Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
conecte-se conosco


Estadual

Pai usou produto químico para envenenar filho de 7 anos

Publicado

em

CASTELO (ES) – O pai de um menino de 7 anos que foi parar no hospital após ingerir uma vitamina foi preso na manhã de ontem, em Castelo, no Sul do Estado, acusado de envenenar a criança. O objetivo dele, segundo a polícia, era reatar o casamento com a mãe do garoto.

O auxiliar de produção, de 35 anos, chegou a negar o crime, mas, segundo a polícia, depois confessou que colocou um produto químico na caixa de vitamina e a entregou para o filho beber. O produto usado ainda não foi identificado.

“Ele alegou que colocou um produto químico na bebida com a esperança de chamar a atenção da ex-mulher e, com isso, conseguir reatar o romance”, disse o delegado Marcelo Meurer.

O menino tomou a bebida no dia 24 de setembro, na casa do pai. Na ocasião, o suspeito alegou que comprou a vitamina em uma padaria e a deu para o filho. Ele chegou a registrar um boletim de ocorrência na delegacia.

“Assim que ele tomou, aquilo queimou a boquinha dele. Ele gritou e cuspiu a bebida. Fiquei desesperado, pois saía muito sangue”, disse o pai, na ocasião, em entrevista para A Tribuna.
O delegado destacou que logo no início das apurações percebeu algumas inconsistências nos depoimentos do pai e desconfiou da história.

“Estudamos o processo de produção da bebida e concluímos ser improvável que, em um lote de 75 mil unidades, apenas uma apresentasse esse tipo de problema”. O delegado disse ainda que, em visita à casa, encontrou uma seringa e uma colher com um pó branco.

Após o parecer do Ministério Público Estadual, o delegado pediu a prisão temporária de 30 dias do pai, que foi concedida pela Justiça.

O mandado saiu no início do mês, porém, em função da legislação eleitoral, não foi possível prendê-lo antes. “A lei não permite prisão cinco dias antes e nem dois dias depois da data das eleições, a não ser em flagrante e crime inafiançável. Por isso, aguardamos o transcorrer desse prazo”, explicou.

Segundo a polícia, ao perceber a chegada dos policiais a sua casa, o auxiliar de produção tentou se esconder em um terreno vizinho.

O delegado informou que o acusado responde por tentativa de homicídio qualificado e foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro de Itapemirim na tarde de ontem.

O nome do pai não está sendo divulgado para preservar a criança.

Menino já recebeu alta e está em casa com a mãe

Após 11 dias internado, o menino de 7 anos que, segundo a polícia, foi envenenado pelo pai, teve alta na última sexta-feira e está em casa, com a mãe.

A família ressaltou que a criança se recupera bem, mas tem dificuldade para se alimentar, devido a ferimentos na boca e na garganta.

O menino passou por três hospitais e chegou a ficar na UTI. Exames constataram que ele teve lesões na cavidade oral e edema de língua e de lábios. Não houve ferimentos no esôfago e no estômago.

No último dia 24, quando o menino foi hospitalizado, o pai culpava a fabricante do produto.
Confiando na informação do ex-marido, a mãe da criança, na ocasião, usou as redes sociais para relatar o drama. “Por causa desses irresponsáveis, meu filho está na UTI… estou destruída, gente. Orem pelo meu príncipe”, destacou.

A mãe do menino esteve na delegacia ontem. Ela estava muito revoltada e foi orientada pelos policiais a voltar para sua casa.

Laudo

A vitamina ingerida pela criança foi encaminhada para o laboratório de toxicologia forense da Polícia Civil para que o componente químico usado pelo pai da criança seja identificado. O laudo deve ficar pronto na próxima semana. O pai não disse qual produto teria colocado na bebida.


(*Com informações do Tribuna on line).

Leia mais:  Julgamento sobre terceirização no STF tem 5 votos a favor e 4 contra
publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Faculdade de Guarapari terá que indenizar mulher após cobrança indevida

Publicado

em

GUARAPARI (ES) – Uma mulher deve receber indenização após ser cobrada indevidamente por uma faculdade. A autora da ação na Justiça sustenta que em dezembro de 2017 se apresentou na instituição de ensino da ré, localizada em Guarapari, para obter mais informações sobre o curso de psicologia que era fornecido na faculdade e ela tinha interesse em iniciar. Contudo, não recebendo todos os dados necessários, não realizou a matrícula.

A requerente narra que dias depois da visita ao estabelecimento, recebeu um e-mail da requerida, no qual estava anexado um boleto de pagamento no valor de R$59,00 e um informativo para utilização do portal do aluno. Ela efetuou o pagamento, sendo liberado o acesso ao portal. Porém, considerando o valor cobrado a título de mensalidade, bem como sua situação financeira, optou por não cursar a referida graduação em Psicologia.

A autora se dirigiu até a instituição para comunicar sobre a decisão, requerendo o cancelamento de qualquer “inscrição” ou “pré-matrícula”. Para sua surpresa, foi informada que seria cobrada uma multa correspondente ao valor de um semestre completo. Após o aviso, ela alertou ao atendente que não assinou contrato de matrícula ou utilizou serviços disponibilizados pela ré.

Por fim, a requerente relata que passou a receber ligações e e-mails diários de cobrança por parte dos representantes da faculdade, até que um dia foi ao banco e descobriu que seu nome estava no Serasa, órgão de proteção ao crédito.

A requerida informou na contestação que retirou o nome da autora do Serasa e defendeu que não há responsabilidade de indenizar a requerente por danos morais, visto que a cobrança foi feita pelo não cumprimento do compromisso firmado entre as partes.

A juíza da 1° Vara de Piúma decidiu pela condenação da empresa ré ao pagamento de R$4 mil a título de danos morais à parte requerente pelo reparo do dano causado. Processo nº: 0002024-83.2018.8.08.0062

Leia mais:  Município é destaque na abertura da Semana Estadual de Ciência e Tecnologia
Continue lendo
Entretenimento4 minutos atrás

Após cirurgia, Pabllo Vittar surge séria e otimista: “deu tudo certo”

Nesta terça-feira (18) a cantora Pabllo Vittar passou por uma cirurgia para reparar o joelho. A drag queen teve um...

Entretenimento4 minutos atrás

Idris Elba diz que #MeToo só assusta homens com “algo a esconder” em Hollywood

Idris Elba causou repercussão nas redes sociais por causa de sua resposta a um questionamento durante uma entrevista ao jornal...

Agricultura23 minutos atrás

Valor da Produção Agropecuária de 2019 deverá superar o deste ano

Apesar de informações ainda preliminares sobre a próxima safra, os dados disponíveis apontam para valor bruto da produção( VBP )...

Internacional24 minutos atrás

Frota é condenado a pagar R$ 295 mil a Jean Wyllys por fala falsa de pedofilia

Reprodução Alexandre Frota postou em sua página oficial da internet uma foto de Jean Wyllys, atribuindo-lhe um frase falsa O...

Internacional24 minutos atrás

CNJ aprova volta do auxílio-moradia para juízes com novas restrições

Conselho Nacional de Justiça – CNJ 13.09.2018 Ministro Dias Toffoli costurou o texto para conseguir aprovar a volta do auxílio-moradia...

Direto de Brasília40 minutos atrás

Polícia encontra mais de R$ 1 milhão enterrados em quintal de ex-vereador em SP

Divulgação/ Ministério Público de São Paulo Mais de R$ 1 milhão é encontrado em quintal de ex-vereador, que está preso...

Mulher41 minutos atrás

A melhor base para pele madura

O objetivo de uma maquiagem para pele madura é devolver à pele o viço e o volume perdidos com o...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana