conecte-se conosco


São Mateus

Petrocity: programa vai capacitar 3 mil no Norte do Estado

Publicado

em

Primeiro município beneficiado é Conceição da Barra, onde o Petrocity Social será lançado na próxima semana, com dez cursos de qualificação profissional

SÃO MATEUS (ES) – Através do Programa Petrocity Social, a Petrocity Portos S.A. vai capacitar 3 mil pessoas em cursos tecnológicos de ponta nas áreas de operação de porto e de ferrovia, segundo anunciou esta semana o presidente da empresa, José Roberto Barbosa da Silva. Serão 10 áreas diferentes e cada curso terá duração de 70 a 120 horas/aula, e serão aplicados nos próximos 12 meses.

O programa será lançado na próxima sexta-feira (24), às 10 horas, em Conceição da Barra, mas será desenvolvido nos 28 municípios do Norte do Estado, segundo informações da empresa. No mesmo dia, às 18 horas, José Roberto participa, em Barra de São Francisco, de uma audiência pública a ser realizada pela Câmara de Vereadores com o objetivo de levar informações sobre os dois projetos à população da cidade.

“Nosso programa será a maior referência em formação tecnológica, privada e gratuita, do Estado. Promoveremos a inovação, inclusão digital e social. Nosso objetivo é a formação de profissionais não apenas para trabalhar no porto e na Ferrovia, mas também em empresas do Norte e Noroeste, Sul da Bahia e Leste de Minas Gerais”, disse José Roberto.

COOPERAÇÃO

A plataforma de qualificação, que terá certificação para os participantes, está sendo desenvolvida junto com a Cisco Brasil, especializada em digitalização, e a Nexa Tecnologia, que são duas das empresas parceiras da Petrocity no Complexo Portuário de São Mateus, a ser construído em Urussuquara. Essas empresas serão responsáveis por toda a parte tecnológica do porto e, depois, da Estrada de Ferro Minas-Espírito Santo.

De acordo com José Roberto Barbosa, haverá parcerias com o poder público em todos os municípios. Em Conceição da Barra, o programa será desenvolvido junto com a Prefeitura, que tem interesse também em capacitação para gestores públicos. O programa Petrocity Social vai capacitar duplicadores locais e acompanhar o processo de capacitação.

“Nossa proposta é criar uma nova mentalidade de prestação de serviços na região. Inicialmente, no setor privado, mas buscamos parcerias para que isso se estenda também ao setor público. Temos conversado com os prefeitos para incentivá-los a melhorarem a qualidade de sua prestação de serviços. Teremos enorme impacto no desenvolvimento regional e é preciso qualificação para receber quem chega”, disse José Roberto.

No dia 31 de maio, a equipe da Petrocity estará em Mantena para a realização do Seminário de Desenvolvimento em parceria com a Associação dos Municípios do Leste de Minas. Será um evento nos mesmos moldes do que foi realizado em Governador Valadares e reunirá representantes das classes política e empresarial. De acordo com Barbosa, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), já confirmou presença no evento.

O objetivo do evento, segundo o CEO da Petrocity, é fazer uma exposição do projeto do porto de São Mateus e também da nova ferrovia ligando o terminal a Sete Lagoas (MG). Novos estudos de traçado estão sendo desenvolvidos sob responsabilidade da engenheira Ana Flávia Azeredo, considerando acompanhar o leito da BR 381, que será duplicada entre Belo Horizonte e Governador Valadares, conforme já anunciado pelo ministro Tarciso Gomes de Freitas, ministro da Infraestutura.


(*Série de reportagens produzidas pelo jornalista José Caldas da Costa sobre os impactos dos projetos da Petrocity na economia do Norte e Noroeste do Espírito Santo)

 

Leia mais:  Tite convoca seleção para Copa América e deixa Vinícius Júnior e Lucas fora

Comentários do Facebook
publicidade

São Mateus

Casos de Dengue hemorrágica em São Mateus deixa população em alerta

Publicado

em

SÃO MATEUS (ES) – O registro de três casos de dengue hemorrágica em São Mateus, conforme admitiu a diretora do Hospital Roberto Silvares Vanete Timóteo, acende uma luz no fundo do poço e exige das autoridades rapidez na busca pela prevenção como campanha de conscientização da população de como evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Vale lembrar que o mosquito não transmite apenas a Dengue como chikungunya e o vírus zika.

Enquanto o município evita se aprofundar na questão com divulgação de dados que mantenham a população informada sobre o surto da dengue em São Mateus, a Câmara de Vereadores, através dos vereadores Jozail do Bombeiro (PTB), Carlos Alberto Alves (PSB) e o presidente do Legislativo Jorginho Cabeção, que compõem a Mesa Diretora, se juntaram para pedir providências da Secretaria Municipal de Saúde.

A situação é preocupante e soa nos quatro cantos da cidade a dificuldade do município em combater eficazmente o surto com medidas. Em função da situação, Jorginho Cabeção sugeriu que o secretário de Saúde Henrique Luiz Folador fosse chamado à Câmara para explicar o que tem sido feito. Já passam de dois mil o número de casos suspeitos da Dengue comum no município e a situação fica mais grave quando se confirma os casos de hemorrágica que foram atendidos no Hospital Roberto Silvares.

Mesmo antes do convite, o secretário, ouvido pela reportagem nesta quinta-feira (13) adiantou que o município tem feito sua parte com palestras nas comunidades e carro fumacê. Mas evitou informar oficialmente quantos casos foram notificados e confirmados este ano em São Mateus. “Esses números só a Secretaria de Estrado da Saúde pode divulgar”, resumiu Folador.

LEVANTAMENTOS OFICIAIS

O aumento do número de casos de dengue em São Mateus foi um dos assuntos dominantes, em plenário, na sessão da Câmara, de terça-feira (11) de junho.

De acordo com levantamento da SESA (Secretaria de Estado da Saúde) levado à tribuna  pelo vereador Jozail do Bombeiro, de janeiro até agora, foram registrados 2.078 casos de dengue no município. De quatorze cidades da região, oito estão em estado de alerta.

Autor de indicações ao Chefe do Poder Executivo em 2018 para limpeza de terrenos baldios e para intensificar o carro fumacê, principalmente em Guriri, onde está a maior incidência, pela quantidade de imóveis fechados, o vereador afirmou que não foi atendido. “Nada disso foi feito, mas a gente não pode ficar de braços cruzados, o município tem que fazer a parte dele e a população tem que cumprir também o seu papel, combatendo todo dia os focos do mosquito transmissor da doença”, disse.

Para o vereador Carlos Alberto Gomes é preciso colocar mais carros fumacê em ação nos bairros. “A nossa preocupação é que veio a chuva de novo, aí o mosquito volta. Estamos com epidemia de dengue em São Mateus e só um carro fumacê não funciona, precisamos de dois ou três e a população também precisa fazer a parte dela”, lembrou o vereador.

Leia mais:  Megaoperação busca mil suspeitos de homicídio e estupro em todo o país

Ele alertou também sobre o perigo da dengue hemorrágica, estágio mais grave da doença, que ocorre quando a pessoa infectada com o vírus da dengue sofre alterações na coagulação sanguínea. Se a doença não for tratada com rapidez, pode levar à morte. “Um funcionário do meu filho pegou dengue hemorrágica, uma situação gravíssima, com sangramento, diminuição muito grande das plaquetas no sangue e a boca sangrando E este não é o primeiro caso.

AÇÕES INTEGRADAS

Uma das sugestões apresentadas é convidar o secretário municipal de saúde e o superintendente estadual para discutirem com os vereadores ações integradas para enfrentar o problema.

COMBATE

Segundo o líder do governo na Câmara, Francisco Amaro  a secretaria de saúde do município está atenta ao combate ao mosquito. “Estão fazendo mutirões e campanhas de conscientização. O carro fumacê parou porque faltou inseticida, que estava em falta em todo o Brasil, mas já voltou a atender a população”, explicou o vereador.

Quanto ao questionamento dos parlamentares em relação à falta de fiscalização dos terrenos baldios, responsáveis por boa parte dos focos do mosquito, que se reproduz facilmente em pneus e garrafas plásticas depositados nestes locais, Francisco Amaro responsabilizou os proprietários pelo descuido. “A prefeitura tem fiscalizado, notificando o dono que não faz a limpeza. Mas aí o proprietário não paga a multa e o débito vai para a dívida ativa. A gente tem essa dificuldade”, admitiu.

PREVENÇÃO

A melhor forma de evitar a dengue é acabar com os criadouros.

O Aedes aegypti é um mosquito doméstico. Ele vive dentro de casa e perto do homem. Com hábitos diurnos, o inseto se alimenta de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução acontece em água limpa e parada, a partir da postura de ovos pelas fêmeas.

Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Nacional34 minutos atrás

PMs são alvos de operação contra quadrilha de sequestradores no Rio

Reprodução/TV Globo Para a polícia, PMs envolvidos se organizam como uma verdadeira “empresa do crime de sequestro” Um PM foi...

Nacional34 minutos atrás

Fugitivo sofre roubo, procura polícia e acaba preso com ladrão no interior de SP

Divulgação/Polícia Civil Ao consultar os antecedentes criminais da vítima de roubo, policiais constataram que se tratava de um fugitivo Ladrão...

Nacional34 minutos atrás

Universidades vão ajudar na recuperação da bacia do Rio Doce

Fred Loureiro/Secom/ES – Arquivo Imagem aérea mostra a lama no Rio Doce, na cidade de Resplendor, Minas Gerais Universidades de...

Nacional34 minutos atrás

Uso de simulador para obtenção de CNH passa a ser facultativo

Divulgação/Ministério das Cidades Aulas em simuladores deixarão de ser obrigatórias para a obtenção da carteira de motorista Resolução do Conselho...

Nacional34 minutos atrás

Motorista de aplicativo morre atingido por bloco de concreto arremessado no Rio

Reprodução Delegacia de Homicídios apura o caso; bloco de concreto atingiu motorista em cheio no peito Era madrugada de sexta...

Nacional34 minutos atrás

Vaticano propõe que homens casados possam ser padres na Amazônia

Agência Ansa Papa Francisco O Vaticano divulgou nesta segunda-feira (17) o documento preparatório para o Sínodo dos Bispos sobre a...

Economia2 horas atrás

Após demissão de Levy e embates entre Maia e Guedes, dólar opera instável

O dólar comercial voltou a operar de forma instável nesta segunda-feira (17). A moeda americana abriu os negócios em alta,...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana