conecte-se conosco



Economia

Passou do limite? Marca lança moletons furados a bala sobre tiroteios em escolas

Publicado

em

moletons com furos de bala arrow-options
Reprodução/Instagram @bstroy.us

Modelos de moletons apresentam diversos furos para lembrar os tiroteios em escolas nos Estados Unidos

Se a ideia era colocar o dedo na ferida, a marca de streatwear norte-americana Bstroy acertou. Em seu desfile, ocorrido no último fim de semana em Nova York, modelos vestiam moletons com furos de balas e estampavam o nome das escolas onde os maiores ataques de atiradores aconteceram nos Estados Unidos.

Empresa se recusa a fazer convite de casamento gay e vence causa na Justiça

Os moletons citam, por exemplo, Columbine High School , onde 13 pessoas foram mortas em 1999, Virgínia Tech, onde 32 pessoas foram mortas em 2007, Sandy Elementary School, onde 26 pessoas morreram em 2012, e Marjory Stoneman Douglas High School, em que 17 foram mortos em 2018. As informações são do jornal americano Washington Post.

No domingo um dos donos da marca Brick Owens , postou fotos das roupas no Instagram com grande repercussão. Na terça-feira à tarde a publicação já estava bombardeada com críticas de sobreviventes de violência armada e familiares das vítimas.

Cervejaria se manifesta contra LGBT e “não teme perder clientes por isso”

“Em que cenário alguém poderia pensar que era uma boa idéia?”, Twittou Fred Guttenberg, cuja filha morreu no tiroteio de Stoneman Douglas . “Isso me deixa tão chateado”, acrescentou na rede social.



A tia de outro aluno que morreu em Parkland, na Flórida, disse à empresa: “Você deveria ter vergonha de aproveitar a morte dela para ganhar dinheiro”, afirmou.



Resposta

A Bstroy não respondeu imediatamente ãs mensagens de terça-feira, mas no Instagram, a empresa sugeriu que a linha de roupas , chamada Samsara, era para ser irônica.  “Às vezes a vida pode ser dolorosamente irônica”, se lê na publicação. 

“Como a ironia de morrer violentamente em um lugar que você considera um ambiente seguro e controlado, como a escola. Somos lembrados o tempo todo da fragilidade, falta e imprevisibilidade da vida, mas também somos lembrados de seu potencial infinito”, diz a postagem de Owens, em tradução livre.

Ver essa foto no Instagram

SAMSARA

Uma publicação compartilhada por (?). (@brickowens) em 15 de Set, 2019 às 11:35 PDT


O estilista também respondeu as críticas em um e-amil enviado ao programa “Today” da rede de televisão NBC. “Queríamos falar sobre a violência com armas por ser um tipo de violência que precisa de atenção preventiva”, escreveu o designer.

modelo com moleton arrow-options
Reprodução Instagram @brickowens

Coleção foi criticada nas redes sociais por familiares de vítimas dos tiroteios

Ele também sugeriu que críticas à coleção estavam enraizadas no preconceito, já que ele e seu sócio Dieter Grams são jovens homens negros. “Também está embutido o fato de que nossa imagem de jovens negros não é tradicionalmente creditada pela introdução de idéias de vanguarda”, escreveu. 

“Muitas pessoas supuseram que nossa mensagem era preguiçosa apenas por causa do que elas aprenderam sobre homens negros . Esses moletons foram feitos com todas essas intenções em mente e para explorar todas essas questões sociais”, acrescentou.

Comercialização

Inicialmente, a empresa declarou que as peças foram criadas como uma obra de arte e não deveriam ser vendidas. Porém, em seguida, a Bstroy afirmou que está considerando colocá-las à venda.

Veja também: Natura lança propaganda com beijo lésbico e internautas pedem boicote

“Os moletons só foram mostrados não vendidos e foram inicialmente destinados apenas ao desfile e não à venda, mas podemos mudar agora”, disse a empresa ao site the Cut.

Os críticos sugeriram que ganhar dinheiro  com a coleção seria um insulto aos sobreviventes. “Tão ofensivo !!”, twittou Christine Pelosi , uma autoridade do Comitê Nacional Democrata e filha da presidente da Câmara, Nancy Pelosi (D-Calif.), Em resposta ao post de Guttenberg. “Revolto ao ver bstroy monetizar sua dor.”


Os sócios fundaram a Bstroy em 2012.  A marca já realizou um desfile de moda em uma funerária, dizendo que suas roupas foram projetadas para um mundo pós-apocalíptico. 

Comentários do Facebook

Economia

BNDES cria programa de apoio às pequenas e médias empresas

Publicado

em


source

Agência Brasil

bndes
Arquivo/Agência Brasil

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social lançou programa de ajuda à pequenos empreendedores

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) criou o Programa BNDES Crédito Cadeias Produtivas, para atender a necessidade de capital de giro de pequenas e médias empresas (PMES) no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Leia:
Governo institui medida de acesso ao crédito para pequenas e médias empresas
Caixa deu R$ 6,3 bilhões em crédito para microempresas na pandemia

O Programa Crédito Cadeias Produtivas tem orçamento de R$ 2 bilhões e vai apoiar as PMEs por meio das chamadas empresas-âncora‚ que serão as beneficiárias diretas dos empréstimos. Caberá às empresas-âncora repassar o dinheiro para a sua cadeia de fornecedores, distribuidores ou franqueados.

“Estas PMEs ancoradas poderão usar esse capital de forma livre para se manter durante a crise”, disse o BNDES.

Os pedidos de empréstimos poderão ser feitos até o dia 30 de setembro. Os trâmites para a concessão de crédito seguirão a esteira de crédito emergencial, desenvolvida no Plano de Ação Emergencial de combate à pandemia da covid-19. O objetivo é agilizar o tempo usual de processamento de pleitos e garantir o rápido acesso das empresas aos recursos das ações durante a pandemia.

Condições

O banco esclareceu ainda que os recursos entregues às grandes empresas serão repassados às PMES da cadeia produtiva nas mesmas condições financeiras previstas no contrato de empréstimo da empresa-âncora. Isso significa que, por esse sistema, as grandes empresas repassarão os recursos financeiros às PMEs, mas sem obter lucro financeiro com essa operação.

As empresas-âncora deverão ter Receita Operacional Bruta (ROB) igual ou superior a R$ 300 milhões. Os valores de financiamento do BNDES serão de R$ 10 milhões a R$ 200 milhões, com prazo de empréstimo de até cinco anos, com até dois anos de carência. A taxa de juros equivalerá à soma do custo financeiro do BNDES, da sua remuneração básica de 1,1% ao ano e da taxa de risco de crédito definida para cada empresa-âncora.

De acordo com o BNDES, essas PMES que integram as cadeias produtivas têm importância fundamental para a retomada mais acelerada da economia brasileira. O Programa BNDES Crédito Cadeias Produtivas faz parte de uma série de medidas emergenciais do BNDES voltadas a diversos setores da economia, que vêm sendo anunciadas desde o início da pandemia.

Até agora, as principais ações implementadas pelo BNDES com o propósito de apoiar as empresas brasileiras na pandemia totalizam R$ 15,5 bilhões em valores aprovados a cerca de 126 mil empresas, que empregam quase 4 milhões de brasileiros.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Estadual7 minutos atrás

BOLETIM SALA DE SITUAÇÃO – 05/06/2020

. O governador do Estado, Renato Casagrande, liderou, nesta sexta-feira (05), mais uma reunião da Sala de Situação de Emergência...

Saúde7 minutos atrás

São Paulo recebe mais 650 respiradores adquiridos na Turquia

. O governo de São Paulo recebeu hoje (5), no Aeroporto de Viracopos, em Campinas, mais 650 respiradores que foram...

Política22 minutos atrás

Com Bolsonaro, líderes evangélicos oram no Planalto contra baderna

Isac Nóbrega/PR Os religiosos se manifestaram contra a “convulsão social e institucional” e disseram que é Deus quem escolhe e...

Economia32 minutos atrás

BNDES cria programa de apoio às pequenas e médias empresas

Arquivo/Agência Brasil Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social lançou programa de ajuda à pequenos empreendedores O Banco Nacional de...

Estadual32 minutos atrás

Empresa de Diagnóstico por Imagem tem negado pedido para manutenção de remuneração contratual

. O pedido de tutela provisória foi feito em fase de organização social responsável pelo gerenciamento de hospital de referência...

Estadual32 minutos atrás

Dia Mundial do Meio Ambiente: Núcleo Socioambiental propõe reflexão sobre sustentabilidade

. A ideia é repensar as atitudes colaborativas, especialmente diante do atual momento de pandemia. ​No Dia Mundial do Meio...

Nacional47 minutos atrás

Ato no Recife pede justiça no caso da morte de Miguel Otávio

Reprodução/Twitter Garoto acompanhava a mãe no trabalho. Um ato no Recife na tarde de hoje (5) mobilizou manifestantes que pediram  justiça no...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!