conecte-se conosco



Estadual

Passageira que lesionou a coluna em transporte público da Grande Vitória deve ser indenizada

Publicado

em

Laudos médicos apresentados pela autora confimaram que ela também sofreu danos psicológicos em decorrência do acidente.

Uma mulher que teve a coluna lesionada enquanto trafegava em um ônibus intermunicipal deve receber mais de R$7 mil em indenizações. A quantia deverá ser paga pela seguradora contratada pela empresa de transporte público. A decisão é da 4ª Vara Cível de Vila Velha.

De acordo com a vítima, o acidente ocorreu no caminho para o trabalho. O motorista seguia em alta velocidade, quando ele teria passado por um buraco na pista, o que fez com que ela fosse lançada ao alto e caísse do seu assento. A requerente contou que sua situação de saúde foi agravada pela demora, por parte da empresa de ônibus, em prestar o devido auxílio.

Sobre o ocorrido, a empresa alegou a ocorrência de fato terceiro. Segundo a requerida, a Prefeitura Municipal de Vila Velha teria construído um quebra mola sem ter avisado ou colocado sinalização pertinente. Em sua defesa, a empresa também alegou que teria custeado o tratamento da requerente. Por sua vez, a seguradora afirmou que sua responsabilidade deve se limitar à apólice contratada.

Em análise do caso, o juiz observou que a empresa de ônibus não trouxe qualquer prova da sua alegação sobre o quebra mola. “O próprio motorista […] alega que sabia da existência da ‘lombada invertida’ (fl. 381). Sendo assim, é de se concluir pela responsabilidade objetiva da segunda requerida [empresa de ônibus]”, afirmou.

Segundo o magistrado, a situação é motivadora de indenização por danos morais, ajustada em R$5 mil, tendo em vista alguns fatos que foram confirmados por testemunhas. Em depoimento foi relatado que, devido ao acidente, a autora precisou desistir da faculdade, apresentou mudanças de comportamento, ficando apática, e teve ganho de peso em razão da impossibilidade de realizar atividades físicas.

“A requerente demonstra que o fato lhe gerou um grande abalo, uma vez que a perícia aponta tal ocorrência de danos psicológicos (quesito n.º 8, fl. 294), além do laudo médico, que aponta que o tratamento da requerente se deve ao acidente, bem como descreve a medicação que a mesma faz uso (fl. 340)”, afirmou o magistrado.

O juiz também entendeu que a autora sofreu dano estético, motivo pelo qual condenou a requerida ao pagamento de R$2 mil em indenização pelo referido dano. “No caso dos autos, conforme consta das fotografias de fls. 60/61, a requerente apresenta uma cicatriz decorrente da cirurgia realizada […] A cicatriz deixada possui um tamanho significativo, além de ficar permanentemente no corpo da requerente”, acrescentou.

Em decisão, o magistrado negou o pedido da autora de plano de saúde e pensão vitalícios, tendo condenado a requerida ao pagamento das custas do tratamento. “As despesas a serem suportadas pela segunda requerida devem se restringir ao dano causado, ou seja, aos medicamentos, tratamentos, consultas, etc., realizadas com o fito de auxiliar na recuperação da requerente. […] Desta forma, pelo exposto, não merece prosperar o pedido de pensão vitalícia, uma vez que a requerente não se encontra incapacitada total e permanentemente para o trabalho”, concluiu.

Processo nº 0015806-59.2009.8.08.0035

Vitória, 13 de fevereiro de 2020

 

 

Informações à Imprensa

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES
Texto: Matheus Souza | [email protected]

Maira Ferreira
Assessora de Comunicação do TJES

[email protected]
www.tjes.jus.br

Fonte: TJES

Comentários do Facebook

Estadual

Tribunal de Justiça inicia recuperação de processos atingidos pelas chuvas em Iconha

Publicado

em

Mais de 700 processos serão higienizados por meio do trabalho solidário e gratuito da empresa Pró-memória. Os processos serão devolvidos semanalmente para a Comarca.

O Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) já iniciou a recuperação dos processos que foram afetados pelas chuvas que atingiram a Comarcaa de Iconha no mês de janeiro. Mais de 700 processos serão limpos e higienizados graças ao trabalho solidário e gratuito de empresa Pró-memória Serviços Ltda.

O contrato entre o Tribunal de Justiça e a empresa foi firmado no último dia 10/02, e os trabalhos tiveram início no dia seguinte (11/02), com o recolhimento dos processos que precisavam ser recuperados.

O coordenador de Gestão da Informação Documental do TJES, Fábio Buaiz de Lima, explicou que o trabalho consiste na secagem, higienização das folhas, uma a uma, com uso de material apropriado, e remontagem dos processos, com colocação de capa plástica e colchetes novos, que serão fornecidos pelo Tribunal de Justiça.

De acordo com o Contrato, disponibilizado no Diário da Justiça no dia 12/02, o prazo para a execução dos serviços é de 100 dias, mas os processos que já estiverem prontos retornarão para a Comarca de Iconha semanalmente.

O acompanhamento do serviço será feito pelo coordenador da Gestão da Informação Documental e pelo arquivologista do TJES Adelair de Mattos Dutra, que também foi o servidor responsável pela visita técnica ao Fórum de Iconha logo após a enchente que atingiu o município, provocando danos aos processos que precisaram ser recuperados.

Vitória, 21 de fevereiro de 2020

 

 

Informações à Imprensa

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES
Texto: Elza Silva | [email protected]

Maira Ferreira
Assessora de Comunicação do TJES

[email protected]
www.tjes.jus.br

Fonte: TJES

Comentários do Facebook
Continue lendo
Entretenimento11 minutos atrás

Tião morre depois de ataque na guerra em “Éramos Seis”

A guerra está trazendo fortes emoções em “Éramos Seis”. No capítulo deste sábado (22), Alfredo (Nicolas Prattes) e Lúcio (Jhona...

Tecnologia11 minutos atrás

Aplicativos podem cobrar até R$ 350 de cliente que sujar carro: entenda a regra

arrow-options undefined Conheça as taxas de limpeza dos aplicativos de transporte no Carnaval Bloco para cá, festa para lá. Carnaval...

Nacional2 horas atrás

Sábado de carnaval será chuvoso e frio em São Paulo

arrow-options Antonio Cruz/Agência Brasil Carnaval será chuvoso Apesar da grande expectativa para o feriado, o carnaval da capital paulista será...

Versão Impressa6 horas atrás

FA 1136 / 22 DE FEVEREIRO DE 2020

Comentários do Facebook

Estadual8 horas atrás

Tribunal de Justiça inicia recuperação de processos atingidos pelas chuvas em Iconha

Mais de 700 processos serão higienizados por meio do trabalho solidário e gratuito da empresa Pró-memória. Os processos serão devolvidos...

Estadual8 horas atrás

Juízes e servidores são eleitos para o Comitê Gestor Orçamentário de Atenção ao Primeiro Grau

Por meio do Ato nº 57/2020, o presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa,...

Estadual8 horas atrás

Servidores de Vila Velha e Vitória participam de treinamento sobre o uso de sistema administrativo

Atualmente, os procedimentos administrativos do Poder Judiciário Estadual tramitam no SEI, sistema que gera economia de tempo e recursos públicos....

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana