Facebook
Leia mais:  PF prende homem acusado de falsificação de documentos e lavagem de dinheiro
Continue lendo
Entretenimento14 minutos atrás

O rei das protagonistas! As dez mulheres de Walcyr Carrasco

Prestes a estrear mais uma novela de sua autoria, Walcyr Carrasco possui um currículo extenso de novelas na Globo. Desde...

Esportes5 horas atrás

Jorge Sampaoli é perseguido por ciumentos da própria classe de trabalho

Levir Culpi, técnico de trabalhos medíocres recentemente, disse que Jorge Sampaoli será o novo comandante da Seleção. Segundo Culpi, que...

Entretenimento6 horas atrás

Reconstrução dá o tom do MECAInhotim, quatro meses após tragédia em Brumadinho

Logo na entrada de Brumadinho (MG), uma exposição de camisas e uniformes sujos de lama lembra que essa é uma...

Entretenimento6 horas atrás

Virada Cultural de São Paulo atrai cinco milhões de pessoas

A Virada Cultural aconteceu neste final de semana, 18 e 19, em São Paulo, e, segundo o prefeito Bruno Covas,...

Nacional7 horas atrás

Entenda os últimos acontecimentos da quebra de sigilo de Flávio Bolsonaro

Edilson Rodrigues/Agência Senado – 9.5.19 MP investiga suspeitas de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa no gabinete de Flávio...

Entretenimento7 horas atrás

Faustão choca telespectadores e anuncia fim do Domingão na Globo

O apresentador Fausto Silva fez uma revelação que deixou seus fãs chocados e arrasados na noite deste domingo em seu programa da...

Regional7 horas atrás

Menino de 2 anos é baleado pelo próprio pai no Norte no ES

Homem é acusado de tentar matar a esposa e, ao atirar, acabou atingindo o próprio filho Uma criança de 2...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana