conecte-se conosco


Nacional

Paredão de mina da Vale vai desabar até o fim da semana, diz agência do governo

Publicado

em


BARÃO DE COCAIS
Divulgação/Vale
Por risco de rompimento em barragem da Vale em Barão de Cocais, 500 pessoas foram evacuadas da cidade

O talude do  complexo da Mina de Gongo Soco, da Vale, no município de Barão de Cocais
(MG), vai se romper. “Isso é um fato”, segundo declaração do diretor da Agência Nacional de Mineração (ANM), Eduardo Leão. Em comunicado divulgado nesta segunda-feira (20), o órgão alerta que o desabamento do paredão da mina deve ocorrer até o próximo sábado (25). 

A barragem da mina de Gongo Soco é do mesmo tipo da que se rompeu em Brumadinho, em 25 de janeiro, deixando mais de 230 mortos. Segundo a ANM, que interditou o complexo de Barão de Cocais
na última sexta-feira (17), o talude norte da cava de Gongo Soco estava se deslocando 10 centímetros por ano desde 2012, um deslocamento aceitável dada a dimensão da estrutura.

“Mas, desde o fim de abril, a velocidade do deslocamento aumentou para 5 cm por dia e, se esta aceleração continuar, o rompimento do talude pode acontecer entre os dias 19 e 25 de maio”, alertou a ANM, acrescentando que a velocidade de deslocamento do talude chegou a 7 centímetros por dia nesse domingo (19).

A ANM
já havia notificado a Vale
e determinado que a empresa tomasse uma série de providências emergenciais, entre elas a “suspensão imediata do tráfego do trem de passageiros no trecho do viaduto localizado a jusante [fluxo normal da água de um ponto mais alto para um ponto mais baixo] da cava; monitoramento por vídeo em tempo real das barragens e também a apresentação de estudo de comportamento da possível onda gerada pelo rompimento do talude norte.

Desde 2016, a cava e todas as obras já estavam paralisadas. Segundo a ANM, o risco de rompimento é do talude da cava e não da barragem, que fica a 1,5 quilômetro de distância da cava. A agência disse que a preocupação é que a vibração gerada pelo rompimento do talude influencie na segurança da barragem Sul Superior.

Leia mais:  UE aprova proibição de canudos e outros produtos de plástico a partir de 2021

Leia também: População de Barão de Cocais vive tensão com rompimento iminente de barragem

A barragem
Sul Superior é uma das mais de 30 estruturas da Vale que foram interditadas após a tragédia de Brumadinho (MG), ocorrida em 25 de janeiro. Em diversos casos, a interdição foi acompanhada da evacuação das zonas de autossalvamento, isto é, aquelas áreas que seriam alagadas em menos de 30 minutos ou que estão situadas a uma distância de menos de 10 quilômetros. Atualmente, mais de mil pessoas estão fora de suas casas em todo o estado.

Barão de Cocais
é o município com o maior número de casas evacuadas. A evacuação teve início no dia 8 de fevereiro quando a barragem Sul Superior atingiu o nível 2 e as famílias foram levadas para quartos de pousadas e hotéis custeados pela Vale. Em 22 de março, a barragem Sul Superior se tornou a primeira a atingir o nível 3, que é considerado o alerta máximo e significa risco iminente de rompimento. Desde a tragédia de Brumadinho, quatro barragens da Vale, em Minas Gerais, alcançaram esse alerta máximo.

Leia também: Expedição no Rio Paraopeba atesta que rejeitos não chegaram ao Rio São Francisco

De acordo com a Defesa Civil de Minas Gerais, 443 moradores da zona de autossalvamento deixaram suas residências. No dia 25 de março, um treinamento envolveu mais de 3,6 mil pessoas que vivem em áreas secundárias que seriam atingidas. Um novo simulado foi realizado neste sábado (18).

Com a iminente ruptura do talude da cava, o  Ministério Público de Minas Gerais recomendou na semana passada que a Vale
comunique, por meio de carros de som, jornais e rádios, informações claras, completas e verídicas sobre a atual condição estrutural da Barragem Sul Superior. Também orientou o fornecimento de apoio logístico, psicológico, médico para moradores de Barão de Cocais e das vizinhas Santa Bárbara e São Gonçalo do Rio Abaixo.

Leia mais:  Bolsonaro discute política externa em reunião com embaixadores nesta quinta

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Professora homenageia menino que gravou adeus para mãe: “está livre da maldade”

Publicado

em

source
Matheus Adeus mãe arrow-options
Reprodução/Facebook
Relato da professora foi compartilhado pela mãe do menino Matheus nas redes sociais

Dias depois da morte do menino Matheus, de apenas nove anos, que foi assassinado pelo próprio pai na última sexta-feira (13) após enviar mensagens de áudio se despedindo da mãe, a professora do garoto fez uma emocionante homenagem para ele nas redes sociais, relembrando seu jeito brincalhão e o “enorme coração” que o garoto tinha.

Leia também: “Adeus, mãe”: antes de bater carro em caminhão, ex manda filho gravar despedida

“Hoje, não tivemos seu sorriso largo, seu olhar de deboche… Hoje não precisei dizer” Matheus fale mais baixo, a escola inteira esta te ouvindo”, hoje não teve bronca por causa da letra garrancho, hoje não teve o “ bico” porque pedi pra refazer a atividade… hoje não teve VOCÊ… Mas hoje teve a maior demonstração de amor que vivi em 30 anos de magistério.Hoje teve uma turma de 25 crianças chorando por duas horas ininterruptas a perda e a saudade de vc. Teve demonstração de como vc com seu jeito sarrista fazia a diferença na vida de seus amigos… Choramos muito, mas também rimos relembrando as suas palhaçadas… Não será fácil continuarmos sem vc fisicamente, mas a lembrança do seu enorme coração e de sua generosidade serão nossa força. Sua carteira ficou lá, vazia, como se vc fosse chegar atrasado…mas vc não chegou… O que nos conforta é saber que vc está livre da maldade e das dores deste mundo.Com certeza vc deve estar soltando pipa com os anjos. Até mais meu menino …”, escreveu Cristina Seixas, em publicação que foi compartilhada pela mãe do garoto , Érika Kuasne.

Matheus morreu após o pai, o motorista de aplicativo Marco Antônio Alves Marcondes , jogar o carro em que os dois estavam contra um carreta na PR-445, em Londrina (PR). Antes do acidente, o menino chegou a mandar mensagens de áudio e texto se despedindo de Érika: “adeus, mãe “.

Leia mais:  Unesco declara reconhecimento de união homoafetiva patrimônio da humanidade

Leia também: Menino que gravou adeus para mãe antes de morrer já tinha sido vítima do pai

Érika , que tentou salvar a vida do filho caçula enquanto, paralelamente, tentava ajuda da Polícia, enterrou Matheus no último final de semana. Agora, ela diz querer Justiça para seu filho, mas não sabe como alcançá-la: “Meu filho era uma criança cheia de vida. Queria trabalhar. Era meu defensor, meu segurança. Ele só não tinha idade nem tamanho, mas o jeito que falava era muito maduro.  Era meu herói”.

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Tecnologia44 minutos atrás

Assim como iPhone, novo iPad Pro pode ter três câmeras

arrow-options Reprodução Novo iPad Pro pode ter três câmeras. A Apple parece estar preparando novos  iPad Pro com um sistema...

Tecnologia44 minutos atrás

Cuidado! Novo golpe do FGTS no WhatsApp promete pagamento retroativo

arrow-options Reprodução Ao acessar no link do golpe do FGTS, o usuário é levado a um site que simula ser...

Tecnologia44 minutos atrás

Dados pessoais de todos os equatorianos vazam online

arrow-options Agência Brasil Equatorianos viram seus dados pessoais serem vazados. Possivelmente todos os 16,6 milhões de equatorianos tiveram seus dados...

Economia44 minutos atrás

Mais de 580 mil trabalhadores não querem sacar os R$ 500 do FGTS

Cerca de 588 mil trabalhadores não querem sacar os R$ 500, por conta vinculada, e solicitaram o desfazimento do crédito...

Mundo45 minutos atrás

Queimadas na Amazônia estão ligadas a crime organizado e milícias, diz relatório

arrow-options Fernando Frazão/ABr Queimadas na Amazônia subiram 82% neste ano Um relatório da ONG Human Rights Watch (HRW), divulgado nesta...

Mundo45 minutos atrás

Jogadores do PSG estão evitando Icardi por causa de Wanda Nara, sua mulher

arrow-options Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr Senadores votarão mudanças nas regras eleitorais nesta terça-feira Os senadores se reúnem no Plenário do Senado...

Mundo45 minutos atrás

Funcionários começam limpeza de prédio novo do Hospital Badim

arrow-options Tânia Rêgo/Agência Brasil O número de mortos no incêndio do Hospital Badim já chega a 13 Cerca de 30...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana