conecte-se conosco


São Mateus

Petrocity: empresa pede licença ambiental para construir ferrovia

Publicado

em

SÃO MATEUS (ES) – Enquanto a construção do Centro Portuário de Urussuquara entra em sua fase final para início das obras, o segundo projeto da Petrocity Portos S.A. começa a ganhar corpo: a criação e construção da Estrada de Ferro Minas-Espírito Santo, ligando o porto de São Mateus a Sete Lagoas (MG), numa extensão de 560km. O pedido de concessão já está no Ministério da Infra-Estrutura e, agora, a empresa vai entrar no Ibama nos próximos dias com o pedido de aprovação do termo de referência de licença ambiental também para a ferrovia.

O anúncio foi feito pelo presidente da Petrocity, José Roberto Barbosa da Silva, depois do seminário realizado em Governador Valadares, no último dia 16, para apresentar os dois projetos – do porto e da ferrovia – para lideranças políticas, empresariais e comunitárias da região de influência daquele município. O evento obteve grande repercussão, com reportagens de capa nos principais jornais e destaque também nos telejornais das concessionárias da Globo e da Rede Record.

“O seminário em Governador Valadares chamou a atenção dos mineiros e, agora, a Associação de Prefeitos do Leste de Minas também quer que realizemos um seminário para expor o projeto. O mesmo pedido recebemos do prefeito de Barra de São Francisco, Alencar Marim, para reunir lideranças e prefeitos da região Noroeste em sua cidade. Depois de entrarmos com o termo de referência, vamos procurar os municípios objetivando obter sua anuência para o projeto”, disse José Roberto.

NOVO TRAÇADO
De acordo com o CEO da Petrocity, está se desenhando um novo traçado para a ferrovia, margeando a BR 381. “Há um grande entusiasmo em Minas Gerais com os nossos projetos, considerados por eles como a redenção da economia das cidades do Leste de Minas. O anúncio da duplicação da BR 381, entre Belo Horizonte e Governador Valadares, feita pelo ministro Tarcísio Freitas entusiasmou as lideranças locais e isso vai abrir um novo corredor de exportação até o porto da Petrocity”, disse José Roberto.

O líder da bancada mineira na Câmara Federal, deputado Diego Andrade (PSD), disse que foi pedido um detalhamento sobre os investimentos na BR e uma reunião com o diretor do DNIT foi marcada para a próxima semana.

“A ideia é buscar concessões não onerosas, em que o menor preço do pedágio administra a rodovia e faz os investimentos necessários. Enquanto não tiver duplicado, o pedágio cobrado é menor, quando for duplicado o pedágio aumenta”, disse Andrade.

José Roberto de Oliveira disse que a Estrada de Ferro Minas-Espírito Santo deverá ter sua primeira etapa, ligando o porto a Governador Valadares, concluída até 2025: “Com a duplicação da BR 381, poderemos fazer uma perfeita integração dos modais rodoviário e ferroviário para fazer as mercadorias chegarem ao porto para exportação e no sentido contrário a interiorização de importações, imprimindo uma nova dinâmica na economia”.

Nas próximas semanas, segundo José Roberto, começam a ser contratadas as pessoas para executarem os estudos objetivando “sair do conceitual e entrar na fase dos projetos, com levantamentos topográficos e definições de coordenadas e poligonais”. Antes, ele irá a Belém (PA) conhecer as instalações do novo porto da cidade.

AREA PORTUÁRIA
A Agência Nacional de Transportes Aquaviários – ANTAQ já reconheceu como “área portuária” a área apresentada pela Petrocity em Urussuquara para construção do Centro Portuário e, na última segunda-feira (15), publicou o chamamento público para eventuais interessados na construção de um porto na região, com base no pedido feito pela Petrocity Portos S.A. e protocolado na agência no dia 6 de novembro de 2018, para construção e exploração de um terminal portuário privativo. O prazo é de 30 dias.

De acordo com esse documento, o terminal possui área aproximada de 1.575.774,06 m² , e irá movimentar como carga própria. Serão investidos R$ 3.113.664.063,32 (três bilhões cento e treze milhões seiscentos e sessenta e quatro mil sessenta e três reais e trinta e dois centavos), com capacidade instalada de 11 milhões de toneladas.

O perfil das cargas a serem movimentadas (granel líquido e gasoso/granel sólido/carga conteinerizada – discriminando as principais mercadorias que pretende movimentar). As principais mercadorias serão rochas ornamentais minerada e extraída nas regiões Norte e Noroeste do Estado do Espírito Santo e no entorno, em um ranger de 300km, com influência sobre o sul da Bahia e parte de Minas Gerais.

Projeta-se, ainda, grande movimentação de contêineres, carga preponderante no estudo, que engloba cargas diversas produzidas nas citadas regiões para exportação, além de produtos diversas importados, que serão movimentados para atender a demanda interna. Da agricultura, virá a forte produção de café, coco, gado de corte e da indústria leiteira com seus subprodutos.
A matriz de carga prevista para o transporte até o terminal será o transporte rodoviário, tendo com o principal eixo a BR101 e a ES423, que liga a BR 101 ao CPSM .

“Posso assegurar que os processos para início das obras do porto estão bem adiantados. Entregamos todas as informações complementares que o Iema pediu no Espírito Santo e, agora, vamos apenas aguardar a emissão da licença ambiental para, em seguida, obtermos a licença de instalação para que as empresas contratadas possam começar a trabalhar. Então, o Centro Portuário de São Mateus vai sair dos projetos para a concretização e poderá ser construído em dois anos”, disse José Roberto, “com financiamento do Fundo Soberano de Abu Dabi”.

Previsão de cargas
Tipo de carga                                Inicial (primeiro ano)        Final (décimo Ano)
Rochas Ornamentais                     1.770.000 ton                   3.300.000 ton
Contêineres                                   11.300.000 ton                19.210.000 ton
Rali On Rali Off                                  158.400 veículos             475.200 veículos
Suplly                                                  155.100 ton                  1.163.250 ton

Comentários do Facebook
Leia mais:  Casagrande quer discutir concessão do Saae de São Mateus para a Cesan no Palácio Anchieta
publicidade

São Mateus

Vereador Carlos Alberto denuncia compra de livros por quase R$ 1,5 milhão na prefeitura de São Mateus

Publicado

em

Uma denúncia formulada esta semana na sessão da Câmara de São Mateus, pelo vice-presidente Carlos Alberto Gomes Alves (PSB) de superfaturamento da prefeitura na compra de livros, está a caminho de desencadear uma ação. É que o denunciante acionou o Ministério Público Federal (MPF) para apurar gastos de R$ 1,495 milhão no pagamento, por meio da Secretaria de Educação.

O Ministério Público do Espírito Santo (MP-ES), por meio da Promotoria de Justiça de São Mateus, informou que também recebeu denúncia referente ao caso citado, mas não deu detalhes sobre a tramitação do caso.

Projeto Escola+

A Prefeitura de São Mateus esclareceu que não foram adquiridos só livros, o investimento faz parte do Projeto Escola+, e o recurso vindo do Ministério da Educação (MEC) aplicado garante formação dos professores, formação dos pais, testes psicométricos (diagnósticos) de avaliação dos alunos, aulas no contraturno escolar e também a compra de livros.

Os livros, adquiridos em fevereiro deste ano e recebidos em março, foram destinados a todos os estudantes das escolas de ensino fundamental do município que cursam do 5º ao 8º ano. Cada um dos 4.300 alunos, de acordo com a prefeitura, recebeu um kit contendo quatro livros, sendo dois de Português e dois de Matemática, além do kit do professor.

“Esta ação faz parte da Iniciativa 90 dentro do Sistema do Plano de Ações Articuladas e como toda compra governamental precisa passar de acordo com Lei Geral de Licitações (nº 8666), neste caso como o município de Cariacica também recebeu a mesma a ação, o município de São Mateus aderiu à Ata de Registro de Preços da Prefeitura Municipal de Cariacica. Estes livros, assim como prevê a iniciativa, são destinados aos alunos e professores regulamente matriculados na rede municipal de São Mateus, cujo objetivo é melhorar e fortalecer a aprendizagem em Língua Portuguesa e Matemática dos estudantes do 5º ao 8º ano do ensino fundamental e, consequentemente, o desempenho desses alunos na Prova Brasil, que ocorrerá no final deste ano”, informou a prefeitura.

Prefeitura explica como foi a compra

A Prefeitura de São Mateus justificou que não foram adquiridos só livros com investimento de R$ 1,4 milhão vindo do Ministério da Educação (MEC) para um projeto educacional da cidade. Segundo ela, o recurso também foi usado na formação de professores, formação de pais, testes psicométricos (diagnósticos) de avaliação dos alunos, aulas no contraturno escolar.

“O investimento faz parte do Projeto Escola +, e o recurso aplicado garante formação dos professores, formação dos pais, testes psicométricos (diagnósticos) de avaliação dos alunos, aulas no contraturno escolar e também a compra de livros”, afirma.

A prefeitura também informou que o “Projeto Escola+” , que é desenvolvido por ela em parceria com o Ministério da Educação (MEC), “foi implantado no Município em dia 21 de março de 2019. Em 2019 vai atingir 4.300 estudantes de todas as turmas de 5º ao 8º ano da Rede Municipal de Educação para melhorar e fortalecer a aprendizagem em Língua Portuguesa e Matemática dos estudantes do 5º ao 8º ano do Ensino Fundamental”.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Abrigo para animais de rua recebe doações para construção de nova sede em São Mateus
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Agricultura44 minutos atrás

Feira da Agricultura Familiar leva otimismo para produtores

Considerada pelos produtores como a colheita do ano, a 21ª Feira da Agricultura Familiar na Expointer, que começou neste sábado...

Agricultura44 minutos atrás

Conclusão das Negociações do Acordo de Livre Comércio entre o MERCOSUL e a EFTA – Nota Conjunta dos Ministérios das Relações Exteriores, da Economia e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Foram concluídas nesta sexta-feira (23/08), em Buenos Aires, as negociações do acordo de livre comércio entre o MERCOSUL e a...

Entretenimento1 hora atrás

Fotos! Conheça Gabriela Valadares, vencedora de concurso de ‘tatoo’ e musa do Atlético-MG

Mineira, de 25 anos, vem fazendo sucesso nas Internet Minas Gerais – Dona de um belo corpo, Gabriela Valadares tem...

Esportes3 horas atrás

CBF e clubes definem novo modelo de fair play financeiro para 2020

arrow-options reprodução / Twitter Leila Pereira, presidente da crefisa, e Mauricio Galiotte, mandatário do Palmeiras A CBF e os clubes...

Nacional3 horas atrás

Pronunciamento de Macron sobre Amazônia irrita apoiadores de Bolsonaro

arrow-options Reprodução/Twitter/emmanuelmacron Emmanuel Macron Neste sábado (24), o presidente francês, Emmanuel Macron, pediu a “mobilização de todas as potências” em...

Nacional3 horas atrás

Forças Armadas iniciam combate às queimadas na Amazônia neste sábado

arrow-options Fernando Frazão/ABr Queimadas na Amazônia subiram 82% neste ano O governo federal anunciou que as ações das Forças Armadas...

Entretenimento3 horas atrás

Confira as principais novidades de Disney, Marvel e Lucasfilm na D23 Expo

As atenções dos fãs de cultura geek apontam para o D23 Expo, festival que acontece na Califórnia (EUA) e conta...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana