conecte-se conosco


Estadual

Pai usou produto químico para envenenar filho de 7 anos

Publicado

em

CASTELO (ES) – O pai de um menino de 7 anos que foi parar no hospital após ingerir uma vitamina foi preso na manhã de ontem, em Castelo, no Sul do Estado, acusado de envenenar a criança. O objetivo dele, segundo a polícia, era reatar o casamento com a mãe do garoto.

O auxiliar de produção, de 35 anos, chegou a negar o crime, mas, segundo a polícia, depois confessou que colocou um produto químico na caixa de vitamina e a entregou para o filho beber. O produto usado ainda não foi identificado.

“Ele alegou que colocou um produto químico na bebida com a esperança de chamar a atenção da ex-mulher e, com isso, conseguir reatar o romance”, disse o delegado Marcelo Meurer.

O menino tomou a bebida no dia 24 de setembro, na casa do pai. Na ocasião, o suspeito alegou que comprou a vitamina em uma padaria e a deu para o filho. Ele chegou a registrar um boletim de ocorrência na delegacia.

“Assim que ele tomou, aquilo queimou a boquinha dele. Ele gritou e cuspiu a bebida. Fiquei desesperado, pois saía muito sangue”, disse o pai, na ocasião, em entrevista para A Tribuna.
O delegado destacou que logo no início das apurações percebeu algumas inconsistências nos depoimentos do pai e desconfiou da história.

“Estudamos o processo de produção da bebida e concluímos ser improvável que, em um lote de 75 mil unidades, apenas uma apresentasse esse tipo de problema”. O delegado disse ainda que, em visita à casa, encontrou uma seringa e uma colher com um pó branco.

Após o parecer do Ministério Público Estadual, o delegado pediu a prisão temporária de 30 dias do pai, que foi concedida pela Justiça.

O mandado saiu no início do mês, porém, em função da legislação eleitoral, não foi possível prendê-lo antes. “A lei não permite prisão cinco dias antes e nem dois dias depois da data das eleições, a não ser em flagrante e crime inafiançável. Por isso, aguardamos o transcorrer desse prazo”, explicou.

Segundo a polícia, ao perceber a chegada dos policiais a sua casa, o auxiliar de produção tentou se esconder em um terreno vizinho.

O delegado informou que o acusado responde por tentativa de homicídio qualificado e foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro de Itapemirim na tarde de ontem.

O nome do pai não está sendo divulgado para preservar a criança.

Menino já recebeu alta e está em casa com a mãe

Após 11 dias internado, o menino de 7 anos que, segundo a polícia, foi envenenado pelo pai, teve alta na última sexta-feira e está em casa, com a mãe.

A família ressaltou que a criança se recupera bem, mas tem dificuldade para se alimentar, devido a ferimentos na boca e na garganta.

O menino passou por três hospitais e chegou a ficar na UTI. Exames constataram que ele teve lesões na cavidade oral e edema de língua e de lábios. Não houve ferimentos no esôfago e no estômago.

No último dia 24, quando o menino foi hospitalizado, o pai culpava a fabricante do produto.
Confiando na informação do ex-marido, a mãe da criança, na ocasião, usou as redes sociais para relatar o drama. “Por causa desses irresponsáveis, meu filho está na UTI… estou destruída, gente. Orem pelo meu príncipe”, destacou.

A mãe do menino esteve na delegacia ontem. Ela estava muito revoltada e foi orientada pelos policiais a voltar para sua casa.

Laudo

A vitamina ingerida pela criança foi encaminhada para o laboratório de toxicologia forense da Polícia Civil para que o componente químico usado pelo pai da criança seja identificado. O laudo deve ficar pronto na próxima semana. O pai não disse qual produto teria colocado na bebida.


(*Com informações do Tribuna on line).

Comentários do Facebook
Leia mais:  Bolsonaro recebe alta médica e deixa o hospital Albert Einstein
publicidade

Estadual

Morador de rua é morto a socos e chutes no ES

Publicado

em

Um morador em situação de rua, que foi identificado apenas pelo nome de Helder, foi morto na madrugada desta sexta-feira (19), na Avenida Santa Leopoldina, em Coqueiral de Itaparica, Vila Velha. Um suspeito do crime foi detido.

De acordo com a polícia, o homem foi morto por espancamento de socos e pontapés. A motivação desse crime seria que a vítima teria tentado roubar o celular do agressor.

O Samu foi acionado, mas quando a equipe chegou ao local, o homem já estava morto. A perícia da Polícia Civil também esteve no local.


(*G1)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Preso por porte de arma confessa assassinato da mulher em São Mateus
Continue lendo
Regional44 minutos atrás

Bandidos baleados em assalto a posto de Gasolina

 BARRA S. FRANCISCO (ES) – Policias do 11º BPM, foram acionados na noite desta quinta-feira (18), por volta das 20h30min,...

Estadual51 minutos atrás

Morador de rua é morto a socos e chutes no ES

Um morador em situação de rua, que foi identificado apenas pelo nome de Helder, foi morto na madrugada desta sexta-feira...

Esportes1 hora atrás

Luan no Palmeiras? Verdão pode ceder Lucas Limas para contratar ídolo do Grêmio

Divulgação Ídolo do Grêmio, Luan pode ser o novo reforço do Palmeiras O elenco estrelado do Palmeiras pode ganhar mais...

Economia1 hora atrás

AGU tenta recuperar mais de R$ 2 bilhões em fraudes no INSS

Agência Brasil AGU tenta recuperar mais de R$ 2 bilhões em fraudes no INSS A Advocacia-Geral da União (AGU) está...

Nacional2 horas atrás

Enterro de catador que foi morto pelo exército será nesta sexta-feira (19)

Reginaldo Pimenta/Agência O Dia Família de Luciano Macedo pretende processar o Exército O enterro do catador de material reciclável Luciano...

Mulher2 horas atrás

7 receitas veganas para colocar em prática no almoço de Páscoa

É tradição em muitos lares brasileiros reunir a família para desfrutar de um almoço nos feriados, e um deles é...

Nacional3 horas atrás

Rússia diz que Relatório Mueller não prova interferência nas eleições americanas

Divulgação/White House Donald Trump não conspirou com a Rússia para vencer eleições, diz investigação O Kremlin disse na sexta-feira que...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana