conecte-se conosco



Política

Partido não será criado só com assinaturas coletadas “no braço”, diz Bolsonaro

Publicado

em

source
Jair Bolsonaro arrow-options
Carolina Antunes/PR

Bolsonaro recolhe cerca de 500 mil assinaturas em menos de um mês, se a coleta digital “não for burocrática”

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (4) que seu novo partido, o Aliança pelo Brasil , não vai conseguir ser oficializado se a coleta das assinaturas “for no braço”. “Se for no braço, a gente não vai conseguir formar partido, isso tenho certeza. Não depende apenas de colher assinatura, depende da conferência depois”, disse Bolsonaro em fala a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada. O presidente ainda disse que consegue coletar as 500 mil assinaturas exigidas para a criação de novos partidos se a coleta “não for burocrática”.

Nesta terça-feira (3), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou que novas siglas coletem assinaturas digitais, mas a Corte ainda vai regulamentar a forma como essa coleta será realizada. Uma nova ferramenta deve se criada para que as assinaturas tenham sua autenticidade conferida. Bolsonaro afirmou que saberá nessa quarta qual será a “modulagem” do tribunal.

Leia também: Após decisão do TSE, partido de Bolsonaro faz registro em cartório

Questionado sobre o aumento do fundo eleitoral , Bolsonaro não respondeu às perguntas. “Não vou entrar nesse detalhe, vai me botar em confronto com o Parlamento. Geralmente questão política é o Parlamento que decide”, afirmou.

O relator do projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020, deputado Domingos Neto (PSD-CE), finalizou a proposta na terça-feira, 3, e destinou R$ 3,8 bilhões de recursos públicos para gastos em campanhas eleitorais no ano que vem. O valor é R$ 1,8 bilhão superior à proposta encaminhada por Bolsonaro, que foi de R$ 2 bilhões.

Comentários do Facebook

Política

Aprovada urgência para fomento à inclusão digital

Publicado

em


.

Tramita em regime de urgência o Projeto de Lei (PL) 387/2020, de Marcos Garcia (PV), que institui campanha de incentivo à doação de celulares, notebooks e tablets a alunos da rede pública de ensino do Estado. O pedido foi aprovado durante a sessão ordinária virtual realizada na tarde desta terça-feira (14) pela Assembleia Legislativa (Ales).

Com a aprovação do requerimento de urgência a proposta agora está apta a fazer parte da pauta da Ordem do Dia da próxima sessão ordinária. O projeto deve ser analisado pelas comissões de Justiça, Educação e Finanças, antes de ser votado pelo Plenário da Casa.

O PL 387/2020 especifica que os equipamentos devem ser repassados para os alunos em situação de constatada vulnerabilidade para que os mesmos tenham acesso às aulas pelo sistema virtual de ensino. Antes de serem entregues aos estudantes os aparelhos deverão ser formatados para que não exista qualquer informação ou dado do doador.

De acordo com a proposição também poderão ser doados carregadores desses dispositivos que estejam funcionando. A matéria ainda prevê que o Poder Executivo possa regulamentar a futura legislação no que for necessário e, em caso de aprovação, a nova lei deverá entrar em vigor na data de sua publicação em diário oficial.

Outras urgências

O Expediente sujeito à deliberação ainda contava com mais dois pedidos de urgência para projetos do deputado Doutor Hércules (MDB). Entretanto, o autor solicitou a retirada dos mesmos. O PL 612/2019 obriga a instalação de hastes metálicas protetoras contra linhas de pipas nas motocicletas emplacadas no Estado. Já o PL 727/2019 dispõe sobre medição individualizada de consumo de água em edificações prediais verticais ou condomínios comerciais ou residenciais.

Novos projetos

Duas iniciativas foram lidas no Expediente para simples despacho e agora começam a tramitar na Casa. O PL 403/2020, de Iriny Lopes (PT), trata de medidas a serem tomadas após o fim do estado de calamidade decorrente da pandemia do novo coronavírus para recuperação econômica de micro, pequenas e médias empresas e para o Terceiro Setor. A iniciativa deve passar pelos colegiados de Justiça, Infraestrutura e Finanças. Já o PL 405/2020, de Dr. Emílio Mameri (PSDB), institui que os temas Empreendedorismo e Noções de Direito e Cidadania devem ser abordados nas escolas estaduais de educação no 1º ano do Ensino Médio. A proposta deve ser analisada pelas comissões de Justiça, Educação e Finanças.

Defesa do Esporte

A Mesa deferiu requerimento para a formação da Frente Parlamentar em Defesa das Federações Esportivas do Estado. A autoria é do deputado Gandini (Cidadania) com o apoio de vários outros parlamentares.

Ordem do Dia

A pauta da Ordem do Dia trazia sete Projetos de Lei (PLs) de iniciativa parlamentar em regime de urgência. Porém, todos acabaram ficando em prazo regimental nas comissões permanentes. Eles tornarão a ser analisados na próxima sessão ordinária virtual, a ser realizada na manhã desta quarta-feira (15).

Confira como ficou a Ordem do Dia:

  • 1. Projeto de Lei (PL) 566/2019, de Adílson Espíndula (PTB), que declara de utilidade pública a Associação Luterana de Assistência Social (Alas), no município de Vitória. Aprovada a redação final;
  • 2. Projeto de Lei (PL) 713/2019, do Delegado Lorenzo Pazolini (Republicanos), que dispõe sobre o prazo de fidelidade estipulado pelas prestadoras de serviço de Telefonia Fixa, Telefonia Móvel e de Banda Larga, caso haja má prestação de serviço no âmbito do Espírito Santo. Prazo em Defesa do Consumidor
  • 3. Projeto de Lei (PL) 384/2020, de Iriny Lopes (PT), que revoga o inciso X do artigo 4º da Lei Estadual nº 11.144/2020, dispõe sobre a redução proporcional das mensalidades da rede privada de ensino durante o plano de contingência do novo coronavírus da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Prazo em Justiça;
  • 4. Projeto de Lei nº 389/2020, de Bruno Lamas (PSB), que dispensa a apresentação de pedido médico para a realização de exames sorológicos de Covid-19. Prazo em Justiça;
  • 5. Projeto de Lei (PL) 378/2020, de Sergio Majeski (PSB), que estabelece a obrigatoriedade da realização do teste de detecção da Covid-19 nas amostras de sangue de doadores do estado, devendo o resultado ser encaminhado ao doador. Prazo em Justiça;
  • 6. Projeto de Lei (PL) 388/2020, de Marcos Garcia (PV), que estabelece a doação de celulares, tablets e notebooks apreendidos pelas Polícias Civil e Militar do Estado a alunos da rede pública de ensino. Prazo em Justiça;
  • 7. Projeto de Lei (PL) 392/2020, de Gandini (Cidadania), que autoriza o recebimento do trecho de rodovia federal compreendido entre o entroncamento da BR-101/ES-010 (Carapina/Aeroporto de Vitória) e o acesso Norte a cidade de Vitória, incluindo-o ao Plano Rodoviário Estadual. Prazo em Infraestrutura;
  • 8. Projeto de Lei (PL) 321/2020, de Janete de Sá (PMN), que dispõe sobre a implementação de medidas de garantia da equidade na atenção integral à saúde da população negra, nos casos de epidemias ou pandemias, de surtos provocados por doenças contagiosas, ou durante a decretação de estado de calamidade pública. Prazo em Justiça;
  • 9. Projeto de Lei (PL) 752/2019, do Delegado Lorenzo Pazolini (Republicanos), que obriga as empresas prestadoras de serviços de internet a apresentar ao consumidor, na fatura mensal, gráficos que informem a velocidade diária média de envio e recebimento de dados entregues no mês. Prazo em Ciência e Tecnologia;
  • 10. Projeto de Lei (PL) 236/2019, do Delegado Lorenzo Pazolini (Republicanos), que altera a Lei nº 10.011/2013, que dispõe sobre o Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos (ITCMD). Aprovado na Comissão de Finanças e baixado de pauta para voltar à tramitação normal;
  • 11. Projeto de Lei (PL) 425/2019, do Delegado Lorenzo Pazolini (Republicanos), que dispõe sobre a garantia do direito de remarcação do curso de formação obrigatório para a posse em cargo público, decorrente de concurso público no âmbito do Espírito Santo, para às grávidas e lactantes, independente de previsão expressa no edital ou do momento da gravidez. Prazo em Justiça;
  • 12. Projeto de Lei (PL) 510/2019, do Delegado Lorenzo Pazolini (Republicanos), que torna ilegal produzir, extrair, fabricar, transformar, preparar, possuir, manter em depósito, importar, exportar, reexportar, remeter, transportar, expor, oferecer, vender, comprar, trocar, ceder ou adquirir, para qualquer fim, por pessoas físicas, substâncias ou matéria-prima destinada à preparação do MMS – Solução Mineral Milagrosa. Prazo em Justiça

 

Comentários do Facebook
Continue lendo
Tecnologia2 minutos atrás

WhatsApp enfrenta instabilidade e fica indisponível para usuários

O WhatsApp apresentou instabilidade na tarde desta terça-feira (14) e saiu do ar para vários usuários. O número de reclamações...

Saúde2 minutos atrás

São Paulo registra 417 mortes pelo novo coronavírus em um dia

. O estado de São Paulo contabilizou 417 óbitos pelo novo coronavírus em 24 horas, segundo boletim divulgado hoje (14)....

Policial2 minutos atrás

Homem com mandado de prisão em aberto é preso pela PRF em Guarapari/ES

. Abordagem foi realizada na manhã desta terça-feira (14) no KM 345 da BR 101. O veículo também foi apreendido....

Política2 minutos atrás

Aprovada urgência para fomento à inclusão digital

. Tramita em regime de urgência o Projeto de Lei (PL) 387/2020, de Marcos Garcia (PV), que institui campanha de...

Mulher2 minutos atrás

Flávia Pavanelli e mais: elas que deram o que falar com procedimentos estéticos

Nesta terça-feira (14), o nome da influenciadora digital  Flávia Pavenelli amanheceu como um dos assuntos mais comentados do Twitter ....

Policial2 minutos atrás

Polícia Civil prende suspeito e apreende adolescentes em Jerônimo Monteiro

. Uma equipe composta por policiais civis das Delegacias de Polícia (DP) de Jerônimo Monteiro, Castelo e Guaçuí, e da Delegacia Regional...

Esportes2 minutos atrás

Coluna – Há um ano Jesus estreava no Maracanã pelo Flamengo

. Quando a chegada de Jesus foi anunciada, ninguém poderia imaginar quantos seguidores ele iria conquistar, o tanto que seria...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!