conecte-se conosco


Nacional

Parlamentares dizem que Bolsonaro recuou de cortes na Educação, mas governo nega

Publicado

em


Jair Bolsonaro de perfil
Reprodução/Flickr

Bolsonaro não se pronunciou sobre o suposto cancelamento dos cortes na Educaçaõ

Líderes de partidos se reuniram nesta terça-feira (14) com o presidente Jair Bolsonaro e afirmam que, durante a reunião, o presidente ligou para o Ministério da Educação (MEC) mandando cancelar o contingenciamento de gastos na pasta. O governo, por sua vez, negou que isso tenha acontecido.

Leia também: Câmara convoca ministro da Educação para explicar cortes em universidades

“O presidente anunciou para oito líderes de partidos. Nós fizemos um apelo para que o ministro da Educação não cortasse. Ele ligou para o ministro e falou: ‘Não vamos cortar’. Falou que não há necessidade de fazer esse corte agora”, disse José Nelto (GO), líder do Podemos na Câmara sobre o cancelamento dos cortes na Educação , ao jornal O Globo .

Além dele, estavam presentes representantes do Patriota, Novo, Cidadania (antigo PPS), PSL e PSC, entre outras legendas. O próprio líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (PR), corrobora a versão de que Bolsonaro teria ordenado a suspensão da medida, afirmando que o presidente teria conversado diretamente com o ministro Abraham Weintraub.

“O presidente ligou para o ministro na nossa frente e pediu para rever. O ministro tentou contra-argumentar, mas não tem conversa”, disse o Delegado Waldir ao UOL . “Na nossa frente, o presidente ligou para o ministro, disse que era uma determinação de que não haveria mais contingenciamento e ponto”, concordou o líder do Novo, Marcel Van Hattem (RS).

Leia também: Universidades federais convocam greve e manifestação contra corte de gastos

Os Ministérios da Casa Civil e da Economia divulgaram notas negando a afirmação dos parlamentares. “Não procede a informação de que haverá cancelamento do contingenciamento no MEC. O governo está controlando as contas públicas de maneira responsável”, diz a nota da Casa Civil.

Leia mais:  STF suspende investigação sobre caso Queiroz até que relator se pronuncie

“O ministério da Economia esclarece que não houve nenhum pedido por parte da Presidência da República para que seja revisto contingenciamento de qualquer ministério”, informou a pasta de Paulo Guedes.

Outra que contrariou as afirmações dos colegas foi a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), líder do PSL no Congresso. No Twitter, ela disse que estava com o ministro Abraham Weintraub e ele garantia que o contingenciamento das universidades permanece. O MEC, no entanto, não se posicionou sobre o assunto.

Na noite de terça-feira (14), o deputado Capitão Wagner (Pros-CE) usou a tribuna da Câmara para reclamar da atitude do governo. Ele é um dos que estava presente na reunião e afirmou em plenário que “se há boato barato, quem criou o boato foi o governo”, em referência à postagem de Joice Hasselmann.

“Se o governo não teve o peito para sustentar a determinação do presidente, que foi feita na presença de 12 parlamentares, não sou eu que vou estar como mentiroso perante a imprensa e perante a nação brasileira”, disse. “Não admito ser chamado de mentiroso”, completou.

Leia também: Alunos e professores da USP protestam contra cortes do MEC; veja atos pelo País

Os parlamentares relataram ainda que, após a ligação sobre os cortes na Educação , o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, entrou na sala com o semblante visivelmente irritado.

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Tremor de terra é sentido em cidades do interior de Minas Gerais e São Paulo

Publicado

em


tremor
Reprodução

De acordo com a UnB, o tremor começou às 16h46 e pode ser sentido em um raio de 100 km do epicentro

Um tremor de terra de magnitude 3.9 na escala Richter, com epicentro na cidade de Delfinópolis, em Minas Gerais, foi registrado pelo Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) e o Laboratório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB) nesta segunda-feira (20).

Cidades no interior de Minas Gerais, como Passos, e no interior de São Paulo, como Franca, sentiram os efeitos. O terremoto também foi sentido em cidades mais distantes do epicentro , como Uberlândia e Jacuí, ambas em Minas Gerais. De acordo com a UnB, o tremor começou às 16h46 e pode ser sentido em um raio de 100 km do epicentro.

Leia também: Paraná registra dois terremotos na madrugada e moradores relatam susto na web

No site do Centro de Sismologia da USP, moradores de Minas Gerais e São Paulo deixaram depoimentos. “Estava com a cabeça encostada na parede. Senti um balanço e uma náusea leve. Olhei para o ventilador de teto desligado e vi que ele estava balançando. Moro no 5o andar e todas as janelas estavam fechadas (não havia corrente de ar)”, afirmou Joel Pupin, da cidade de Assis.

Leia também: Terremoto de 5 graus na escala Richter atinge o norte da Venezuela

“Aconteceu em Franca, interior de São Paulo. Todos sentiram e me disseram que os movéis sairam do lugar em um prédio, mas aqui foi só uma balançada (a moça ao meu lado disse que foram duas). Senti a cadeira tremer”, contou Heloísa de Ribeirao Corrente.   Delfinópolis , o centro do tremor, fica no sudoeste do estado, na região da Serra da Canastra, a 401 km da capital Belo Horizonte.

Leia mais:  Witzel garante que a prisão de Pezão não vai afetar a transição de governo

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
Continue lendo
Esportes2 horas atrás

Consórcio Rio Motorsports construirá autódromo do Rio de Janeiro

Divulgação Novo autódromo do Rio de Janeiro será construído em Deodoro O Rio Motorsports foi o vencedor do edital de...

Nacional1 hora atrás

Tremor de terra é sentido em cidades do interior de Minas Gerais e São Paulo

Reprodução De acordo com a UnB, o tremor começou às 16h46 e pode ser sentido em um raio de 100...

Regional44 minutos atrás

Trabalhador é assassinado com tiro no rosto durante forró no Norte do ES

Iago Oliveira dos Santos, de 26 anos, é da cidade de Canavieiras, na Bahia, e estava na região para a...

Mundo26 minutos atrás

Cantora de 74 anos vira ‘virgem de novo’ antes de se casar, mas acaba abandonada

A cantora peruana Juana Judith Bustos, de 74 anos, estava se preparando para se casar com o namorado, Elmer Molocho, de...

Entretenimento21 minutos atrás

Após polêmica com Loreto, Marina Ruy Barbosa é “ameaçada” por Juliana Paes

Nesta segunda-feira (20) Juliana Paes brincou com Marina Ruy Barbosa por meio de um comentário postado em seu perfil nas redes...

Esportes21 minutos atrás

Torcida do Flamengo se mobiliza e marca protesto no Ninho do Urubu

Alexandre Vidal / Flamengo Torcida do Flamengo marcou protestos contra Abel Braga para o Ninho do urubu Na noite desta...

Nacional20 minutos atrás

Heleno diz que derrubar MP dos ministérios seria “criminoso contra o país”

Antonio Cruz/Agência Brasil – 6.11.18 General Augusto Heleno admitiu nesta segunda-feira que o governo corre o risco de ver caducar...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana